Encontrar um jogo data

Lembre-se dos usuários com quem gosta de jogar. Lembre-se ou escreva o nome de usuário de um jogador com quem você se diverte sempre. Assim, se o encontrar novamente, você conseguirá se lembrar de aspectos do jogo de que gosta ou, se ele mencionar algo específico durante a partida, você poderá falar sobre isso com o gamer. Baixe estes Vetor premium sobre Encontrar um jogo de tipo com personagens de gato, e descubra mais de 8 Milhões de recursos gráficos profissionais no Freepik Jogo controlado exclusivamente com o rato O jogo é composto por 10 níveis, e tem por objectivo encontrar um determinado número de palavras (de um conjunto de 12 mostrado no ecrã) num limitado número de segundos. Melhores Resultados do Mês: Utilizador: Pontos: Nível: Data: IrisReis: 868: 7 ... Este é um jogo onde nos deparamos com a fantástica ideia de apanhar e domar algumas criaturas interessantes, para além de possuir algumas áreas fenomenais, este jogo tem uma certa semelhança com Pokémon só que é um pouco mais complexo, mas continua a ser interessante , porque nos permite saber onde encontrar as cavernas congeladas, espaço ao qual é necessário aceder sendo justamente ... Um exemplo do que você verá ao tentar baixar esse aplicativo / jogo é mostrado abaixo. A solução para isso é visitar www.apkpure.com. Você pode encontrar o arquivo .apk de quase todos os aplicativos / jogos neste site. Para instalar o arquivo .apk no BlueStacks, siga as etapas abaixo. Todos falaram como encontrar o jogos ocultos, e não como des-ocutar eles Após encontrar os jogos ocultos, é só clicar com o botão direito e ir em 'definir categorias', lá tem uma opção para ocultar ou não, o jogo. Os pontos de salvamento no jogo mostram informações de data e hora para que você possa identificá-los em relação ao conjunto de arquivos, na sua pasta Saves ou no menu Carregar Jogo. Depois de identificar o conjunto de arquivos salvos com base nos seus pontos de salvamento no jogo, certifique-se de fechar o jogo. Amigos podem ser removidos do jogo quando são removidos do Facebook. Uma vez removidos, eles serão substituídos aleatoriamente por outro amigo do Facebook. Por favor, note que depois de desfazer a amizade com alguém, pode levar até 24 horas até que a lista de amigos seja atualizada. Como Jogar um Mapa Customizado no Minecraft. A personalização de mapas e a possibilidade de mudar o jogo é um dos melhores aspectos do Minecraft. Há vários criadores que lançaram mapas e modos de jogo para que outros usuários baixem e se... Encontre o símbolo presente embalado para ganhar um prémio surpresa. Se encontrar o símbolo multiplicador ganha uma ronda extra. Se encontrar 3 ou 4 estrelas ganha o prémio indicado na tabela de prémios. Se encontrar 5 estrelas acede ao Jogo Bónus. Para raspar a área de jogo clique em cima de cada um dos símbolos.

A teia do Benfica

2020.08.26 15:02 HanSolo100 A teia do Benfica

A TEIA DO BENFICA
Sobre a rede de interesses e de influências que gravita em torno do nosso Clube e estrangula o desenvolvimento do Sport Lisboa e Benfica
“O maior castigo para aqueles que não se interessam por política, é que serão governados pelos que se interessam.” — Arnold Toynbee
A citação acima relembra que todos, enquanto Benfiquistas, temos as nossas responsabilidades e não devemos deixá-las para outros sob qualquer pretexto. Esta lembrança torna-se ainda mais importante quando em causa está o nosso maior amor, O Benfica!
As relações de Poder estão por toda a parte, inclusivamente na esfera da nossa vida privada. Neste caso em particular, a esfera do Sport Lisboa e Benfica. Esfera essa que tem vindo a ser corrompida, sobretudo de 94 em diante, até aos dias de hoje em que enfrentamos consequências de vária ordem que colocam em causa todo o potencial deste gigante clube.
PREÂMBULO
No sentido de verificar e validar o que doravante apresentaremos, contactámos um historiador, Benfiquista insuspeito, salvo-conduto da nossa história e dos nossos valores que, confrontado com os dados inicialmente lançados para cima da mesa, nos disse, ipsis verbis, o seguinte:
ü - “tudo começou com a primeira máfia do futebol português, pois eles funcionam como a máfia, adiantavam dinheiro para manter os clubes presos, e essas pessoas, de que falamos, foram agentes ao serviço dessa máfia do norte, dos direitos televisivos (…) foi aí que tudo começou”, disse, referindo-se à Controlinveste, grupo empresarial dos irmãos Oliveira (António e Joaquim), proprietários da Olivedesportos.
Quer isto dizer que, nas últimas décadas de vida do nosso Clube, o revisionismo histórico tem sido um instrumento useiro e vezeiro e que a narrativa que nos tem sido vendida, afinal, é um logro que nos impede de ter uma percepção da realidade que nos permita defender o Clube e traçar-lhe o destino que é seu e que Lhe tem sido negado.
Esta investigação teve como mote o almoço anual onde participam algumas figuras que iremos abordar mais adiante. Coube, este ano, a Francisco Cortez organizar o que decorreu no passado dia 18 de julho de 2020, em Coruche. Sabidos os nomes que nele estiveram presentes, tocaram os alarmes e, ao juntar as pontas de um intricado novelo, ficou patente um elitista almoço, contrário à génese do que é o Benfica, e cujos participantes têm para si a assunção de direitos-naturais sobre o Benfica e, claro está, o seu controlo.
Antes deste evento ter lugar, assistimos à criação de uma elevada expectativa, para um messias que estaria para chegar. Propositada e estrategicamente posta em prática, a preparação para a entrada em cena de João N. Lopes foi durante semanas acompanhada de soundbytes como “fortíssima base de apoio, num projeto imponente”, nos termos de Adão e Silva, e teve como palco, como seria de esperar e com bastante tempo de antena, a Sporttv+.
Foi desta forma que, naquele espaço televisivo, foi continuada e reiteradamente anunciada, permeio de forte suspense, com pompa e circunstância a chegada de um presumível predestinado a assumir os destinos e a presidência do Benfica. A Sporttv +, de Joaquim Oliveira, não olhou a meios e disponibilizou, semanalmente, amplo tempo de antena.
Tudo isto, estrategicamente preparado para parecer extraído de um conto de fadas. Toda esta mediatização não mais foi do que uma forma de mascarar um cheiro a bafio que conspurca o Benfica há cerca de 30 anos. Uma história falsa que nos querem impingir, uma versão repetidamente contada, empolada e amplamente romanceada para mascarar a podridão com que nos presenteiam há décadas.
A reboque do almoço elitista, lembremo-nos que o Benfica é, e sempre foi, um Clube de origens populares, que sempre rejeitou as elites e cuja transparência das suas práticas democráticas sempre prevaleceu mesmo em contexto de regime autoritário, de Salazar.
A ORIGEM
Importa, pois, contextualizar todo o processo que adiante exporemos.
Manuel Damásio, o 1.º ensaísta de um Benfica das elites, deixou o Sport Lisboa e Benfica de rastos por meio de uma gestão profunda e reconhecidamente danosa que deixou o Benfica profundamente vulnerável a um homem que se soube aproveitar dessa vulnerabilidade estrutural do Benfica para nele entrar.
João Vale e Azevedo foi o que foi, um engenhoso autocrata. Ainda assim, se mérito há que deve ser reconhecido a João Vale e Azevedo (JVA), foi a coragem deste para ter rompido com a máfia do norte que mantinha o Benfica refém devido aos direitos televisivos, via Olivedesportos. Recorde-se, nesta altura estava-se em pleno processo de revolução e expansão do mercado de transmissão audiovisual de jogos de futebol.
A reação da Olivedesportos ao rasgar do contrato, assinado por Damásio em março de 1996, levado a efeito por JVA, não se fez esperar. Porventura, já precavendo aquilo que anos mais tarde se veio a confirmar, quando o acórdão do Tribunal da Relação veio conferir razão às pretensões do Benfica ao declarar a nulidade do contrato com a Olivedesportos, esta, rapidamente gizou e colocou em prática um meticuloso plano para recuperar e conservar o monopólio dos direitos de transmissão televisiva do 1.º escalão do futebol profissional.
A Olivedesportos foi, nunca é demais recordar, comprovadamente, desde logo, no âmbito das escutas do processo "Apito Dourado”, a cabeça e principal braço de uma organização criminosa que dominou o futebol português durante décadas com recurso a esquemas de corrupção altamente elaborados e enraizados nas estruturas de poder do futebol português.
É então que a família Oliveira, com recurso ao auxílio de meia dúzia dos mais argutos agentes ao seu serviço, resolve lançar uma ofensiva muito bem planeada para recuperar a influência sobre o Benfica, Clube sem o qual perderia o monopólio dos direitos televisivos, bem como o exercício de domínio total do futebol nacional e das respectivas estruturas de decisão.
Os mais destacados agentes escolhidos pela família Oliveira para materializar o insidioso plano, meticulosamente desenhado, foram, por diversas e estruturais razões, três pessoas da máxima confiança de Joaquim Oliveira. Tendo sido eles, Luís Filipe Vieira, Luís Seara Cardoso e Tinoco de Faria.
O objectivo primordial passava, pois, por estes recuperarem os direitos de transmissão televisiva das partidas de futebol do Benfica para a Olivedesportos, com quem JVA havia rompido.
Recorde-se que Luís Filipe Vieira e Luís Seara Cardoso tinham histórico de grande proximidade ao poder corrupto do norte. Ainda recordar Tinoco de Faria, representante da RTP/Olivedesportos na disputa com o Benfica sobre direitos televisivos, cuja ética se comprovaria deficitária, mais tarde, no caso do conflito de interesses entre Benfica e TBZ, das quais era simultaneamente representante. Eram os homens indicados para interpretar e materializarem os interesses dos irmãos Oliveira no Benfica.
Acontece que cedo perceberam, juntamente com Vítor Santos e outros nomes que compunham o outro lobby interessado no Poder do Benfica, o lobby do betão, que Luís Filipe Vieira, por variadíssimas razões, não teria capacidade para destronar JVA em eleições, pelo que, em consonância com o lobby do betão, havia que encontrar uma solução de bypass. Isto é, encontrar alguém com mínimos de perfil que anuísse em vencer as eleições, frente a JVA, no ano 2000, para em seguida transmitir o poder ao seu principal homem de confiança, Luís Filipe Vieira.
A solução encontrada para dar início à operacionalização do plano passou, pois, por Manuel Vilarinho. Ele que já havia estado no Benfica como diretor financeiro da desastrosa direção presidida por Manuel Damásio e que se predispunha, de resto, como o próprio já assumiu publicamente, a assumir as expensas de derrotar JVA, para, uma vez conquistado o poder no Benfica, em seguida transmiti-lo a Luís Filipe Vieira.
E assim foi. Em, simultaneamente, boa hora por um lado, e má hora por outro lado, Manuel Vilarinho derrota JVA com recurso a um discurso profundamente populista, à geração de imensas e falsas expectativas junto dos associados, com recurso à promessa fácil de trazer Mário Jardel que ficou, no entanto, por cumprir integralmente.
Foi, ainda assim, e para o que para eles verdadeiramente importava, eficaz, e escancarou as portas a quem sempre obedeceu, tendo levado para dentro do Benfica, precisamente, quem estava previsto levar com ele. Recorde-se, Luís Seara Cardoso e Tinoco de Faria.
LFV, esse, entrou meses mais tarde, tendo aproveitado esse hiato para resolver algumas pendências e lançar as bases para outras dependências estruturais, após a sua entrada, como se verificou, nomeadamente, com o corredor de transferências entre o Alverca e o Benfica, e vice-versa. A fazer lembrar o protocolo de parceria que havia assinado com Damásio quando ainda era dirigente do Alverca, mas a um nível completamente diferente e lesivo para o Benfica.
Mas sobre LFV já muito foi dito e escrito, cabendo agora ao julgo popular e das autoridades avaliar tudo aquilo que foi feito. Ao dia de hoje, só se deixam enganar os atingidos por uma profunda cegueira, que confunde Vieirismo com Benfiquismo, pelo que, passemos, portanto, a elencar e desmistificar aquilo que aqui nos traz.
Em outubro de 2000, Manuel Vilarinho vence as eleições e herda um Benfica que tinha rasgado o contrato com a Olivedesportos e outro, financeiramente muito mais vantajoso, deixado acordado com a SIC, por JVA.
É então que Manuel Vilarinho, Luís Seara Cardoso, este umbilicalmente ligado ao poder corrupto, e Tinoco de Faria, resolvem, por assim dizer, devolver os direitos de transmissão televisiva dos jogos do Benfica à Olivedesportos, não obstante o acórdão do Tribunal da Relação, entretanto, ter vindo dar provimento às pretensões do Benfica na quebra unilateral de contrato com a Olivedesportos, levada a efeito por JVA.
O Benfica, recorde-se, vivia uma penúria financeira sem precedentes, JVA havia negociado um contrato financeiramente muito mais vantajoso com a SIC e, estes senhores, agentes ao serviço do poder-corrupto, resolvem devolver os direitos à Olivedesportos servindo-lhos numa autêntica salva de prata.
As questões que ficam por colocar, entre muitas outras, são:
  1. Uma vez que o Tribunal decidiu em favor das pretensões do Benfica, dando-nos razão no diferendo que nos opunha aos interesses dos Oliveira, por que razão a Direcção do Benfica não aproveitou o momento e o enquadramento legal favorável para negociar um novo contrato?
  2. Que razões presidiram à decisão de não promover novas negociações ou um concurso entre os demais agentes presentes no mercado televisivo e, considerando a dificílima conjuntura financeira do Benfica, à data, porque não consideraram entregar os direitos de transmissão televisiva à proposta financeiramente mais alta?
  3. Estando a Olivedesportos já amplamente identificada no seio do universo benfiquista como o “ grande inimigo”, que nos queria destruir, por que razão se privou o Benfica de outras valências financeiras para enfrentar o futuro, que tão doloroso foi, para se ir entregar assim, sem mais, os direitos de transmissão às mãos do inimigo, à Olivedesportos, sem apelo nem agravo?
  4. Quem foram as partes interessadas neste desfecho?
  5. Quem lucrou com tão danosa e dolosa decisão de gestão?
O Benfica, caras e caros benfiquistas, com terminante certeza, não foi!!
O Benfica foi perturbadora e vilmente prejudicado!!
Resultado?
O Benfica passou pelas maiores amarguras e dificuldades financeiras da sua história a expensas desta decisão, de entregar numa bandeja os direitos televisivos aos irmãos Oliveira. Assim, sem mais, depois do Tribunal ter decidido no sentido que permitia ao Benfica libertar-se do garrote financeiro com que se debatia aviltantemente. Resultado disto, o FC Porto, coincidentemente, conheceu a sua década de maiores conquistas desportivas, nomeadamente, no plano internacional, enquanto se passeava por entre óbvias e concedidas facilidades nas provas domésticas.
OS INTÉRPRETES
Mas… há mais. Muito mais.
Prova disso mesmo são os incontáveis registos fotográficos só possíveis de obter por via da enormíssima vaidade pessoal e tendência para a ostentação nas redes sociais de Luís Seara Cardoso.
Mas, é só isso? - Perguntar-se-ão.
Não, muito longe de ser apenas isso. Não obstante a comprovada intimidade com o poder corrupto em registo fotográfico, assim bem como artigos produzidos que consubstanciam tudo isto. Existem registos oficiais.
Por registos oficiais, entenda-se, registos, por ex., em Diário da República.
E o que nos provam esses registos? Comprovam que coincidentemente com, pelo menos, todo o 1.º mandato de Seara Cardoso como Vice-presidente do Benfica, este mesmo Luís Seara Cardoso partilhou responsabilidades societárias com Adelino Caldeira e Angelino Ferreira, já à data homens do topo da hierarquia do FC Porto, numa sociedade denominada “Clube Imobiliário o Beco, SA”.
https://benficalivre.blogspot.com/2020/08/A-Teia-do-Benfica-1.html
submitted by HanSolo100 to benfica [link] [comments]


2020.08.18 03:28 isaaaklotz Meu Nice Pai pt.2

Oii Luba, editores e turma que está a ler. Primeiramente peço mil desculpas por ter demorado tanto para postar o restante da história.
Bom, continuando os acontecimentos do que contei anteriormente. No começo da "separação" (meus pais ainda não estavam separados pela justiça) eles até que se davam bem, jantamos uma vez juntos no porão da avó demoníaca e assistimos um filme. Tudo certo até então. Porém de repente meu pai mudou muito, começou a ser rude com a minha mãe, fazer drama por nada, inventar histórias etc. Ok, estranho mas pode ser por causa da separação ou assim né? Mas o fim da picada foi quando ele me perguntou se eu andava ligando pra Liar e ameaçando ela e suas filhas, coisa que eu neguei prontamente pois nem o número dela eu tinha. E ele não acreditou em mim! Perguntava se eu tinha certeza, duvidando de mim, a própria filha dele! Minha mãe me defendeu, mas eu duvido que ele acreditou em nós.
Depois disso começamos a brigar bastante, pois tínhamos medo dele pirar e nos acusar injustamente de novo, por isso toda vez que ele tentava sair comigo e com a minha irmã dávamos uma desculpa esfarrapada pra não ir. Quando ele ligava para nós jogávamos os fatos na cara dele, como ele acreditava na amante dele, como ele preferia comprar coisas pra ela em vez de pagar pensão para termos o que comer etc.
Após um tempo as coisas sossegaram, paramos de brigar tanto e saíamos de vez em quando para almoçar com ele. Algo que eu achava estranho é que ele vivia falando mal da minha mãe pelas costas. Como isso que ele fazia era alienação parental (para quem não sabe, "a alienação parental é o processo e o resultado da manipulação psicológica de uma criança em mostrar medo, desrespeito ou hostilidade injustificados em relação ao pai ou mãe e/ou a outros membros da família.") e é um crime, eu comecei a gravar nossas conversas como prova se caso ele quisesse botar a culpa de alienação parental na minha mãe. E ele não fazia isso apenas quando saíamos para comer, também quando me levava no treino de vôlei, futsal e judô. Teve um dia em específico que eu acho que ele deve ter percebido que eu estava gravando nossa conversa. Na real eu não me lembro certo se foi a caminho do meu treino ou quando estávamos saindo do restaurante, mas ele me disse que "... não tinha problema, se eu não estiver gravando a nossa conversa". Enfim, era toda hora ele fazendo pressão psicológica para contarmos coisas sobre a nossa mãe, algo que com certeza não faríamos, afinal ela era e é a única entre os dois que realmente se importa se eu e minha irmã temos o que comer, e sinceramente, ela nunca fez algo de errado para poder incriminá-la de alguma coisa.
Chegamos ao dia 23 de outubro. Nesse dia teve os jogos de interclasses na minha antiga escola. Como naquele dia a minha mãe tinha outra audiência eu e minha irmã ficamos na casa de uma amiga minha da época durante a tarde toda (estudávamos de manhã). Até que chegou a noite, minha mãe me ligou avisando que estava saindo da audiência que acontecia na cidade vizinha, e me deu a notícia que o juiz estava nos OBRIGANDO a encontrar com nosso pai. Eu fiquei p da vida, meu dia estava indo tão bem e do nada vem essa bomba de bosta pra cagar com tudo. Fomos esperar o ser humano num café do outro lado da rua da praça, minha mãe na praça pra ficar de olho caso algo acontecesse. Quando vimos ele chegar, comecei a gravar a conversa. Ele sequer se sentou, apenas disse para pegarmos nossas coisas e entrarmos no carro pois iríamos na casa da mãe dele (ps: o ponto de encontro marcado ERA no CAFÉ, e não fora dele). Eu fiquei nervosa e comecei a tremer e gaguejar, e quase chorando liguei pra minha mãe e contei baixinho o que estava acontecendo. Ela desceu a praça mais rápido que o Flash e começou um barraco na rua dizendo que ele não podia tirar a gente do café porque o ponto de encontro era lá e tal. Ele ficou puto, e entramos num acordo de fazer o encontro num tipo de "concha musical" (que é uma contrução ao lado da prefeitura para bandas tocaram em datas festivas na cidade). Ficamos lá e depois do encontro eu, minha mãe e irmã fomos a pé para casa. (Eu ainda fico pensando o que poderia ter acontecido se tivéssemos ido junto com ele, eu não duvido nada dele). Esse foi o último dia que vimos ele pessoalmente.
Hoje em dia moramos na cidade natal da minha mãe, longe dele e perto da família que nos quer bem. Ele entrou raras vezes em contato conosco, coisa que eu não ligo muito por não querer mais vê-lo. Ele deve mais de 17 meses de pensão alimentícia, além do pró-labore/ salário que ele ainda não pagou pra minha mãe pendente do rolo no parque aquático. E um fato que eu acho engraçado é que não paga a pensão porque "NãO tEm DiNhEiRo SuFiCiEnTe" mas pagar o próprio casamento (sim gente, eles se casaram) e dar mimos pra amante e as filhas dela, pra isso ele tem dinheiro.
Acho que isso foi tudo, se acontecerem mais coisas eu vou contando para vocês.
Vou tentar escrever a história da avó demoníaca ainda hoje.
Bjs
submitted by isaaaklotz to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.04 06:35 SopaDeMolhoShoyu Deu merda no meu mestrado.

Sabem, eu debati muito se deveria postar isso aqui, pois fiquei muito feliz há alguns meses, quando postei sobre ter passado na qualificação. Deu merda por vários motivos...pandemia, erros meus, preciosismo da minha orientadora...fiquei muito puto com toda a situação. Então, durante a quarentena, eu trabalhei duro para ter o meu jogo terminado e aplicado. Cheguei a fazer uma reunião com minha orientadora ainda no início de abril, e eu mencionei que tinha uma preocupação com a inserção da pesquisa no comitê de ética, dada a pandemia do coronavírus. Então, ela disse para me preocupar com o desenvolvimento do jogo, e que depois veríamos isso. Eu afirmei que terminaria o jogo em cerca de três semanas, conforme havia colocado no cronograma, e eu consegui fazer no tempo estipulado na reunião.
Após o término das três semanas, fiz outra reunião, onde expliquei o que havia feito. Porém, ela nem olhou o jogo e, só com a minha explicação, mandou eu mudar tudo. Ela queria que eu desenvolvesse 18 puzzles diferentes, pois, de acordo com ela, não estava divertido o suficiente com um só enigma. Falei para ela que isso era inviável, e consegui reduzir para seis puzzles. Naquele momento, ela entrou em férias de três semanas. Ela queria que eu pesquisasse os seis puzzles em um fim de semana, mas tive tanta dificuldade para encontrar algumas coisas que se encaixavam na pesquisa que demorei mais de duas semanas até fechar os puzzles. De qualquer forma, terminei o que ela pediu mais ou menos no dia em que ela voltou de férias, inclusive tendo alterado o texto da minha dissertação. Mas o cronograma foi para o espaço, obviamente, mesmo que tivesse tempo hábil para terminar tudo no prazo.
Então, eu marquei uma reunião com ela, porém ela disse que não teria tempo de ver o jogo, por conta do processo seletivo, o que eu respeitei. De qualquer forma, ainda acreditava que daria tempo de entregar sem extensão de prazo. Aí, quando faltava cerca de um mês para o deadline, participei de uma banca de defesa online de uma amiga. Nisso, a minha orientadora me viu entrando no chat do Skype, e comentou com uma das examinadoras da banca que eu estava na reta final, e inclusive mencionei o dia do prazo estipulado para a entrega, e ela concordou.
Consegui fazer uma reunião com ela alguns dias depois dessa banca, e faltando menos de um mês para a entrega final. Nisso, ela testou o jogo durante a reunião, de uma forma bem half-assed. Ela pediu um monte de coisas para serem feitas. Quando ela encontrou um bug no jogo, pediu um "botão secreto" para passar as fases. Entrei em contato com ela mais tarde naquela semana, pois estava com dificuldades para implementar a funcionalidade correspondente a esse botão, mas ela foi irredutível, pois necessitava desse botão para testar. Um preciosismo desnecessário, que só iria me consumir tempo, mas que ela insistiu em ter no jogo. De qualquer forma, demorei vários dias para fazer o botão, mas entreguei o que foi exigido. Esperava ser a entrega final, pois não dava mais tempo de mudar coisas. Após isso ser feito, comecei a correr com o processo no comitê de ética, pois estava preocupado.
Aí, alguns dias depois, ela testou, e encontrou um pequeno bug. Testei diversas vezes, em mais de um computador, mas não encontrei o bug, e pedi um vídeo para ela reproduzir esse erro, para que eu corrigisse rapidamente. Então, ela teve um problema de saúde (não era Covid, mas era algo que a impedia de trabalhar, por isso compreendi a situação), e não pôde testar o meu jogo. Estava parado, e o deadline obviamente foi para o caralho. Escrevi documentos para permitir o teste, além de ter terminado de editar o processo no comitê de ética (foi muito complicado, a burocracia dessas coisas é algo terrível, além de ser difícil de compreender algumas informações na plataforma deles). Aí, no final, faltando alguns dias para acabar o prazo, recebi em casa um boleto da faculdade, mencionando a matrícula, e paguei, achando que estaria tudo certo. Ainda naquela semana, eu fiz uma reunião com minha orientadora, e mencionei isso. Pela nossa conversa, entendi que estava tudo certo para a extensão do prazo, e conversamos sobre os documentos que precisava para aplicar o jogo em pessoas. Inclusive, ela disse que a extensão de prazo era um direito meu como aluno do curso.
Mais tarde naquele dia, ela me mandou uma mensagem no Whatsapp, dizendo que conversou com o coordenador do curso, e disse que eu comuniquei a ela que tinha pedido uma extensão de prazo para ele, mas ele informou para ela que eu não havia feito isso, e que a data limite para pedir extensão havia se expirado há algumas semanas. Eu expliquei para ela que não fiz isso, mas sim perguntei como fazer, e que entendi que não precisava fazer nada. Ela disse que teria que falar com o coordenador, e eu fiz isso.
No dia seguinte, ela me mandou uma mensagem dizendo que estava preocupada, dado que ela falou na qualificação que eu teria que pedir extensão de prazo (a qualificação ocorreu mais de quatro meses antes do deadline, e inclusive eu nunca vi isso de pedirem extensão de prazo já na qualificação. Aliás, só lembro do pessoal falar para eu correr atrás do comitê de ética, para cumprir o prazo estipulado). Eu honestamente não me lembrava disso, e inclusive trabalhei duro para o prazo ser cumprido. Mas, de qualquer forma, assumo a culpa, dado que estava uma pilha de nervos na qualificação e posso ter deixado essa informação importante passar. Aí, naquele mesmo dia, ela me pediu para mandar um e-mail para o coordenador pedindo extensão de prazo, para ele analisar, o que eu fiz, com ela copiada no e-mail. Alguns minutos depois, ela me diz no Whatsapp que meu e-mail estava mal escrito, e escreveu um rascunho para que eu mudasse algumas coisas, além de me pedir para escrever um documento detalhando o que foi feito nos meses anteriores. Logo depois, chega um e-mail para mim, com o coordenador do curso copiado. Nele, ela afirmou sobre ter combinado comigo na qualificação que eu iria pedir extensão de prazo, e que inclusive eu disse para ela que havia acordado isso com o coordenador. Ou seja, basicamente ela me queimou com o cara, mesmo eu tendo explicado o ocorrido para ela. De qualquer forma, fiz o documento e mandei para ela revisar, para que eu mandasse. Cerca de uma hora depois, ela disse que mandou tudo para o coordenador do curso (e nem me copiou no e-mail), e que não conseguiu me responder antes por causa de problemas na internet. Ela me disse que, antes de trabalhar em qualquer coisa, eu precisaria aguardar o parecer da diretoria sobre a extensão de prazo.
Então, expliquei em um e-mail para o coordenador do curso que tudo que havia ocorrido foi um mal entendido (não me defendi, afinal qualquer coisa que eu falasse, eles não iriam acreditar), e assumi a culpa por tudo. Ele me falou para fazer um requerimento no portal online da faculdade, e eu fiz isso. Até a presente data, não obtive resposta, e estou parado por não poder continuar minha pesquisa até que a faculdade me dê o aval. Nesse meio tempo, minha orientadora entrou de férias novamente, e voltou essa semana. Não sei mais o que fazer, mas estou muito chateado e deprimido com toda essa situação. Vivenciei algo que eu não desejo para ninguém.
EDIT: Desculpem o texto mal escrito, mas a última coisa que eu quero é pensar nisso, que está me tirando noites de sono e inclusive estou tomando remédio para ansiedade por causa dessa merda toda.
submitted by SopaDeMolhoShoyu to desabafos [link] [comments]


2020.07.28 15:08 nuke_ur_acc_every6mo Eleições americanas, big brains bigger mouths, R v Dudley and Stephens, uma consulta à comunidade

Um caso famosíssimo paradigmático sobre os limites morais do homicídio é o caso R v Dudley and Stephens -- também conhecido como "lifeboat case".
Essencialmente é uma questão em torno de se é moralmente válida a relação contratual contraída sem vício de vontade que pode exigir como prestação o sacrifício da própria vida.
Se duas pessoas quiserem jogar truco valendo o toba ou roleta russa valendo dez pila, elas podem? Entrando no jogo, podem desistir quando estiverem na iminência de perder?
Esse tópico carrega uma proposta pra moderação: criar um tópico onde a comunidade pode colocar o toba na reta.
Como inicial sugiro "eleição americana a 3 de novembro: quem vence o colégio eleitoral?" e aos que errarem o resultado, o simbólico "homicídio" da rede de opiniões -- um ban permanente de participação daquela conta (handle, tag, username) no sub.
Antecipo questões razoáveis:
  1. Isso não é uma medida autoritária que mancharia a imagem do único sub livre das américas?
Não. Repare que ninguém será OBRIGADO a participar do tópico. É uma decisão que o usuário toma no santuário imperturbável de sua consciência, perfeitamente ciente das consequências.
  1. Essa regra especial não tem o potencial de limitar a participação e interação dos usuários do sub em dividir suas opiniões?
Não. Essa regra teria validade limitada em escopo para o tópico em questão. O tópico, inclusive, não precisa conter nenhuma discussão ou intercâmbio de ideias que podem encontrar guarida tranquilamente em outros tópicos. Esse tópico será destinado àqueles que quiserem manifestar suas "apostas" e estiverem confiantes das suas crenças. Pode, inclusive, estimular uma cultura de responsabilidade e fidelidade para a participação no sub de agora em diante.
  1. Emitir uma opinião errada e ser banido do sub é a definição de censura!
Não. Em primeiro lugar, o ban permanente é restrito à conta do reddit (handle, tag, username, como quiser chamar). Ele não será estendido à pessoa que opera a conta e portanto não será aplicada a regra de evasão de ban a quem tiver a conta banida por esse instrumento e tornar a participar do sub. Pessoas veiculam opiniões e portanto pessoas são passíveis de censura. Usernames são meramente ferramentas. O propósito aqui é educativo, bragging rights, azucrinar, aloprar, como quiser entender. E, reitero, a participação em novas contas é estimulada, afinal, em se realizando o propósito educativo, os participantes retornarão ao sub "mais educados".
  1. Como garantir que a participação no tópico se deu com a propriedade devida para garantir a vinculação ao "contrato"?
A suposição aqui é que se você tá usando reddit você é grandinho pra celebrar seus contratos. É possível estudar junto com a moderação alguma espécie de confirmação: responder ao próprio comentário com o seu username ou outra coisa para garantir que houve reflexão e que a pessoa está postando na conta correta.
  1. Como garantir que edits ou contas deletadas não escapem ao propósito educativo?
A conta deletada por óbvio não participará mais do sub de qualquer forma, de modo que o cumprimento do contrato fica prejudicado. Já quanto a edits, é possível estabelecer regra que permita edits até uma determinada data limite, seja anterior à eleição, seja posterior ao comentário, ambos ou ainda que qualquer edit enseje o ban permanente (no take-backsies policy).
  1. Por que a moderação precisa se envolver nisso afinal? Não podem os usuários celebrarem esses termos e aposta entre si?
A opção de usar a moderação como intermediador cabe de dois pontos principais: i) somente a moderação pode efetivamente banir um username de participação no sub. A promessa de "deixar de participar naquela conta", ainda que entre usuários honestos promova o mesmo resultado, não é o mesmo que banir do sub e limita o potencial educativo do experimento porque limita a publicidade ao usr das ferramentas de auditoria dos modlogs públicos; e ii) para o caso de um usuário desonesto que não intente cumprir o contrato, a medida de ter um intermediador que garanta o cumprimento evita uma situação onde, pelo direito, um usuário poderia doxxar outro, invadir sua residência/equipamentos e deletar a conta.
  1. Essa ideia é estúpida: não ganho nada se acertar e sou banido do sub se perder.
Desperte seu lado adrenaline junkie! Ademais, você ganha o carteiraço pra dizer que é big brain em contraste com os smol brain big mouth. A gente se xinga pra caralho aqui. Coloca seu desafeto love-hate nessa sinuca de vale toba. E finalmente, reciclar as contas é sempre bom. Repara na quantidade de "cancelamento" que acontece por todo o lugar afetando a vida profissional das pessoas -- e que só tende a escalar no Brasil até 2022.
submitted by nuke_ur_acc_every6mo to brasilivre [link] [comments]


2020.07.22 20:42 porfora Criei um sub para os bipolares BR

Se quiserem ignorar a minha história, que vou contar para contextualizar. O sub é transtornobipolar.
Em 2015, eu desmoronei. Eu vivia um relacionamento conturbado por causa dos dois, mas eu achava que isso era um relacionamento normal, seguindo o ciclo: briga < - > resolve. Uma noite ela chegou em casa depois do horário combinado e eu surtei. Iríamos viajar, eu estava ansioso e de malas prontas. Desde o momento que a vi, comecei a questionar e a briga foi aumentando, não me lembro bem como isso aconteceu, é uma noite que minha cabeça tenta esquecer. Me lembro da minha mãe aparecer na sala e eu começar a gritar com a minha mãe também. Em algum momento eu sentei no chão e simplesmente saiu a frase que eu pensava em me matar. Não era uma atitude para virar o jogo, minha carne não aguentou mais conter o que tinha dentro de mim, eu realmente planejava me matar, inclusive tinha um plano concreto esperando a hora de ser posto em prática. Minha mãe e minha ex perceberam a gravidade, a briga deu lugat a uma conversa horrível, minha mãe foi chamar meu pai que estava dormindo e tive que falar na frente de todos eles, com todas as letras de que suicídio parecia ser a única saída. Vi meus pais chorando, nem gosto de imaginar o que passou na cabeça deles. Minha ex chorando, deslocada porque virou uma conversa "da família". Não lembro como isso terminou, não lembro como a conversa terminou ao certo, mas o ponto é que eles me apoiaram a encontrar um psiquiatra. Tive a sorte de me indicarem um profissional MUITO FODA que me acolheu sem julgamentos (sei que seria premissa básica do psiquiatra, mas quem já passou sabe que a realidade não é bem assim). Fui diagnosticado como depressivo e ansioso. Comecei a tomar os remédios seguindo as recomendações e eu piorei. Voltei ao psiquiatra, continuei com diagnóstico de depressivo e ansioso, novos remédios e eu piorei de novo. De novo ao psiquiatra e a frase foi: "O que eu temia se confirmou, você é bipolar tipo.2". Me explicou como era, trocou meus remédios e eu melhorei um pouco. Mas suicídio ainda era uma opção e eu falei isso para o meu médico. Escolhi uma data e disse que se até aquela data, caso eu não melhorasse, não haveria acordo com ninguém que me segurasse nesse.mundo. Ele topou, apertamos as mãos e trocou novamente os meus remédios. 1200 mg de Lítio, 1000 mg de Valproato de Sódio e 200 mg de Quetiapina. A minha vida mudou! O meu medo de "não ser mais eu" por causa dos remédios deu lugar à sensação de quem põe óculos depois de muito precisar. Segundo mim mesmo, família e amigos próximos eu sou uma pessoa melhor, a essência é a mesma mas sou mais agradável de conviver. Mas os remédios não me deixam imunes há mudanças de humor, que são muito.mais sutis, mas existem, aparecem e transparecem. A terapia que sempre foi e continua sendo necessária para o bem estar é a ferramenta de auto conhecimento que tenho para entender onde estou e como agir. Relacionamentos em geral, relacionamentos profissionais, questionamentos à minha capacidade, vontade de sair comprando tudo que eu ver no mercado, botar alguma coisa na cabeça e me fissurar nisso sem limites até perder o tesão, noites em claro, discussões com estranhos na rua... Enfim, muitas coisas que aconteciam num nível doentio, agora acontecem num nível quase imperceptível. É quase imperceptível mas não desprezível, vou conviver com isso pro resto da minha vida, quem convive comigo também. Por isso tenho a preocupação de tentar estar sempre atento. O que não significa que em um momento otimista eu não possa largar os remédios como fiz há alguns meses atrás. Vou ser sincero que parece funcionar até a hora que chega na parte mais profunda da depressão. De novo planejei suicídio, dessa vez só a minha esposa sabe, além dos profissionais por quais passei. Voltei com os remédios e estou melhor. Já tentei encontrar qual foi meu primeiro sintoma do transtorno e consigo achar alguns na minha infância. Talvez seja difícil demais separar sintomas de personalidade.... Criei esse sub inspirado no deaabafos, onde você pode falar sem ser julgado, tambémporque gusto da anonimidade (existe essa palavra?) do reddit, visto que participo de grupos no facebook que são interessantes porque vira e mexe descobrirmos alguma coisa que achávamos que só acontecia com a gente (depois cabe a discussão se é coincidência ou transtorno), mas o que importa é termos maos ferramentas e conhecimentos para lidar com essa parada que mesmo convivendo há anos com isso (pelo menos 5), eu ainda me sinto confuso. Se você for bipolar, faça parte da comunidade, ainda sou só eu, mas espero que sejamos bastante o suficiente para nos ajudarmos. Aquela sensação de "eu sei exatamente esse sentimento", que é tão acalentadora e as vezes esclarecedora.
Ah, tem em inglês um sub bem show também, mas além de ser mais complicado se expressar em inglês, algumas questões culturais e/ou sobre o sistema de saúde podem ficar perdidas.
transtornobipolar
submitted by porfora to desabafos [link] [comments]


2020.07.04 17:34 Natsu-Toswio Descrição das Atualizações do TownCenter - Versão 1.0 ao 1.9

Descrição das Atualizações do TownCenter - Versão 1.0 ao 1.9

https://preview.redd.it/szkj10c3uu851.png?width=534&format=png&auto=webp&s=25688a224a6014ebbf8f1ec8db637c3b28bf5cd4
Olá pessoas! Como estão?
Nesse post estarei fazendo uma descrição das atualizações importantes que foram feitos no protótipo TownCenter e sua data de lançamento ao lado. Com isso, vocês poderão compreender de forma precisa o andamento do jogo e no que foi trabalhado até o momento. Lembrando que se você era jogador(a) do SmallWorlds ativo(a) pelo menos por um ano antes do encerramento em 08 de abril de 2018 e não foi banido(a), pode importar sua conta e acessar a fase de desenvolvimento no site: https://www.towncenter.app/
No momento, contas do MiniMundos não podem ser importadas e não há uma previsão da liberação de novos registros. Fique atento(a) que divulgaremos aqui novas informações.

Lançamento do protótipo TownCenter - 18/12/18 \Momento de Nostalgia)
  • Importação de conta apenas para jogadores do SmallWorlds;
  • Visualização do avatar mais ativo;
  • Lista de amigos (amizades importadas da sua conta do SmallWorlds) sem a opção de chat no TownCenter;
  • Visualização dos itens que o usuário tinha no SmallWorlds (não é possível usar esses itens);

TownCenter 1.0 : CHAT - 22/05/19
https://preview.redd.it/sajrafz30v851.png?width=589&format=png&auto=webp&s=cd1e0699f5e4adfd06ce1189b59bc8fa8c0d9b75
  • É possível enviar mensagens para amigos existentes do SmallWorlds que também ingressaram ao TownCenter;
  • O campo de entrada do texto é HTML padrão (para que você possa copiacolaverificação ortográfica, etc!)
  • Mensagens offline são suportadas;
  • Histórico completo da conversa;
  • Os emojis são suportados dentro do chat, porém não há o seletor de emojis;
  • Você pode silenciar conversas sem o infrator saber;
  • É possível saber que a mensagem foi visualizada quando o circulo delineador se transforma em um circulo sólido azul;
  • A indicação de digitação também é suportada nessa atualização, para que você saiba quando seu amigo está digitando.

TownCenter 1.1 : ADICIONAR AMIGOS - 02/09/19
Adicione o nome do cidadão na caixa de texto e clique em Add Friends.
  • É possível adicionar amigos ilimitados na sua Lista de Amigos;

TownCenter 1.2 : CHAT EM GRUPO - 31/08/19
https://preview.redd.it/o9iuzgvsuu851.png?width=415&format=png&auto=webp&s=e834c31ec7b20c22bddf1c24bb5ed887b7257f73
  • Criação ilimitadas das salas de chat;
  • É possível adicionar 50 amigos no chat em grupo;
  • É possível editar e excluir as mensagens;
  • Sair do chat;
  • Remover os cidadãos do seu chat;
  • Lista de participantes;
  • Chat inicial - Possível conversar com você mesmo, salvar anotações, testar os emojis e etc.

TownCenter 1.3 : DRAG DROP - 10/10/2019
https://preview.redd.it/u6lp5wb60v851.png?width=598&format=png&auto=webp&s=2c4dcc8ff66ec6a2e2b7d014a1e3e8bbc5982ffa
  • Introdução ao Drag Drop ao jogo, conhecido por arrastar e soltar objetos.
    • Com esse recurso é possível reorganizar os menus do TownCenter, enviar cartões de amigos ao chat, adicionar amigos em um chat novo e/ou existente.

TownCenter 1.4 : SOBRE MIM, NOTIFICAÇÕES E APRIMORAMENTO NO BATE PAPO - 14/11/2019
https://preview.redd.it/0ns9207jvu851.png?width=501&format=png&auto=webp&s=c09e0ea64d4db6482f98423ae5609bcbac43d16d
  • Os avatares são visíveis no painel Lugares;
    • Com isso, é possível visualizar os avatares de outros jogadores nos bate-papos privados e em grupos.
  • Alteração no perfil e sobre mim do seu cidadão disponível;
    • Agora você pode incluir informações como: seu sexo, status de relacionamento, país, escolaridade, ocupação profissional, idioma e signo. Além de incluir uma área de texto livre na qual pode ser utilizado para descrever melhor o tipo de pessoa que você é e seus interesses.
https://preview.redd.it/wu5ck2bywu851.png?width=302&format=png&auto=webp&s=4beeeeccd7a7a6a4dc59ddea15982ce9b0cb6316
  • Visualizar o perfil de outros cidadãos;
  • Notificações;
    • Deixando o TownCenter em execução e alternar a guia do seu navegador, é possível receber notificações que alertam sobre mensagens recentes.

TownCenter 1.5 : SELETOR DE EMOJIS, DISPLAYNAME E FERRAMENTAS DE MODERAÇÃO PARA O CHAT - 18/12/2019
  • Seletor de Emojis disponível;
    • Esse painel pode ser encontrado clicando no simbolo do sorriso. Diante disso, é possível adicionar emojis que estão disponíveis no seletor (sem precisar copiar e colar de outro site), pesquisar por emoticons, usados recentemente, categorias, código ao passar o mouse sobre eles e futuramente será o lar dos emotes exclusivos do TownCenter que serão conectados ao sistema de coleção rara do jogo.
https://preview.redd.it/jjfq3wjmwu851.png?width=586&format=png&auto=webp&s=f8b232edaa5db40152c139919854031fe04f3786
  • Ferramentas de moderação no bate-papo:
    • Freeze chat (congelar bate-papo): bloqueia as conversas dentro do chat, fazendo com que apenas o usuário moderador possa enviar mensagens.
    • Remove Citizens (expulsar cidadãos): expulsa um ou mais cidadãos que estão causando problemas com apenas um clique do mouse. Você pode escolher o tempo determinado que esse jogadores estarão impedidos de entrar no chat.
    • Mute Citizens (silenciar cidadãos): semelhante ao remove citizens, porém apenas silencia os cidadãos sem a necessidade de expulsar.
  • Ao passar o mouse sobre um cidadão visível no painel Lugares, é possível visualizar o nome deste avatar dentro do jogo (DisplayName);

https://preview.redd.it/0xclnbwuvu851.png?width=290&format=png&auto=webp&s=80dd84e951689bcf1c28df7449ab5333a22d1532
  • Correção de pequenas falhas.

TownCenter 1.6 : SITE EM MOBILE, CHAT EM GRUPO PUBLICO E MELHORIAS DIVERSAS - 09/03/2020
https://preview.redd.it/jostb3490v851.png?width=596&format=png&auto=webp&s=f5f92e53947482cdb3420a99a43024232f0885a9
  • Melhorias para acessos ao TownCenter em aparelho mobile;
    • O TownCenter agora funciona muito melhor em smartphones. Não é perfeito e não possui suporte a arrastar e soltar, mas usá-lo é muito mais fácil.
  • Chat em grupo público e melhorias disponíveis:
    • Privado/Público: Criar um bate-papo agora oferece duas opções: privado ou público. Isso permite que você crie bate-papos que apenas o administrador pode adicionar cidadãos. O modo público permitirá que os cidadãos convidem outras pessoas para o seu espaço.
    • Renomear o chat do espaço: Agora você pode atribuir um Nome e Descrição de sua escolha ao chat do espaço!
    • Promover Cidadãos: Admin, Moderador, Comerciante e Cidadão. Se você criar um bate-papo, você é o administrador, o que permite controlar tudo. Você pode atribuir moderadores, que podem excluir mensagens, silenciar e remover cidadãos, congelar o bate-papo e atribuir comerciantes. Os comerciantes eventualmente permitirão que os cidadãos tenham permissão para vender colecionáveis ​​dentro dos quartos.
    • Recolorir cidadãos no menu: para ajudar na visualização dessas diferentes funções, o Citizens será codificado por cores no menu. Admin = Vermelho, Moderadores = Laranja, Comerciantes = Verde, Cidadãos = Azul.
    • Mensagens de convites de bate-papo: Para ajudar com os novos recursos de bate-papo público, você pode simplesmente arrastar e soltar um bate-papo no Painel de Contatos e soltá-lo no Bate-papo para compartilhar com outras pessoas.
  • Indicador de Chat no painel de contatos;
  • É possível visualizar balões de falas durante a digitação e quando uma mensagem é enviada nos espaços.
  • Status offline disponível;
    • Os cidadãos offline aparecem com um círculo cinza escuro.
  • Agora é possível visualizar quando os seus amigos estiveram online pela última vez no TownCenter.

TownCenter 1.7 : COMPARTILHAR CHAT - 25/03/2020
https://preview.redd.it/z3ltn2eb0v851.png?width=594&format=png&auto=webp&s=3830d107b53c45e846399b5f1529a2522fed8c34
  • Links de convites para bate-papos disponíveis;
    • É possível criar links de convite que podem ser colados em suas redes sociais que permitem acesso instantâneo ao seu chat (isso é apenas para cidadãos válidos no TownCenter). Experimente e compartilhe seu próprio lugar usando o menu do CHAT > opção Add/Invite Citizen. Ex.: https://towncenter.app/Chat/fvSoe9W-Centro
  • É possível reduzir cidadãos;
    • Quando os chats ficarem cada vez maiores, os administradores e moderadores desejarão ter ferramentas para permitir a remoção/redução do tamanho dos participantes. Essa ferramenta permitirá que os administradores mantenham seus Comerciantes e Moderadores, mas removem grandes quantidades de cidadãos inativos com base em uma porcentagem.
  • Twimoji no painel do cidadão;
  • Cidadãos dentro de convites de bate-papo ;
    • Os convites exibirão o número atual de cidadãos dentro do local de bate-papo.

TownCenter 1.8 : ESPAÇOS EM DESTAQUES - 05/05/2020
https://preview.redd.it/b2di1rnevu851.png?width=501&format=png&auto=webp&s=bbba87144622ae1781f1144b8cc187002142fb5e
  • Índice;
    • Semelhante à janela de espaços do MiniMundos/SmallWorlds, o TownCenter possui uma lista de salas em destaque. Você pode encontrar isso no canto superior esquerdo do painel Place & Chat.
  • Espaços em Destaques;
    • Foi disponibilizado nesta atualização uma versão básica de como será os mundos no TownCenter. Os espaços lançados foram: Cue Club, Center, Rachel's Tea Room, Smallwear, Trading Post, Scoops e Find Friends.
https://preview.redd.it/4y3mej0avu851.png?width=1205&format=png&auto=webp&s=242b6eec1fb864087d76b64eea5e4632cdb87710
  • Melhorias na Interface do Usuário;
    • UI do TownCenter recebeu uma atualização para animar de forma mais natural, melhorar seu desempenho e parecer bem legal (especialmente em smartphones!)
  • Detalhes do Chat;
    • Agora você pode verificar os participantes, nome, descrição, data de criação e futuras tags na nova opção Detalhes, que pode ser encontrada no menu Bate-papo e local!

TownCenter 1.9 : STREAM CHAT - 24/06/2020
  • Stream Chat disponível;
    • Os locais de bate-papo do TownCenter agora suportam até 500 cidadãos - e isso é apenas o começo. Num futuro próximo, queremos permitir que um número muito maior de vocês participem de um hangout em cada bate-papo (a próxima atualização será de 2000 e 20.000, se tudo correr bem).Isso também está disponível não apenas em nossos locais em destaque, mas em todos os locais com pelo menos 150 participantes. Depois de ter uma sala de bate-papo próspera, o switch Stream Chat estará disponível, o que permitirá até 500 convidados ao mesmo tempo.
  • Agora aparece somente cidadãos ativos no TownCenter nos espaços;
  • Melhorias de velocidade;
    • O TownCenter agora possui menus mais rápidos e carregamento do local. Também incorporamos um sistema de rampa gradiente para pessoas com conexões mais lentas. Esse sistema de rampa é carregado rapidamente antes que os gráficos visuais estejam prontos para exibição, permitindo feedback imediato ao pular bate-papos. Esse recurso também permitirá ocultar a eventual otimização de cenários (planos de fundo de lugares) para facilitar as compras, a verificação de roupas e o tempo de economia / carregamento de dados para aqueles que usam 4G.
Com isso fechamos a versão 1 do TownCenter e estaremos avançado para a versão 2.0 que se concentrará mais no design.
submitted by Natsu-Toswio to MiniMundos [link] [comments]


2020.06.06 03:16 Badutopia Leucementira

Olá Lubixco, editores, papelões, gatas maaaaravilhosas e turma que está a ver! Vim contar a melhor (ou pior) história de webnamoro que tive o desprazer de protagonizar.
Em meados de 2015/2016 conheci uma guria em certo jogo online, onde no início apenas fazia parte do mesmo círculo de amigos dentro do jogo. Essa mina tem um irmão mais velho, que também fazia parte da galera e interagia jogando o mesmo jogo. Após um tempo comecei a ter o famoso webnamoro com essa mina, aquela mesma história clichê de chamadas no Skype, ela me mandava nudes etc etc. Também falava bastante com o irmão dela que virou muito meu amigo. Porém essa guria sofria de uma doença em escala terminal de Leucemia, onde frequentemente tinha que ir consultar e o irmão mandava alguma foto dela descansando após essas consultas pra dizer que ela já estava melhor, e era total bad vibes pela constante preocupação com a saúde dela. Depois de meses nessa aparente luta dela contra essa doença, o irmão dela me mandou um áudio no WhatsApp chorando dizendo que ela havia falecido (vai vendo)
Neste dia eu estava no trabalho, e me retirei do setor muito mal, inclusive liguei para o meu chefe (ele ficava em um setor em uma cidade diferente) e pedi para me liberar pois uma pessoa importante tinha morrido. (Claro que não falei que era uma webnamorada que morava na puta que pariu do outro lado do país kkkk) Fui liberado e ganhei uns dias de folga. Após um luto de todo o pessoal que conhecia a menina, a vida seguiu e continuamos todos dando apoio e ajudando no que o irmão precisasse, afinal ele sempre estava junto com a irmã.
(Agora começam os plots Twist) Certo dia minha amiga, que fazia parte da galera, encontrou uma foto pelo Facebook, foto de antes da data dessa mina ter falecido, foto de casamento onde o irmão estava de terno e ela vestida de noiva.
O que passou na minha cabeça neste momento foi algo do tipo "ela conheceu alguém, e queria cortar contatos da internet, e forjou alguma desculpa junto com o irmão pra sumir" Porém fomos pesquisando mais, achamos até canal no YouTube dessa mina DEPOIS da data do falecimento Pedi ajuda há um amigo que entende mais de redes sociais e seria mais esperto do que eu pra encontrar mais sobre registros dessa mina na internet e sobre o irmão. Descobrimos o nome da mina (que era um nome diferente do que ela usava no perfil quando éramos webnamorados), descobrimos lugar onde trabalhava e, pasmem, ela era casada com esse cara que se dizia irmão dela.
O detalhe aqui é que, a mina nunca soube da existência dos nossos amigos e de mim, esse cara que se dizia irmão dela, na verdade era o esposo, e ele tinha um segundo perfil usando as fotos da esposa. O cara me mandava fotos da esposa nua pra me convencer que era tudo real, e usava fotos da esposa para convencer todo o círculo de amigos, tirava fotos junto com ela e depois nos mandava dizendo que estava passeando e blá blá blá,n as chamadas por Skype os dois tinham vozes diferentes, mas pra fazer a voz da mina ele usava algum Voice changer obviamente, mas ninguém nunca suspeitou de nada.
Conclusão, depois que descobrimos que o "irmão" na verdade era casado com a mina e usava as fotos dela pra enganar os outros com outro perfil, geral excluiu ele ok imediatamente do grupo de amigos, e ele ainda tentou se reconciliar dizendo coisas do tipo "mas isso não é bom? Quer dizer que aquela pessoa ainda está viva, que sou eu", mesmo depois de ter enganado todo mundo, e todo mundo falar da sua própria vida pessoal, ele considerava essa mentira uma coisa boa. Enfim, essa é minha história de webnamoro, onde namorei um cara casado que me mandava fotos nuas da esposa kkkk forte abraço e sucesso.
submitted by Badutopia to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.02 14:15 betweenwordsandstars Pre Match Thread: FC Famalicão vs FC Porto [25ª Jornada da Liga Portuguesa]

Local: Estádio Municipal de Famalicão, Vila Nova de Famalicão
Data: Quarta, 3 de Junho de 2020, 21:15
Transmissão Televisiva: SPORT TV1
Jogadores indisponíveis/em dúvida: Alex Telles (5ª amarelo); Marcano (Lesão); Nakajima (não tem treinado);
Arbitragem: Nuno Almeida. O árbitro da Associação de Futebol do Algarve terá como assistentes André Campos e Venâncio Tomé, sendo David Silva o quarto árbitro. O VAR será Luís Ferreira, assistido por Nélson Cunha.
Excertos da conferência de imprensa de hoje:
Manafá:
"O mercado fica à porta do Olival. Para o lugar do Alex Telles, o Manafá é solução, mas podem ser outros, numa linha de cinco jogadores, ou três centrais não sei, mas é uma solução, sim, já jogou algumas vezes."
Expetativas:
"Espero que seja retomada a dinâmica que estava a ter o campeonato, aquando da paragem a equipa estava bem, tinha ganho jogos importantes, tínhamos recuperado alguns pontos na tabela, essenciais para a luta do principal objetivo. Espero, foi para isso que trabalhámos, dar continuidade a toda essa dinâmica. Não falo do empate no último jogo, merecíamos mais do que ganhar até por mais do que um golo, não ganhámos por noite infeliz da terceira equipa não o fizemos, porque estaríamos agora a quatro pontos do adversário. Desejo a essas terceiras equipas a maior felicidade do mundo e que no fim quem ganhe o seja por mérito."
Pinto da Costa:
"Muito respeito pelo JN e pelo nosso presidente, mas não vou comentar. Foi agradável, mas não devo. Ouço e leio sempre com muito respeito, mas não devo comentar neste momento."
Trabalho durante a pandemia:
"Uma situação nova para toda a gente. Difícil não digo... Diferente. Em termos de preparação, pegando no que é a última imagem da equipa adversária, tivemos imenso tempo para preparar este jogo. O que vamos encontrar não sabemos, é uma incógnita. Quando existe uma pré-época, definimos microciclos diferentes de trabalho. Aqui foi tudo diferente. Quase três meses onde os jogadores se juntaram há bem pouco tempo. Foi essa a dificuldade. Na preparação do jogo, em relação a aspetos táticos e estratégicos, foi preparado da mesma forma, como todos os outros, com mais algum tempo até, que nos permite conhecer melhor o adversário. A jogar de três em três dias não há esse tempo".
Jogos à porta fechada:
Vai ser diferente entrar sem público. Faltarão os condimentos que são necessários numa boa salada, comer uma salada sem azeite, vinagre e sal não é a mesma coisa. Mas a fome tem de ser a mesma. Se tivermos vontade, temos de entrar lá para dentro com a mesma vontade, como se tivéssemos o estádio superlotado, com os sócios adeptos e apoiarem. Vai ser diferente, com certeza. O tal incentivo de darem aquele 'plus' para um jogador, é normal, essencial, acho que faz falta. Até as assobiadelas fazem falta [risos]. Não é a mesma coisa, mas temos de olhar para a situação e para o recomendável e enfrentar as coisas como são".
Equilíbrio:
"Esse equilíbrio que falei era sobre o jogo com o Famalicão, precisamos de estar equilibrados para fazer um bom jogo e não sermos surpreendidos. Agora é um mundo novo, há algumas normas de segurança, exigidas, o futebol faz parte de um todo, há os cuidados naturais da DGS, é uma responsabilidade social de toda a gente, não só dos Super Dragões ou do Conceição. Equilíbrio é para as pessoas tentarem controlar, e não é fácil, porque é difícil a nível mundial, tentam salvaguardar a saúde, mas ninguém vai contra isso, espero que não haja exageros e que seja um exemplo positivo e não seja um exemplo para tudo, caindo no exagero."
Politiquices:
"A grande preocupação é o Famalicão, a equipa deles, mas também jogar num ambiente limpo, as pessoas vão fazer parte do jogo está tudo supercontrolado. Aproveito para dar os parabéns por se terem criado condições para se acabar a liga. Substituições, sou a favor do que permite ao futebol haver mais espetáculo e durante mais tempo, o futebol agora é muito exigente, com muita intensidade, temos é que ver os timings das novas regras. Mas não queria entrar muito nestas politiquices."
Marcano:
"É sempre mau não ter todo o plantel, lamento profissionalmente o que aconteceu ao Marcano. É um jogador muito importante para nós, também no balneário. Nakajima não está no grupo, direção vai tratar isso, mas não há muito mais a falar sobre isso. Gostaria de ter todos disponíveis, sim."
Nakajima:
«Não está no grupo, a direção está a tratar e tratará da melhor forma a ausência dele, não há mais a falar. Se gostaria de ter toda a gente? Óbvio que sim», referiu.

EXPETATIVAS PARA O JOGO? QUAL SERIA O VOSSO ONZE?

submitted by betweenwordsandstars to fcporto [link] [comments]


2020.05.08 19:39 XNYNAP COMO TER AMIGOS

Vamos lá, passando por aqui acho q vi uns 5 posts sobre como a pessoa não tem amigos e perguntando como conseguir alguns e decidi reunir algumas dicas e de como fazer amizades pela internet (por causa da pandemia, não pode sair pra fazer amigos, então é só na internet mesmo).
PS: Não tenho milhões de amigos, até pq pra eu considerar amigo tem quer ter tempo e diálogo, mas na adolescência tinha muito amigos virtuais e acho q vcs querem alguém pra conversar, e não 300 mil "amigos".
1- Onde? Onde encontrar os tals amigos pra vida toda? É uma grande questão pq não tem um lugar dedicado somente á isso, mas essa é a graça. Já fiz amizade pq estava na fila do banheiro químico de um show (então qualquer lugar tu consegue conhecer alguém caloroso), amizades por causa de jogo, por causa de 1 amigo em comum, um gosto musical parecido, através de redes sociais (twitter) enfim. Você tem que expandir os lugares que vc frequenta na internet para ter alguma amizade, mas nunca faça nada q não goste.
"a mas eu sou mt tímidooooo"
2- Timidez Em todos os lugares existem pessoas tímidas, que falam baixinho e que passam despercebidas, se você é tímido, gosta mais de observar do que falar, tem duas opções:
a) Encontra outros tímidos por aí b) Encontra alguém que ama falar ( vc vai ser o ouvinte da pessoa, mas tem q haver uma troca, quando vc quiser conversar ela terá q te ouvir também)
" a mas eu só sou tímido quando não conheço a pessoa"
3- "Quebrando o gelo" É mais que normal ficar introspectivo com pessoas novas. Mas se for excessivo (que cause ansiedade*) aconselho q procure um psicólogo. Sempre pense que a outra pessoa está tbm te conhecendo e se sente julgada por vc. A gente geralmente pensa "o mds eu to falando mt merda, será q ela vai gostar de mim?, sera q eu sou legal?' Acredite, o outro ta pensando igual em relação a vc. Por isso, seja vc, fale merda mesmo, veja seus interesses cm ela, desligue esses pensamentos e foque em se o santo não bateu, ta tudo bem.
"a mas como eu continuo isso?"
4- Diálogo Amizade é feita de diálogo, conheceu tal pessoa q goste de X banda, foque nisso no começo, se acha q ela tem potencial para ser seu amigo, invista em outros tópicos. Ex: Jogo x é mt foda > Tenho um console X > Quais jogos mais vc curte? > Wow meu (insira aqui qualquer parente) tem isso, mas não curto mt ele > (espera para ver se a interesse em falar sobre sua familia) > Vc tbm tem um (insira novamente um parente) chato? É teve uma situação hilária sobre isso, aposto que o seu (parente qualquer) faz isso tbm.
5- Tempo Tempo é q vai melhorar a intimidade de vcs, se vão ser amigos de longa data ou um curto prazo (o q nao deixa de ser bom). Mande memes, converse sobre a vida, problemas, reclamem, debochem de outras pessoas q vcs conhecem e se essa pessoa tem grupos de outros amigos online, pede pra te adc, mais q um "não" vc nao vai receber (ou crie teu próprio grupo).
* Caso vc sinta sozinho, mas tem pavor de pessoas, eventos sociais, não consegue imaginar-se fora do teu quarto ou é tímido dmais ao ponto de prejudicar sua vida em quase todos os aspectos, é bom dar uma passadinha no psicólogo. (Online no caso, pq agora nao dá).
Essas foram algumas dicas, espero que tenha ajudado alguém. Se tiverem outras dicas, só comentar. E posso ser amiga de vcs tbm!!!!
submitted by XNYNAP to desabafos [link] [comments]


2020.04.04 12:04 brewingwally Q&A Interview with the DEVS - DRLUPO (Translated PT-BR)

Hey peeps,
I haven't seen one in English yet but I was aiming to have a translated (summarized) transcript of the interview that happened last night on DrLupo's channel on twitch. My goal was to spread that information to the Brazilian community since I know this is, most likely, going to be huge in Brazil and in the world - to be honest.
For reference, the VOD link: https://www.twitch.tv/videos/582471212?t=06h52m10s
All in all, you will find the transcript below. It is not word for word but I believe it is a good concise version of the interview.

---------------------------------------------------------------
Galera BR,
Resolvi postar o transcript dessa entrevista com os DEVs que aconteceu no canal do DrLupo ontem à noite. Não é uma tradução de palavra por palavra porém algo mais resumido. Espero que esteja claro e minha tradução foi bem mais resumida mesmo até porque foi uma conversa bem informal. Caso tenha interesse, o link está aí acima.

Terminei tudo por volta das 5 da matina então me desculpem por erros de português. Vou dar uma olhada assim que puder e arrumar os errinhos bobos.

O intuito conforme dito acima é disseminar informação. Tem muita pergunta boa e respostas boas que confirmam muita coisa. Eu to numa hype danada pra esse game e creio que muita gente esteja no mesmo barco. Pronto. Vamos à elas.

1) Quanto tempo eles pretendem ter o closed beta para valorant e no dia 7 de Abril, quantas keys ou accesso serão disponibilizados para players?
Não temos um número exato, porém nós estamos lançando o game no verão. No dia 7 iremos começar a deixar mais jogadores entrarem no closed beta. Não temos um número certo, porém será mais do que o dobro de hoje (25k segundo a internet).
Após o dia 7 de Abril, eles vão continuar liberando acesso dias após para aumentar o número de jogadores na closed beta.
2) Qual é o modelo financeiro sendo que o game é free to play? Como que a RIOT vai fazer $$$?
O plano de monetização vai ser parecido com o que é implementado em League of Legends, basicamente no escopo de comésticos. O plano que eles tem envolve ter um passe de batalha.
* No pay to win* RNG Loot boxes não estarão no game.
3) Quais seus planos para Ranqueadas?
Também chamado de "Ratings", não estará disponível no dia 1 quando o closed beta for lançando. Estará disponível um pouco mais adiante porque eles querem que os jogadores foquem em aprender o game sem a pressão de ranqueadas.
4) Qual é o processo de matchmaking?
Tanto para casuais ou ranqueadas, jogadores poderão criar grupos de até 5 pessoas e procurar partidas da mesma forma.
5) DrLupo - "Então se eu procurar partidas sozinho, terei chances de encontrar partidas contra um grupo fechado de 5 pessoas?" ?
Sim. Porém existem alguns detalhes do processo por trás do panos para melhorar a experiência dos jogadores e ajudar a balancear as partidas.
6) As Ranqueadas são baseadas em algum processo que jogadores já conhecem ou foi algo novo criado do 0?
Um pouco dos dois. Algumas coisas foram tiradas do League of Legends e outras foram adaptadas ou criadas para esse game em específico.
7) Número de Mapas quando for lançado?
4 Mapas.Eles querem focar em menos mapas porém de qualidade. Não querem ter 20 onde os jogadores odeiam 17.
8) Número de agentes?
10 quando o closed beta for lançado. Eles não tem um número certo para o lançamento ainda.
9) Vai rolar open beta?
Dificilmente. Querem explorar apenas o closed beta.
10) Data de lançamento para o game? ou continuamos com o lançamento no verão?
Continuam com a previsão de lançamento no verão mesmo com as circunstâncias negativas do momento.
11) O game tem aim assist?
Não.
12) Vocês tem planos para dar suporte a jogadores com controles?
Existe um suporte básico, porém nada além disso.
13) Planos para consoles?
Estão extremamente focados no PC. Estão prototipando para ver se é possível porém eles não querem lançar algo em outras plataformas onde acham que a estratégia competitiva pode sofrer consequências. Eles vão continuar explorando para ver se é possível no futuro.
14) Planos para MacOS?
Sem planos para MacOs. O foco é só PC.
15) Como que o backend funciona? Network supersampling e o tick do servidor?
(Houve uma explicação de como isso tudo funciona)
Resumo:
- Tick do servidor vai ser 128.
- Se alguém está com problemas de conexão, o servidor deles vai tentar prever aonde esse jogador vai estar sem dar a sensação de que o jogador está desaparecendo na sua tela e reaparecendo em outro lugar.
- Segundo eles, a sincronização entre o game cliente e o servidor vai ser quase idêntico. Isso significa que quando o jogador der um tiro, raramente terão a sensação de que o tiro não foi registrado. Exemplo: você claramente acertou o tiro no boneco, mas nada aconteceu porque o servidor ignorou o registro.
16) Já fizeram testes globais de conexão?
Já fizeram testes em muitas áreas e problemas sempre irão existir. O problemas que já foram detectados, já foram resolvidos. Esperam poder testar mais e mais áreas durante o closed beta para testar se o que construíram está funcionando corretamente.
17) Planos para a expansão de servidores para evitar latência?
Eles querem primeiro entender o porque existe a latência e tentar resolver da melhor forma possível. Sim, expansão está nos planos.
18) Regiões? América Latina? E outras regiões?
O plano sempre foi lançar o game no verão na escala global. Vão continuar a introduzir mais regiões nos próximos meses. No closed beta, eles gostariam de testar mais regiões porém, com com a pandemia do CODIV-19 no planeta, os planos estão sendo adiados porque dependem de seus parceiros para ajudar a montar a infraestrutura.
19) o matchmaking de jogos causais também são baseados em skills?
Sim!
20) ANTI-CHEAT e o sistema chamado Fog of War?
Resumo: Tem um time dedicado para montar um sistema para conter os hackers e o sistema chamado fog of war, basicamente esconde as informações de outros jogadores no seu game cliente até que eles estejam perto o suficiente, impossibilitando ou dificultando bastante o uso de wallhacks por exemplo.
21) Planos para novos agentes, mapas, e armas?
Sim, temos para agentes e mapas. Para armas, não por enquanto a menos que exista alguma oportunidade durante o lançamento.
22) Ainda sobre anti-cheat, qual que é a política de assédio no game? Existe alguma maneira de reportar jogadores? Vocês tem explorado bans por hardware também?
Estão explorando bans por hardware e estão levando super a sério os bans nos hackers para manter a integridade competitiva no game. Assédios serão levados a sério e existe um sistema in-game. O grande foco é impedir que jogadores quebrem ou perturbem o game dos outros.
23) existe alguma opção parar impedir de jogar com o mesmo jogador várias vezes? Existe alguma função para bloquear de jogar com certos jogadores?
Vão explorar mais a frente. Resposta não tão clara. A respeito de game com hackers, assim que for detectado pela RIOT, o game vai parar. O hacker vai sofrer as consequências e a partida não vai contar.
24) Ajuste de FOV?
Todos estarão na mesma escala que vai ser 103. O intuito, de novo, é focar no competitivo e existe uma certa vantagem em poder ajustar o FOV do seu game client.
25) Suporte para Resoluções? Ultra wide? 4:3? 16:10?
Não vai ter suporte para 4:3 esticado ou stretched. 16:9 e 16:10 ta incluso. A razão por não dar suporte a resoluções esticadas são as mesmas usadas no FOV. Para não esticar os pixels na tela e dar uma vantagem a jogadores.
26) Planos para modo de espectador? Ou modo replay?
Sim, eles tem planos para ter um modo espectador quando o game for lançado e querem explorar a funcionalidade de Replay só depois do lançamento.
27) Planos para modo criativo como em Fortnite? Surfing e outros? Vai ter uma lista de servers?
Não existe lista de servers. Tudo vai rodar nos servidores de RIOT. Não existe planos para modo criativo ou etc no momento.
28) Suporte para daltônicos?
Sim, a funcionalidade já está presente.
29) Existe algum suporte para jogadores cegos? Visualização de som?
Estão explorando formas de ajudar jogadores a entender os sons dentro do game. Algumas coisas são bastante visuais.
30) streamer mode? Escondendo seu nome e de outros jogadores?
Estão explorando mas ainda não sabem quando estará pronto.
31) E jogadores que quitaram no meio do jogo? Ou perto do final?
Estão testando algumas funcionalidades já. Por exemplo, quando detectarem um jogador está afk ou outra que se desconectou, como eles vão garantir que o time dessa pessoa que saiu vai conseguir continuar com o game de uma forma sustentável? Para achar a melhor forma, vão precisar de feedback da comunidade.
Pessoas que saírem vão receber uma penalidade.
32) Certamente existe um grupo de crianças que irá tentar derrubar os servidores no dia do lançamento? A RIOT está preparada pra isso?
Sim. Se prepararam da melhor forma possível. Em adição, estão levando consigo a experiência adquirida em 10 anos de League of Legends.
33) Existirá alguma variação entre sensibilidade do mouse em vertical ou horizontal?
Por agora, só existe um ajuste global para ambos. Porém, estão dispostos a viabilizar dependendo da reação da comunidade do game.
34) Base de dados da RIOT. Existirá alguma API pra facilitar o job de alguns sites na coleção de estatísticas e etc?
O time da RIOT está trabalhando duro para fazer isso acontecer. Ainda não tem uma data específica, porém esperam estar pronto durante o lançamento.
35) Quais são os planos da RIOT para a frequência de atualizações do game?
Ainda não tem um plano certo, porém sabem que querem lançar dois tipos de updates: hotfixes e updates de balanceamento. Os planos são para faze-los frequentemente.
36) Planos para mudar a posição das armas no seu agente? Por exemplo, altera a visão para a mão esquerda?
Estão olhando por enquanto. Não foi algo que foi construído desde o início, porém viram que jogadores tinha uma preferência depois de um tempo. Não sabem se estará presente durante o lançamento ainda.
37) Planos para desabilitar quando a arma reflete o movimento do jogador (indo pra cima e pra baixo o tempo todo) ? (Por exemplo: o movimento da cabeça do seu herói no Apex legends)
Vão conversar entre si pra viabilizar a funcionalidade.
38) Quando você está mirando com a sniper, um pontinho vermelho aparece no centro da mira e desaparece quando você se move? Existe alguma maneira de trocar essa funcionalidade entre si? Quando você se move, o pontinho vermelho aparece e quando você para desparece?
Certamente podem dar uma olhada e ver como podem melhorar.
39) Planos para por LORE no game? Muita gente gosta de criar uma conexão com seus agentes e entender suas histórias
Sim. Eventualmente. Querem que os jogadores foquem em aprender o jogo e joguem por enquanto. Também reconhecem que os jogadores gostam de saber mais sobre os agentes, então vão introduzir o lore com o tempo.
40) Outras empresas com Bungie, gostam de por infográficos e roadmaps para suas comunidades a respeito de seus games. A RIOT tem planos parecidos?
Já conversaram entre si a respeito dessa ideia e gostariam de se tornar previsíveis a ponto de poder fazer o mesmo. Ainda não podem prometer algo assim, mas querem chegar no mesmo patamar.
41) Existe planos para por algum website onde jogadores podem chegar o status dos servidores da RIOT?
Estão pensando em soluções para resolver esse problema para jogadores e sabem da importância e querem construir algo que dê essa visibilidade para a comunidade.
42) Existe suporte para jogos em LAN?
É difícil dar suporte para algo assim e o foco deles é totalmente diferente levando em consideração que tudo é conectado a conta da RIOT. Não ficou claro, porém existe a possibilidade.
43) Mouse acceleration? Aceleração de mouse?
Não
44) Planos para outros modos de jogos que já foram vistos nas streams?
Não podem comentar ainda.
45) Planos para detectar contas smurf ou boosting?
Sabem que smurf pode ser um problema e estão trabalhando em como detectar logo cedo contas smurf e parte disso já está implementada em seus servidores no sistema de matchmaking. Por fim, estão sempre a procurar de formas a melhorar a experiência dos jogadores.
46) existe algum sistema para a votação de mapas?
Por enquanto não por conta do número baixo de mapas. Estão abertos a introduzirem essa funcionalidade dependendo da quantidade de mapas no futuro.
47) E-SPORTS?!?!
RIOT estará publicando diretrizes de torneis em breve inicialmente. Querem saber o que a comunidade quer do game em relação a esports. A RIOT tem bastante experiência já e querem saber e entender o que a comunidade quer esperar e ter do game. Confirmaram que já estão pensando e confirmaram que deveriam investir nisso, porém não querem forçar na comunidade.
48) Partidas personalizadas?
Sim!
49) Existe algum tipo de restrição de idade para campeonatos no futuro?
Não tem a menor ideia ainda. Não estão nesse ponto ainda.
50) Caso você tenha conseguido entrar no closed beta, você vai ter algo em especial te aguardando dentro do game? Algum cosmético ou coisa?
Sim. Tem uns negócios lá (não foi comentado se é um cosmético ou não). Eles sempre gostam de retribuir a aqueles que estão ajudando-os.
51) Existe planos para skins de armas e agentes?
Skins de armas, certamente.
“Skins de agentes é complicado. A inclinação é dizer: sim, certamente teremos. Porém temos que pensar na naturalidade do cenário competitivo. A menos que consigamos fazer da maneira correta, não iremos adiante para não cagar no game.”.
52) Planos para eventos dentro do game? Baseado em estações? Etc?
Sim.
“Nós adoramos festas! Sim!”
53) Vocês estão batendo de frente com CS:GO. Algumas coisas estão sendo executadas de forma espetacular e outras nem tanto em comparação com CS:GO. O jogo foi inspirado em CS? Vocês têm o intuito bater de frente com CS? Lupo diz – “Nós nunca vimos ninguém construir um tactical shooter assim antes. Nunca. Vocês são os primeiros a fazerem isso!”
u/riotsupercakes – “Nós não conversamos a respeito do que o sucesso seria caso tirássemos CS:GO da jogada ou se tirássemos todos seus jogadores. Não é assim que trabalhamos. Nós temos várias pessoas no nosso time que jogam CS religiosamente e eles amam o jogo e nós estaríamos mentindo caso disséssemos que não houve inspiração em CS. Eu não quero tenhamos essa imagem que nosso objetivo é destruir o CS. Não é assim que pensamos e não é seu objetivo.”
u/riotziegler – “Nós estamos desenvolvendo esse game justamente por amamos esses games. De repente é um pouco ingênuo de nossa parte porque jogadores irão fazer comparações... nosso objetivo é criar um tact-shooter que abraça mais a criatividade que jogadores trazem para o game.”
54) Última: Caso você perca a conexão e caia da partida, você pode voltar?
Sim!
submitted by brewingwally to VALORANT [link] [comments]


2020.03.21 02:01 lucascamara14 Durante a quarentena eu criei uma teoria da conspiração

Olá, /brasil. Essa é a minha primeira postagem e decidi postar para dar umas boas risadas. Fiz essa teoria da conspiração sobre o surgimento do Coronavírus vinculado ao nosso presidente do Brasil. Apesar de ter me baseado em reportagens reais que falam sobre situações reais, a ideia fundamental da teoria é apenas para diversão e não condiz com nada sobre a realidade. Tudo aqui é inventado e em nada quero imputar coisas ao presidente.
Se gostarem, peço dicas para futuras criações de teorias da conspiração, sugestões e críticas sobre o texto.
Caso a moderação ache que não deva devido a sensibilidade do momento, eu apagarei a postagem com todo o prazer. Espero que se divirtam.
" ⚠ A ORIGEM EXPLICADA DO CORONAVÍRUS ⚠
Muitos de nós devem estar se perguntando: De onde surgiu o Coronavírus? Várias pessoas dirão que veio do morcego comido nos mercados imundos da China ou de uma possível mutação do vírus. Mas a verdade escondida, e que será revelada agora, é apenas uma: O presidente Bolsonaro é a fonte original do Coronavírus.
Posso parecer louco de início e serei hostilizado por isso, mas irei apresentar informações que, a primeira vista, parecem coincidências, mas um olhar mais atento logo levanta suspeitas. Jair Bolsonaro visitou a China no dia 25 de outubro em visita oficial ao presidente Xi Jinping. Ao mesmo tempo, os Jogos Mundiais Militares, ocorrido em 2019, aconteceram também na China. E saiu há poucos dias uma suspeita do governo chinês de que os EUA teriam inserido o vírus durante os jogos militares.
❗A verdade é que os chineses acertaram a resposta mas miraram na fonte errada.❗
Não é uma mera coincidência que os chineses acusam os americanos de contaminarem a China justamente no mesmo período da visita brasileira ao país asiático.
Fui atentado para esta teoria, que também me pareceu maluca no começo, quando eu vi a declaração de um senador dos EUA pelo Partido Republicano de que Wuhan é a única região na China que possui um laboratório de biossegurança com acesso a grandes doenças contagiosas, inclusive o coronavírus. Ora, qual seria o melhor lugar para iniciar uma contaminação sem chamar a atenção de agentes chineses para um contágio feito por estrangeiros?
Mas ainda assim não estava convencido. Até ver a coluna traduzida para o inglês de um jornalista húngaro chamado Zoltán Kertész escrita para o jornal Vészkijárat em janeiro de 2020. Daí eu comecei a pensar melhor sobre como a questão do coronavírus estava muito mal contada.
⚠PROVAS:
Em março de 2020, ocorreu uma viagem de Bolsonaro aos EUA para se encontrar com o presidente Trump em Mar-a-lago, na Flórida. Vejam bem: Esta foi a quarta visita de Jair Bolsonaro aos EUA sem que ninguém saiba os reais motivos de tais visitas. Nesta última houve uma contaminação em massa de toda a comitiva brasileira que acompanhou o presidente. Já são mais de 18 casos confirmados no momento que eu escrevo isso.
E como se explica o presidente ser o único que teve resultados negativos para o Coronavírus? É porque ele já estava acertado sobre contaminação desde maio de 2019. Como assim, vocês me perguntam? Simples. Em maio de 2019, o presidente Bolsonaro viajou aos EUA para se encontrar com empresários locais - cujos lucros são afetados pela produção chinesa - em meio a polêmicas de sua visita ao país. A homenagem que recebeu nesta data nada mais era do que uma distração do seu real intuito: Acertar os detalhes da contaminação do coronavírus que Bolsonaro levaria para a China e infectaria o povo chinês.
Em setembro de 2019, médicos brasileiros internaram o presidente para uma cirurgia de hérnia. Ou pelo menos é o que eles afirmaram perante a imprensa. A real verdade é que os médicos estavam tratando Jair Bolsonaro dos efeitos colaterais da contaminação. Por isso que a fala do presidente na Assembleia Geral da ONU foi confusa, com muitas pausas. O presidente estava com falta de ar mas era obrigatório não demonstrar estar contaminado. Parece loucura? Então, o que explica uma nova internação de Bolsonaro em dezembro de 2019? Nada mais do que novos tratamentos para os efeitos colaterais do vírus. Percebam que, desta vez, a internação foi bem mais rápida pois os médicos já sabiam os como combater o coronavírus.
Tudo bate: As datas de viagem para a China e para os EUA; Os encontros e as distrações; A falta de coordenação linguística na Assembleia da ONU; As constantes idas ao hospital para "tratar efeitos colaterais de cirurgias". Tudo faz sentido.
E agora chega a cereja do bolo: A fala do presidente Bolsonaro no dia 16/03/2020.
Bolsonaro afirmou que "não dá para querer jogar nas minhas costas uma possível disseminação do vírus". Vejam só esta estratégia de confundir o público: Ele afirma que não pode ser responsável pela contaminação e disseminação justamente por saber que ELE É O PACIENTE ZERO da contaminação mundial, mas ao falar isso não jogaria para si mesmo a dúvida sobre o surgimento da pandemia.
E o que falar da manifestação de seu filho, Eduardo Bolsonaro, onde culpabiliza a China pela doença e o Ministério das Relações Exteriores chinês revidar excessivamente à manifestação de Eduardo? Os chineses SABEM que Bolsonaro é o paciente zero mas não podem responsabilizá-lo publicamente. Quando o embaixador chinês Yang Wanming fala pro deputado pedir desculpas ao povo chinês, não é por causa da acusação feita, mas justamente pelo fato de Jair Bolsonaro ser o vetor inicial de contaminação mundial do Coronavírus.
Apresentei aqui diversas provas do surgimento do Coronavírus, mas teve um fator final para que eu me manifestasse: Quando o homem haitiano falou que o presidente estava espalhando o vírus e matando a população brasileira que eu decidi expor a verdade pois entendi que não era algo da minha cabeça e sim uma verdade absoluta.
Sei que muitos não irão acreditar por acharem bobagem, coincidências demais ou simplesmente por uma crença política, mas é o meu dever como cidadão de bem e patriota que sou defender o Brasil e os brasileiros. Se eu sumir, saibam que foi por conta desta revelação."
submitted by lucascamara14 to brasil [link] [comments]


2019.12.03 13:25 yalitah757 Aproveite a melhor oferta - o melhor bônus do cassino online

Mesmo as pessoas novas no mundo saberão que os bônus são o principal aspecto para os usuários começarem sua jornada de jogo pagando uma única moeda de um centavo do bolso. Na indústria, quase todo mundo oferece o mesmo tipo de ofertas e, a partir dessa descoberta, o melhor bônus de cassino online pode ser um pouco difícil para os usuários. Mas não se preocupe, esse problema também tem uma solução. Quase todos nós sabemos que as propostas do cassino são o truque de marketing para agarrar os jogadores e torná-los interessantes para o seu site. Até os jogadores também sabem disso, mas mesmo assim, eles foram aos cassinos que oferecem inúmeras recompensas em todos os seus jogos.
Conhecido sobre o processo de escolha do bônus perfeito
Entendemos que as ofertas motivam e incentivam os usuários a adquirir os jogos, mas há algumas coisas que os apostadores devem visualizar antes de usá-los. Mencionamos o seguinte:
Se você decidiu usar a oferta na jogabilidade, a coisa mais importante que os jogadores devem saber sobre isso é o requisito de apostas. Agora você provavelmente pensa que o que são requisitos de apostas. Portanto, responda a isso é que em muitos sites de cassino, se você está reivindicando o prêmio vencedor, recebeu todas as ofertas gratuitas. Nesse caso, você deve cumprir os requisitos que os operadores aplicam aos bônus. Principalmente os requisitos de aposta padrão para as recompensas são 35X, mas ainda sugerimos que, se você encontrar o seguro que possui menos elementos, use-o no jogo. Dissemos isso porque, para retirar a quantia vencedora, os usuários devem atender aos critérios até que não o façam. Eles não podem sacar o centavo da conta.
Outra coisa que você também deve observar é a data de término. Definitivamente, se é o melhor bônus de cassino online ou um simples quando é lançado na sociedade na época, sua data de validade foi decidida e mencionada na seção de políticas. Estamos dizendo isso porque, uma vez expirado, você não o usa mais em seus jogos.
Como você pode obtê-lo no jogo
Bem, o processo de obter recompensas na conta é o mesmo. Para isso, os jogadores precisam fazer o registro primeiro. As formas de inscrição são fáceis e provavelmente levam de 5 a 10 minutos. Apenas completando isso automaticamente, todas as ofertas gratuitas serão um crédito para a conta que os apostadores usam em seus jogos. Algum tempo, muitos sites solicitam o depósito mínimo. Não pense que não é seguro.
Em muitos casos, os operadores pedem para iniciar os jogos. Ao concluir todo esse processo, você poderá aproveitar todos os bônus que achar adequados nos jogos. Dificilmente existem três tipos de depósito de recompensa, sem depósito e rodadas grátis.
Todo mundo tem diferente. Pode ser que você tenha apenas um bônus favorito. Depende do seu desejo ou conforto, como você o usa e obtém lucro. Por fim, queremos apenas dizer que, segundo nós, todos são os melhores bônus de cassino online em seus lugares.
submitted by yalitah757 to u/yalitah757 [link] [comments]


2019.11.25 02:27 altovaliriano The Boiled Leather Audio Hour #83: "Que festim e quem são os corvos? com Jim McGeehin"

Boiled Leather é o podcast em que Sean T. Collins e Stefan Sasse se propõem a fazer "análises temáticas" de ASOIAF, Game of Thrones e outros assuntos. O programa foi criado em dezembro de 2011 e já conta com 137 contribuintes no Patreon, em assinaturas que variam de U$1 a U$75.
Neste episódio, Stefan recebe Jim McGeehin (que escreve no renomado blog Wars and Politics of Ice and Fire sob o nickname SomethingLikeALawyer) para debater sobre o significado do título do 4º livro da saga, "O Festim dos Corvos". A proposta é que ambos relacionem o enredo, os temas e os arcos dos personagens com a história de diversos períodos de guerra do mundo real.
------------------------------------------
Link: https://boiledleatheraudiohour.tumblr.com/post/183197915616/blam-83-what-feast-and-who-are-the-crows-with
Data de lançamento: 03/03/2019

O episódio começa e termina com anúncios de Stefan em volume mais alto do que o restante das gravações. A edição do áudio é possivelmente o maior defeito técnico do Boiled Leather. Mas fora isso, o áudio de Stefan é de boa qualidade e o de Jim é razoável. A música da vinheta de abertura é bem genérica.
A proposta do episódio é investigar o significado do título do livro. Como Stefan e Jim afirmam, Festim não era um dos três grandes títulos imaginados desde o começo (Guerra dos Tronos, Dança dos Dragões, Ventos do Inverno). Para eles, mais do que uma expressão com um som pomposo, o título do quarto livro das Crônicas de Gelo e Fogo parece ter um significado na narrativa.
Enquanto Jim especula que o título é uma referência à revoada de personagens pequenos (os corvos) que tentam pegar um pedaço dos legados de personagens mais politicamente relevantes (o banquete), Sasse completa que o livro é sobre as consequências da corrida política e a operação de limpeza da bagunça que as guerras causam.
Com Tywin, Joffrey, Oberyn, Lysa, Catelyn, Balon e Robb mortos no livro anterior, diversos personagens lutam durante Festim para encontrar um significado para suas jornadas. Nas Ilhas de Ferro, nas terras da Coroa, nas Terras Fluviais, em Braavos, no Vale e em Dorne todos colocados diante de direitos de herança e espólios.
Os apresentadores dizem que talvez seja essa a razão pela qual o livro desagrada, em primeira leitura. Não estamos acostumados, nas fantasias, a ler sobre a operação de limpeza que sucede aos conflitos. O resultado do conflito parece magicamente resolver tudo.
Achei muito interessante a comparação que Sasse faz destes personagens com a Geração Perdida dos países derrotados na Primeira Guerra Mundial. No mundo real, esta geração se mostrou incrivelmente suscetível a discursos extremistas que prometiam a ascensão a uma nova era de poderio inimaginável.
Segundo eles, isso acontece visivelmente nas Ilhas de Ferro. Enquanto Victarion tenderia a repetir os erros de Balon, e Asha mostrava-se crítica sobre os resultados da simples pilhagem do norte, Euron conclama todos a sonhar muito mais alto. Ele mostra artefatos mágicos, fala de dragões, presenteia com riquezas preciosas e o mundo como recompensa para as derrotas prévias. Uma vez que os planos de Balon eram estapafúrdios e que os homens de ferro só conhecem a pilhagem como modo de vida, o discurso do corvo Euron é atraente aos ressentidos.
Do mesmo modo, a Irmandade Sem Estandartes se converteu em uma seita de seguidores da morte, a serviço do espírito vingativo de Catelyn que somente tem interesse em aumentar a pilha de cadáveres. A idéia de justiça rapidamente virou a de retribuição e grande parte dos homens se tornaram corvos que prendem os corvos sob o legado de Robb nas Terras Fluviais, a saber: os Frey.
O podcast faz um capcioso paralelo entre os homens de ferro e a irmandade por ambos terem adotados caminhos que dão preferências à satisfação imediata, ao ganho fácil. Sasse e Jim, contudo, se dizer aliviados em pensar que esse é um jogo vazio e que, no longo prazo, as perdas não se equiparam aos ganhos para seus jogadores.
Uma das grandes coisas que achei no Boiled Leather é como eles citaram autores de livros sobre história do mundo real, assim como produções de outros blogueiros e podcasters. Por exemplo, eles lembra de um ensaio de Emmett Booth em que ele afirma que Festim dos Corvos serve para demonstrar como há diferenças entre o legado de Tywin e de Ned. Enquanto os corvos em Porto Real banqueteam sobre o primeiro em Porto Real, há gente no norte lutando voluntariamente em nome do segundo.
De fato, Stefan e Jim chamam a atenção para o fato de que a mentalidade Lannister nas Terras Fluviais é a de que ganhou, mas não levou. Depois de ser cúmplice na quebra do tabu do direito de hóspede, a autoridade do Trono e da Casa Frey somente é respeitada enquanto houver poderio militar sustentando-a. Como governar pela força é a forma segundo a qual Cersei enxerga o mundo, não surpreende os apresentadores que ela acredite que tudo se resolverá ocupando as Terras Fluviais.
Sasse lembra que, na Alemanha pós-Segunda Guerra, democratas alemães apresentavam planos para reconstrução social do país à medida que os americanos ocupavam o país. Contudo, os apresentadores não enxergam planos para as Terras Fluviais. E, diante do vácuo de autoridade (até diante da ausência do próprio Mindinho em Harrenhal), há espaço para oportunistas tentarem se tornar “reis por um dia”.
Os homens das Terras Fluviais não se rendem em massa, como os alemãos ao final da 1ª Guerra Mundial, afirma Stefan. Eles se rendem sem compromisso real, apenas por conveniência transitória. Eles citam Steven Atwell para explicar que Peixe Negro conseguiu se manter firme em Correrrio tão justamente porque, depois do casamento vermelho, ninguém pode mais confiar que Lannisters e Freys manterão sua palavra para nada. Daí tudo que eles recebem nas Terras Fluviais é falsa lealdade.
Na prática, seria necessária a observância da lição de Tywin sobre ser gentil com quem se rende a você, para que outros vissem que isso dá resultado (ASOS, Tyrion VI). Ocorre que Jaime tem violado essa regra ao desrespeitar aliados como Jonos Bracken, tendo em vista sua nova persona de cavaleiro justo. Uma gafe política, justificável diante da recente evolução do personagem, mas não menos perigosa por isso.
Por fim, o The Boiled Leather chama a atenção para dois tipos de corvos em Porto Real.
Os primeiros são os bajuladores que sobreviveram aos homens que lhe deram cargos e benesses. Segundo os apresentadores, é uma tendência que ocorre também com a morte de ditadores que cercaram-se de bajuladores no mundo real: quando os líderes morrem, a confusão começa. Em Westeros, eles não perderam tempo para se agitar, grande parte deles em volta de Cersei.
Os segundos são os homens da fé. Os apresentadores ressaltam o quanto era comum que a Igreja Católica medieval atuasse diante da vacância de poderes. A questão era que a situação já estava extremamente caótica sem eles, sendo bastante acidental sua aparição como agente de poder (graças a Cersei). Portanto, ainda seria incerto se eles são corvos ou apenas pardais.
Uma menção a Arya como parte de um grupo de extremistas religiosos chamou minha atenção. Eu nunca havia parado para pensar que a maneira como os Homens sem Rosto exigem a dissolução do indivíduo se assemelha ao recrutamento de células terroristas no mundo real. Ainda que saibamos que a organização não tem por finalidade o terrorismo, foi uma comparação interessante, que pode revelar que a Casa do Preto e do Branco também pode ser um abrigo de “corvos”.
Eu gostei bastante das análises de Stefan e Jim. Talvez porque eu esteja escutando muitos podcasts de releitura de capítulos ou análise de personagens, essa análise macropolítica e metalinguística me veio como uma experiência nova no” domingo de podcast”.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.10.21 20:01 altovaliriano Pergunta de BryndenBFish e NPR de novo (out/2019) e Entrevista a OMNI (nov/1996)

Mais recente: Chicago Humanities Festival (11 out 2019)
Link no arquivo: https://www.westeros.org/Citadel/SSM/Entry/16170
O SSM consiste em um vídeo de 5 minutos carregado no youtube em que Martin responde à pergunta selecionada no twitter pela entrevistadora Eve L. Elewig. "Coincidentemente", foi a elaborada por Jeff Hartline (mais conhecido como BryndenBFish). Que marmelada...
Brincadeiras à parte, a pergunta foi "Ele acredita que Robert, Ned e Jon Arryn estavam certos em se rebelar contra Aerys? Ou ele teria permanecido leal a Aerys e os Targaryens?". Martin se desviou da pergunta e enrolou. Veja no vídeo.
--------------------------------
Mais recente (2): Entrevista à NPR Chicago (19 out 2019)
Link no arquivo: https://www.westeros.org/Citadel/SSM/Entry/16176
Na verdade, este artigo foi uma compilação da entrevista de Martin à WGN Radio e do bate-papo ocorrido na Chicago Public Library Foundation (CPLF), ambos já relatados aqui (vide aqui e aqui)
--------------------------------
Mais antigo: Transcrição de uma entrevista à OMNI Magazine (21-22 nov 1996)
Link no arquivo: https://www.westeros.org/Citadel/SSM/Entry/1425
A entrevista parece ter sido feita no formato de chat da internet, como vários códigos de hora, data e IPs. Eu suprimi tudo isso, deixando apenas nickname e mensagem, em ordem cronológica (a entrevista começou no dia 21 e terminou no dia 22). A tradução segue abaixo:
-
Ed_Bryant_Mod : Boa noite, Sr. e Sra. América, e todos as naves no espaço! Esta é outra edição do Omni Visions Prime Time com Ed Bryant. Meu convidado esta noite é aquele escritor estelar de ficção científica, fantasia, romances, contos, filmes e TV, George RR Martin. Boa noite, George!
GeoRR : Para constar, deixe-me dizer que nunca trabalhei em ST:TNG [Star Trek: The New Generation], apesar do crédito que Ellen me deu quando ela estava divulgando isso. Portanto, sem perguntas sobre Data, por favor. Com Vincent eu posso lidar... bem, tanto quanto qualquer pessoa pode lidar com Vincent.
GeoRR : Perdemos contato com Ed?
Ellendat : Enquanto Ed tenta voltar para nós, eu gostaria de me desculpar com George por me enganar quanto a sua participação no ST:TNG.
GeoRR : Acho que Ed caiu de vez. Ele me avisou que isso poderia acontecer.
Ed_Bryant_Mod : Opa, desculpe pessoal! Minha introdução fantástica para George desapareceu repentinamente e eu fui interrompido por uma mensagem de "erro no servidor". Eu estou de volta, então eu vou aumenta-la (mais).
ellendat : Eu sei que posso falar por muitos de seus leitores (e provavelmente membros da platéia aqui) que é bom você voltou a escrever ficção em prosa depois de vários anos concentrando-se em TV.
GeoRR : Há dias em que estou muito satisfeito por estar "de volta" (embora nunca tenha realmente ido embora, sabe - durante todos os meus anos em Hollywood, escrevi e editei WILD CARDS). Há outros dias em que sinto falta da TV. Certamente sinto falta dos grandes carrinhos de mão de dinheiro que costumavam rolar no meu escritório.
Ed_Bryant_Mod : Para aqueles que possam ser novos na SF [Ficção Científica], George Richard Raymond Martin começou a publicar profissionalmente em 1971, com uma curta história para GALAXY. Seus livros subsequentes incluem A MORTE DA LUZ, TUF VOYAGING, SONHO FEBRIL, ARMAGEDDON RAG, a série WILD CARDS (como participante e editor), SANTUÁRIO DOS VENTOS (com Lisa Tuttle) e, entre muitas outras coisas, A GUERRA DOS TRONOS, o primeiro volume enorme em uma série de fantasia épica maciça. *ufa* Além disso, ele passou uma estada em Hollywood trabalhando com A BELA E A FERA e a renascida ALÉM DA IMAGINAÇÃO. Então, George. Quando você dorme e quanto tempo antes de terminar a série de fantasia?
GeoRR : Eu pretendo dormir entre o terceiro e o quarto volumes, ed. Eu dormia um pouco entre o segundo e o terceiro, mas agora é a hora de escrever um roteiro de SONHO FEBRIL que devo à Hollywood Pictures. Hollywood Pictures não existe mais, com certeza, mas eu ainda devo o roteiro. Se eu permanecer dentro do cronograma, devo terminar AS CRÔNICAS DE GELO E FOGO até o final de 1998, mas não prenda a respiração. Esses livros têm três vezes o tamanho de romances comuns, até grandes romances como SONHO FEBRIL, e estou aprendendo da maneira mais difícil quanto tempo leva para escrever um.
Ed_Bryant_Mod : Talvez você seja um viciado em adrenalina, George. Sobre a série de fantasia: Por quê? (sendo franco). Esta não é fantasia como avô, com certeza. É difícil, mas romântico. O que o intrigou em embarcar em um projeto tão grande?
GeoRR : Pudera eu saber. Na verdade, comecei o livro no verão de 1991. Eu estava entre os projetos de Hollywood, então decidi começar um novo romance, ver até onde chegava. O romance que comecei era um livro de SF chamado AVALON, ambientado na mesma "história futura" de DYING OF THE LIGHT e de muitos de meus contos. Na verdade, eu escrevi três capítulos. Mas então um dia o capítulo inicial de A GAME OF THRONES me veio tão vividamente que eu tive que escrevê-lo. Não é o prólogo, lembre-se, mas os primeiros capítulos, onde Bran vê o homem decapitado e encontra os lobos gigantes na neve. A próxima coisa que eu sabia era que AVALON havia sido colocado em uma gaveta e a fantasia tomara conta de mim completamente. Eu sabia que estava perdido quando comecei a desenhar mapas. Porém, é claro, DOORWAYS foi selecionado e fui convocado de volta a Hollywood, mas o livro nunca esteve longe de meus pensamentos.
Ed_Bryant_Mod : Intrigante... voltando um pouco. Quando você era mais jovem, antes de começar a escrever, qual o papel da fantasia em sua vida? O que você leu? Você jogou jogos com dragão e lobo gigante? E onde o seu gosto nesse sentido se desenvolveu como leitor e escritor adulto?
GeoRR : Acho que estou tendo alguns problemas aqui. O sistema comeu minha resposta.
Visitante (Gdozois) : Ellen, Gardner Dozois aqui. Quando George e Ed voltarem, pergunte se ele tem planos de publicar Turtle Castle um dia desses.
ellendat : Gardner, sua pergunta está aqui para que todos vejam :) shhh.
GeoRR : Estou de volta, acho. Eu desloguei e voltei. Todo o sistema parou aqui e nenhum dos comandos parecia funcionar.
GeoRR : Deixe-me tentar essa resposta novamente. Quando criança, eu lia principalmente SF e quadrinhos... não =havia= nenhuma fantasia sendo publicada naquela época. Eu descobri JRR Tolkien no colégio, quando Ace publicou sem autorização o Senhor dos Anéis. Fiquei Maravilhado. Também li Robert E. Howard, provavelmente antes de Tolkien. Conan era divertido, mas a Terra Média era mágica e maravilhosa. O =lugar= era tão importante quanto o enredo ou os personagens, acredito. É assim em toda grande fantasia. Estou tentando tornar meu mundo, meus sete reinos, tão vividamente real quanto JRR fez com o dele.
GeoRR : Olá, Gargy. Ninguém liga para TURTLE CASTLE.
Visitante (Gdozois) : Eu imagino isso como uma obra-prima perdida que será descoberta após sua morte e o catapultará para a fama mundial.
Visitante (169.197.15.29) : E quanto a Burroughs e Wells?
GeoRR : Eu tentei um Edgar Rice Burroughs. Um dos livros "Moon", eu acho. Eu devia estar velho demais, porque odiei e nunca tentei outra até Melinda Snodgrass e eu sermos contratados para fazer o roteiro de A PRINCESA DE MARTE. Eu li HG Wells, é claro. A MÁQUINA DO TEMPO em particular foi == e é == um dos meus favoritos.
Ed_Bryant_mod : George, junto com a fantasia, você parece ter muitos interesses em escrever. Nos interstícios entre mega-fantasias e trabalhos de Hollywood, alguma esperança de mais SF ou horror? Há aqueles de nós que se lembram de SONHO FEBRIL e ARMAGEDDON RAG com carinho indisfarçável.
Visitante (169.197.15.29) : Acho que eu tinha 10 ou 12 anos quando peguei Burroughs. É o que me fez começar, eu acho.
GeoRR : Oh, definitivamente farei outras coisas eventualmente, se a fantasia terminar. Tenho anotações para duas sequências de SONHO FEBRIL, tenho duzentas páginas do romance de Jack, o Estripador, que comecei em 1985 e nunca consegui vender, e quero fazer um livro com um dos meus pilotos de televisão não filmados. Aquele lá é pura SF.
Visitante (Gdozois) : Aproveitando que você o está importunando, Ed. Eu gostaria que ele escrevesse algumas novas histórias de ficção científica. --Gardner
ellendat : Sim. Eu também.
GeoRR : Na verdade, Gargy, é por isso que eu estava ligando para você no outro dia. Eu tinha essa noção ... bem, é muito complicado falar disso aqui, e não devemos falar disso em público de qualquer maneira, mas é uma ideia que eu gostaria de explorar com você quando você tiver meia hora ou mais .
Ed_Bryant_mod : A menção da PRINCESA DE MARTE me obriga a perguntar... Além das cargas de dinheiro em carrinhos de mão, qual é o apelo em Hollywood ? Você viu sua história "Reis da Areia" se tornar o piloto da renascida A QUINTA DIMENSÃO - Melinda Snodgrass (a escritora) e os produtores / diretores / atores visualizaram sua história de uma maneira que você a reconheceria?
Visitante (Gdozois) : Você sabe como se apossar de mim, George. Qualquer hora. --Gardner
GeoRR : Além disso, há esta novela chamada "Shadow Twin" na qual um certo Sr. Dozois e eu estávamos colaborando. Ellen, quer comprar uma novela Dozois / Martin?
Visitante (Gdozois) : Talvez possamos mesclar SHADOW TWIN com TURTLE CASTLE. --Gardner
ellendat : Estou certamente interessada. Está terminada?
Visitante (169.197.15.29) : Escritor iniciante fica [mais] verde.
GeoRR : Hollywood ... bem, essa é uma resposta complicada. Você realmente precisa subdividir Hollywood em duas arenas separadas, TV e Cinema. Eu trabalhei em ambos. TV foi muito emocionante, estressante, mas gratificante. Trabalhei em alguns bons shows, escrevi roteiros dos quais me orgulhava, os vi filmados, subi de um humilde redator para um exaltado produtor supervisor e quase consegui meu próprio show. Eu odiava morar em Los Angeles, mas gostava muito de trabalhar na TV.
Filme, por outro lado, cheguei ao ódio. O escritor é rei na TV; no filme, o escritor é uma merda. Passei três ou quatro anos da minha vida fazendo roteiros, vários deles com Melinda, e não tenho um punhado de filme para mostrar. De fato, ninguém nunca viu os roteiros, exceto alguns executivos de desenvolvimento. Adoro ir ao cinema, mas se tiver sorte, nunca mais precisarei "desenvolver" um filme.
Ed_Bryant_mod : Com algo parecido com o seu próprio show ... DOORWAYS. Esse era um conceito adorável e sofisticado de SF com boa reflexão sobre transitar em um mundo paralelo. Que tipo de forças foram necessárias para matá-lo?
GeoRR : Nunca terminei, Ellen ... mas um dia desses. Primeiro, preciso digitalizá-lo e colocá-lo em um disco. As páginas que temos (um bocado bastante grande) foram realmente escritas em uma = máquina de escrever =. Lembra-se delas? Eu tive uma máquina de escrever elétrica, já Gardner...
Visitante (169.197.15.29) : Eu pensei que ele se transformou (sem a sua influência) em Sliders. (não é um show muito bom, por acaso) -- David Felts
GeoRR : O que matou DOORWAYS foi principalmente foi uma sincronia ruim. Em agosto de 1992, quando exibimos o piloto para a emissora pela primeira vez, a ABC estava salivando para encomendá-la e, de fato, encomendou seis scripts de backup, um número muito alto. Mas estávamos muito atrasados ​​para a temporada do outono de 1992, então tivemos que esperar até maio do próximo ano. Entre agosto e maio, os dois maiores campeões da rede, os executivos que haviam trabalhado no programa conosco, partiram para outros empregos. Seus sucessores nos consideravam algo que restava do antigo regime. Quando chegou a hora da crise, a ABC decidiu que eles queriam apenas um único novo programa de SF em sua programação e seguiram com LOIS & CLARK, que havia sido desenvolvido pelo regime seguinte. E para quem não sabe o que foi o DOORWAYS ... bem, foi SLIDERS. Só que bom.
Visitante (Gdozois) : George, vamos sair agora. Tenha uma boa entrevista e diga Olá para Parris por nós. Boa noite Ellen, Ed e os demais. --Gardner
Ed_Bryant_mod : Uma pergunta em outra área. WILD CARDS, aquela longa série de livros de Bantam e Baen sobre supercaras e supermocinhas, vivos e às vezes bem, em um mundo que eles realmente criaram - alguma chance de continuar de alguma forma? Ainda parece haver público.
GeoRR : Gostaria muito de continuar com WILD CARDS, mas agora há muitas outras coisas no meu cardápio. Além disso, não temos um editor. Em retrospecto, mudar para a Baen foi um grande erro. Eles nos pagaram mais dinheiro, mas não venderam os livros com a mesma eficácia que a Bantam e depois nos culparam pelas vendas fracas. Suspeito que os WILD CARDS retornarão eventualmente, de alguma forma, embora possa haver um hiato de alguns anos. Alguns dos escritores estão fazendo barulho sobre como fazer histórias independentes sobre seus personagens e vendê-los para as revistas. Se algum dia eu encontrar tempo, provavelmente eu mesmo farei algumas histórias de Tartaruga e Popinjay.
Ed_Bryant_mod : Falando em WILD CARDS, apenas no caso de um de nossos sistemas travar novamente, eu queria fazer uma pergunta que assombra a maioria de nós, escritores. À medida que os livros esgotam com grande velocidade, eles se tornam o desespero do leitor lento demais para pegá-los durante as oito horas em que estavam à venda... Você é um dos escritores ativistas que se esforçou para manter seus livros disponíveis com seus próprios esforços. Isso está funcionando? E como os leitores podem aproveitar o seu serviço nessa área?
GeoRR : Sim, eu realmente mantenho estoques de meus livros esgotados e sobressalentes, tanto de capa dura quanto de brochura. De WILD CARDS, tenho volumes 1,2,6,7,9 e 11. Também tenho livros de bolso britânicos de REIS DA AREIA e TUF VOYAGING, a adorável edição limitada numerada e assinada do ARAMGEDDON RAG com slipcase e as primeiras edições do SONHO FEBRIL, SANTUÁRIO DOS VENTOS E RETRATOS DE SEUS FILHOS. Qualquer pessoa que queira alguma dessas informações pode me enviar um e-mail para [[email protected]](mailto:[email protected]) ou [[email protected]](mailto:[email protected]). Os preços são muito razoáveis ​​e os autógrafos são gratuitos. Você não apenas receberá um livro lindo e assinado, como também ajudará a apoiar meu mania com soldados de brinquedo. Desde que comecei a fantasia, fiquei viciado em colecionar cavaleiros em miniatura.
Ed_Bryant_mod : Ótimo. Lembrarei às pessoas que livros assinados e personalizados são ótimos presentes de fim de ano. Voltando a WILD CARDS momentaneamente. Uma enorme quantidade de material foi publicada ao longo de alguns anos de trabalho duro e febril. O que você acha que foi o maior apelo?
GeoRR : Bem, tivemos alguns escritores muito bons e algumas histórias fantásticas, mas acho que foi mais do que isso. O que notei no WILD CARDS foi o intenso interesse que os leitores desenvolveram nos personagens. Eles não eram apenas fãs do Wild Cards, eram fãs do Turtle, ou do Tachyon, ou do Fortunato. Cada leitor tinha personagens que amava e outros que odiava com a mesma paixão, e eles queriam acompanhar suas vidas. Eu sustento que é a mesma coisa que faz as pessoas acompanharem novelas de TV.
Marilee : George, eu sempre leio todas as histórias em Asimov, até mesmo as fantasias, mas frequentemente não estou interessado em comprar um livro relacionado a uma história de fantasia. Eu li "Blood of the Dragon" na edição de julho e imediatamente encomendei A GUERRA DOS TRONOS (que está abrindo caminho ao topo da pilha de leitura). O que fez você decidir escrever uma fantasia agora?
GeoRR : Marilee, eu respondi sobre esse assunto, talvez antes de você entrar. Não sei se há como retroceder, mas ... resumidamente, o livro não me deu escolha. Eu estava trabalhando em um romance completamente diferente, mas A GUERRA DOS TRONOS acabou de me tomar. Estou feliz que você tenha gostado de "Blood of the Dragon". Eu estava trabalhando em um capítulo de Daenerys hoje, por incrível que pareça.
Estranhamente, acho que nunca poderia ter escrito A GUERRA DOS TRONOS, a menos que eu tivesse feito WILD CARDS primeiro. O grande elenco de personagens de GOT é muito diferente dos meus romances anteriores, que se concentram muito em um único protagonista (A MORTE DA LUZ, SANTUÁRIO DOS VENTOS, ARMAGEDDON RAG) ou no máximo dois (SONHO FEBRIL). WILD CARDS, por outro lado, é =repleta= de personagens, e editar esses livros, especialmente os romances-mosaico, me deu muita prática no malabarismo com vários pontos de vista. Estruturalmente, A GUERRA DOS TRONOS é um romance-mosaico de WILD CARDS, só que comigo escrevendo todas as partes.
Ed_Bryant_mod : George, agora que você é um veterano em Hollywood, você acha que algumas das mesmas forças estão começando a deformar a publicação impressa também? Os novos autores com romances não seriados estão perdidos? E a publicação na web? Sinta-se à vontade para abordar qualquer um desses...
GeoRR : Uma pergunta deprimente, e uma resposta ainda mais deprimente ... mas sim, devo dizer, acho que as publicações estão sendo Hollywoodizada e tenho muita empatia por novos escritores que tentam entrar no ramo. Acho que ainda é será possível fazer um bom trabalho, mas muito menos possível ganhar a vida com isso. Quem ganhará a vida com isso serão as pessoas trabalhando em franquias e atendendo a gostos já estabelecidos, como [Star] Trek e Star Wars. É uma imagem sombria para alguém que realmente quer ser escritor em tempo integral. Por outro lado, antes de 1970 havia pouquíssimos escritores de SF em tempo integral, então talvez estejamos voltando ao que havia na Era de Ouro.
Ed_Bryant_mod : Deprimente, de fato. E o admirável mundo novo da publicação on-line? Alguma área brilhante que você possa enxergar?
GeoRR : Ainda não estou convencido de que a publicação on-line possa funcionar. Quero dizer, não vejo como alguém faria dinheiro com isso. Além disso, devo admitir, adoro livros, a sensação deles, a aparência deles, a conveniência. Leio-os na banheira, na cama e sentado ao ar livre. Não posso fazer isso com um leitor on-line, e também não gosto de imprimir romances e ter que lutar com pilhas de papel pesadas.
Marilee : Li todas as novelas OMNI no meu HP200LX - um computador de bolso que é mais leve e menor que a maioria dos livros, e pode ser segurado como um. Eu os li em consultórios médicos, restaurantes ou em qualquer lugar que eu tivesse que esperar. Ainda assim, ele seria muito caro se fosse apenas para ler livros.
Visitante (206.113.120.25) : Quais são suas próximas aparições na Whimpy Zone? --Keith
GeoRR : Não há muitas viagens nos meus planos atuais. Eu fiz uma turnê de quinze cidades pelo A GUERRA DOS TRONOS em setembro e outubro, além de Worldcon, Archon e World Fantasy Con, então agora estou feliz por estar em casa. Estarei em Archon novamente em outubro próximo e, claro, na worldcon em San Antonio, e em fevereiro vou a Nova Orleans para o Mardi Gras. Além disso, eu não sei. Eu posso ir ao Neulas [Nebula] em Kansas City.
Marilee : O que você fará com os cavaleiros de brinquedo quando os adquirir? Eu tenho muitos spaceguys de Lego, mas eles geralmente ficam na prateleira e são reorganizados de vez em quando.
Ed_Bryant_mod : Hmm, George. Talvez você possa se tornar um fazedor de pacotes e iniciar linhas de romances que exploram o mundo dos ônibus espaciais e cavaleiros de brinquedos Lego. Publique-os como Ron Goulart costumava escrever quando estava na publicidade... na parte de trás dos pacotes...
Talvez uma ou duas perguntas finais à medida que o tempo diminui. Onde você se vê como escritor em dez ou vinte anos, George? Ainda fazendo o mesmo reconhecidamente amplo leque de ficção? Ou há novas fronteiras que você deseja encarar?
GeoRR : Quanto aos cavaleiros, sim, eu os coloco nas prateleiras, arrumo os dioramas, os reorganizo e compro vitrines cada vez maiores e mais caras. Porém, eu não lido com Lego. Tenho Britain, Pings, Timpos, Banners Forward, Arsenyevs, Hornungs, Tiffany Soldiers, Staddens, Wyvern Standards, Traditions e uma dúzia de outros fabricantes, e também compro as remodelagens baratas de plástico e as pinto. Essas não são miniaturas de jogos, entenda. Estes são do tamanho tradicional de soldado de brinquedo, de 54 a 70 mm. As miniaturas de jogos são de 15 ou 25 mm, pequenas em comparação. Minha grande fantasia é encontrar o veio-principal da Courtenays sendo vendido em um mercado de rua por três dólares cada. Sorriso.
Ed, para dizer a verdade, não sei ao certo o que vou escrever daqui a cinco anos, muito menos vinte. Livros, TV, contos... Eu gostaria de fazer de tudo, mas nunca há tempo suficiente. Especialmente porque tenho o vago desejo de tentar ter uma vida também. Na verdade, não me saí tão bem nessa última parte; às vezes, olho para trás sombriamente ao longo de todos os anos passados ​​sentados em frente aos vários tipos de teclado, escrevendo sobre paixão, aventuras e maravilhas, quando o que realmente quero é =vivenciar= alguma delas. Mas talvez essa seja a maldição de todos os escritores. A maioria das biografias de escritores é mortalmente monótona, exceto para outros escritores - páginas e páginas de "E então ele escreveu". Ah, ok.
O que eu desejo para você, George, é que talvez você possa dividir seu tempo entre o teclado e o mundo. Nunca é tarde demais para ter uma aventura genuína. Então, boa sorte. E não leve nenhum soldados de brinquedo de madeira. Muito obrigado por participar do Omni Visions Prime Time hoje à noite. E para o resto de vocês, obrigado por participar. Boa noite a todos.
Marilee : Obrigado por aparecer, George!
GeoRR : Feliz de ter vindo aqui. Ed, Ellen, obrigado por me convidar. Depois que resolvemos os problemas, foi divertido.
GeoRR : Boa noite, Pessoal.
ellendat : Boa noite, George, e obrigado por ter vindo.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.10.10 06:44 pinho07 Como escolher o amor da sua vida? Se é q existe o amor da sua vida...

Estou confuso quanto a começar uma vida amorosa, nunca namorei, mas posso começar em breve, só preciso me decidir. Sei q pode parecer estranho alguém tratar coisas do coração de modo tão racional, como se fosse natural controlar o momento de amar ou não. Considero o namoro um relacionamento muito sério q exige tempo, paciência, maturidade, respeito, etc. Tenho medo de causar sofrimento na outra pessoa por não saber amá-la suficiente ou então criar falsas expectativas ou então me frustar com o término desse relacionamento sendo preterido. No fundo, fico achando nunca ser bom o bastante para o outro, enfim... inúmeros medos bobos. Acredito q a união de dois seres é algo de extrema importância na nossa vida, não q seja imprescindível ou obrigatória para se ter uma vida melhor, mas dessa união podemos dividir o peso da vida e crescer em amor, alegria, paz e harmonia.
Outra coisa q meio q acredito, mas tbm não estou convicto se é verdade, é se temos de fato uma pessoa ideal para vivermos uma experiência afetiva. Alguns dizem alma gêmeas, tampa da panela, outra metade, etc, como se antes de nascermos já estivesse "escrito nas estrelas" q teremos uma pessoa q está em algum lugar do universo e no momento mais apropriado iremos nos encontrar e a mágica vai acontecer. Meio q acredito nisso pq pra mim é fato q acontece com muitas pessoas ao se ver "um certo alguém" ter sensações marcantes, aparentemente inexplicáveis, tendo o coração batendo mais forte. Uns dizem q é química, outros q é afinidade magnética, outros q são relações advindas de vidas passadas. O famoso "amor a primeira vista". Dentro dessa lógica imagino q pra ser uma união legítima deve haver reciprocidade, tenho q perceber ou sentir q o outro naturalmente tbm sente algo diferente por mim.
Mas tbm entendo q talvez toda essa história seja uma distorção romântica das relações humanas, afinal não temos como precisar ao certo todos os níveis do envolvimento emocional, existem heurísticas, vieses, circunstâncias q manipulam nossas sensações. Quantos casos existem de casais q juravam ser par perfeito e depois se desiludiram ou o contrário, pessoas q a princípio nunca se imaginaram juntas e depois passam a viver "felizes para sempre".
Diante disso, quando me sinto atraído por alguém interpreto q não necessariamente isso quer dizer ser preciso um envolvimento amoroso mais sério, busco controlar meus sentimentos e mesmo estando interessado procuro não demonstrar. Espero o tempo passar pra saber se realmente gosto da pessoa, busco conhecê-la melhor, quero ter a certeza de não ser "fogo de palha" ou uma paixonite de adolescente.
Diante de tudo isso, fico na dúvida: será q se começar a namorar com tal pessoa estarei namorando com a pessoa certa na minha vida? Ou será q tenho q esperar mais um pouco? Na escala de 1 a 10 da reação química ideal entre dois seres talvez essa pessoa q acho ser a pessoa certa está no nível 9, pode acontecer de na semana seguinte encontrar outra q está no nível 10 ou seria 9,9? Esse jogo do amor é perigoso, parece q funciona na tentativa e erro, não quero crer na maldosa frase "enquanto não encontro a pessoa certa, vou me divertindo com as erradas".
Estou num dilema, há mais de um ano tive um encontro fortuito com uma menina bem reservada da faculdade, trocamos olhares e conversas, e me senti muito impactado e atraído por ela. Juro q desde então nunca mais deixei de pensar nela, acho q em todos os dias. Peguei o contato dela, depois disso tivemos conversas esparsas pelo zap, temos muita afinidade de ideias e até chegamos a nos encontrar em alguns finais de eventos q curtimos em comum, mas como já era tarde da noite e o ambiente tumultuado só ficamos nos abraços e sorrisos. Na faculdade é difícil nos vermos e quando isso acontece é sempre corrido, estudamos de noite e os horários não batem pq somos de cursos diferentes. Eu tbm meio q fujo dela, ando pelos corredores evitando encontrá-la, pq não saberia como reagir. Não gosto de estender muito as conversas, pq perco um pouco do controle quando a vejo, fico pálido e me dá taquicardia, não gostaria de demonstrar às claras meus sentimentos. Na vdd, nem conheço ela direito, isso td pode ser fantasia da minha cabeça, devaneios pretensiosos, às vezes ela só me trata como um amigo distante, apesar de já ter me surpreendido com uma demonstrações de carinho fora da faculdade por meio de um bilhetinho escrito a mão q ela pediu q outra pessoa me entregasse. Somos de bairros distantes dentro da mesma cidade e eu presumo ela não quer compromisso nesse atual momento de sua vida. Por enquanto não revelo meu amor carnal, fico no platônico enquanto os medos bobos não vão embora.
Pra apimentar a história, surge um outro alguém, uma amiga de longa data q sempre achei delicada, bonita e singela, mas como ela era alguns anos mais velha q eu, acho q 2 anos, não me imaginei namorar com ela. Ela hj está mais madura e bem mais próxima de mim. Quando nos encontramos percebo o acanhamento dela, mas nas msgs suas carinhas de emojis são sempre afetuosas comigo. No pouco q ficamos juntos ela já me contou da sua vida pessoal, do seu ex-namorado, dos seus planos e incertezas. Ela é bem mais aberta comigo do q a outra, isso tbm se deve pq já nos conhecemos a mais tempo. Meu coração tbm diz q talvez podemos namorar, mas não tive aquele amor a primeira vista como foi com a outra. Sou sempre cordial e amigo com elas, evito entrar em assunto mais voltado quanto aos meus sentimentos por elas. Só q nesse último mês estou sendo impelido a me manifestar.
Aff... pq eu não me resolvo quanto a isso?
submitted by pinho07 to desabafos [link] [comments]


2019.08.05 14:31 mrcspiter Gta 6 5/08

Queria poder falar como. Conseguiu as informações, não posso, mas guardem isso verão a verdade em breve
O quê sei? Foram selecionados 89 pessoas aqui de um estúdio brasileiro para dublagem.
Historia sera contada em 4 cidades diferentes. Miami. 2 cidades da Bolívia. Uma cidade brasileira, talvez seja o rio de janeiro.
Historia sobre trafico de cocaína e vingança.
Teremos a possibilidade de ser os mocinhos ou os vilões ou os 2.
Jogo tem data pra lançamento para 2021 quando exatamente não sei. Jogo terá 8 personagens jogáveis 2 deles sendo brasileiros e 4 deles serão mulheres. você não podera jogar com todos os personagem 3 deles apenas por jogo, algumas decisões irão coordenar isso, o jogo trará alem de inúmeros finais diferentes quase infinitas possibilidades do enrredo se desenvolver O propósito do jogo e trazer uma experiência onde cada pessoa individual tenha uma experiência diferente com o jogo, e ao jogar novamente tenha outra experiência totalmente diferente, como se você podesse se envolver ns própria história.
A história irá desenrolar por 12 anos e o avanço quase não é perceptível, teremos várias alterações no cenário. Eu fiquei tipo nossa!! Não teremos Agostinho Carrara" talvez alguem muito parecido (haha) O motor do jogo é algo totalmente novo física nos carros, pedestres e cenários algo muito surreal e pôr isso o jogo e exclusividade da próxima geração.
Wow o jogo terá tantos pedestres variados quê ate foi feito uma aposta interna para quem vai ser o primeiro a encontrar 2 deles idênticos em 10 minutos.
submitted by mrcspiter to jogatina [link] [comments]


2019.08.04 02:52 altovaliriano Os primeiros dias do fandom de ASOIAF e Game of Thrones

Link: https://bit.ly/2KtExQJ
Autora: Alyssa Bereznak
Título original: The Last Popular TV Show (How game of Thrones became the last piece of monoculture)

Padraig Butler não se lembra exatamente quando se tornou Deus-Imperador da Brotherhood Without Banners. Nos últimos 18 anos, o gerente demeteorologia aeronáutica de 43 anos fez uma peregrinação anual à Worldcon, a convenção de ficção científica e fantasia, para celebrar o trabalho de George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo. E foi quase 18 anos atrás, quando ele viajou pela primeira vez de sua cidade natal, Dublin, na Irlanda, para a Filadélfia, que começou a jornada até Imperador-Deus.
Segundo a história, a recém-criada organização - batizada em homenagem a um grupo fora da lei na série de livros - organizou uma festa em homenagem a Martin. Depois de uma noite de bebedeira, um fã bem satisfeito, conhecido em fóruns online como Aghrivaine (e cujo nome real é David Krieger), presenteou o autor com uma espada e pediu para ser armado cavaleiro. O autor concordou sob uma condição: que Krieger e os outros foliões se juntassem a ele em uma "missão" às 1 da manhã ao Pat’s King of Steaks. Naquela noite, depois que cerca de 20 membros da BWB encheram seus estômagos com a comida local, eles foram apelidados de Cavaleiros do Cheesesteak.
Nos primeiros anos do clube de fãs do livro, quando o tamanho dos encontros da Brotherhood Without Banners ainda era administrável, esses títulos voltados para a comida se tornaram um símbolo de honra. (Os Cavaleiros da Poutine, os Cavaleiros do Deep Dish, os Cavaleiros do Haggis e, lamentavelmente, os Cavaleiros da Lixeira). Por decreto de Martin, foram acrescentadas outras honras para reconhecer a participação. Um membro que tivesse participado de pelo menos três grandes encontros da BWB seria apelidado de lorde. Depois das cinco, um príncipe. E depois de sete, rei. Butler já esteve em 16 Worldcons e cerca de 100 outras convenções relacionadas a Thrones e confraternizações pertinentes, protegendo seu reino há muito tempo por meio de seu título de cavaleiro do Cheesesteak. "Eventualmente perguntaram a George, de que chamaremos Padraig agora?" Butler lembra. "Ele disse: ‘É isso. Ele é um rei. Ele vai ficar rei até que alguém o remova do trono’”. Butler não tem planos de parar. "Agora as pessoas apenas dizem: 'Você é o Imperador-Deus'".
Butler visitou um total de 12 países e quatro continentes para se encontrar com seus companheiros de estandarte, construindo uma rede social internacional digna de um líder mundial consagrado. E graças a uma junção de tecnologia e entretenimento, a série de livros indie pela qual ele se apaixonou nos anos 90 se tornou uma espécie de passaporte cultural, tanto uma razão para ver o mundo quanto uma maneira de se conectar com as pessoas que o compõem.
Ao longo dos anos, ele também assistiu com admiração quando Game of Thrones explodiu e se tornou uma peça onipresente da cultura pop diante de seus olhos. Um dia, ele embarcou em um trem e viu vários passageiros lendo os livros de Martin. Então ele olhou para cima para ver outdoors gigantes anunciando a data de estréia da adaptação da HBO. Eventualmente, seus colegas no aeroporto começaram a discutir o programa como uma fonte de turismo. (Uma atração de 110.000 pés quadrados chamada Game of Thrones Studio Tour será aberta na Irlanda na primavera de 2020.) Depois de quase 20 anos celebrando a série, e vendo-a se transformar em best-seller, programa de televisão, universo estendido e a potência da propaganda, ele ainda acha difícil processar o alcance da franquia. "É tipo: Nossa, isso está em toda parte agora."
[...]
Em 1997, Linda Antonsson estava dando uma olha sua livraria local em Gotemburgo, na Suécia, quando se deparou com uma versão em brochura de A Guerra dos Tronos, de George R.R. Martin. Era o primeiro item no que o autor previa ser uma trilogia intitulada As Crônicas de Gelo e Fogo, e contava a história de várias grandes casas disputando o poder nos continentes fictícios de Westeros e Essos, contada a partir da perspectiva de um punhado de personagens interessantes. O livro tinha sido lançado no ano anterior sem muito alarde. "Realmente não fez sucesso quando saira em capa dura", lembra Antonsson. Mas quando ela começou a ler, foi fisgada.
Ninguém mais que ela conhecia havia lido o livro, então ela se voltou à internet em busca de outros fãs de Martin - o que era uma experiência relativamente nova nos anos 90. "Eu lia muita fantasia, mas nunca tive ninguém com quem conversar sobre fantasia", ela me disse. "Eu tinha todas essas coisas que queria discutir e ninguém para conversar." Os cidadãos suecos não conseguiram adquirir suas próprias conexões dial-up até 1995; antes disso, Antonsson ocasionalmente fazia o acesso no centro de informática de sua universidade, onde estudava arqueologia clássica. Quando ela finalmente conseguiu sua própria conexão à Internet, ela navegou de bulletin board em bulletin board, debatendo desde a trilogia O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien à série de livros A Roda do Tempo, de Robert Jordan. “Era um mundo incrível para se entrar, para poder encontrar todas essas pessoas que compartilhavam seu interesse sobre essas coisas que pareciam bem obscuras.”
Através desses primordiais fóruns da internet, Antonsson também descobriu o ElendorMUSH, um RPG multijogador baseado em texto que simulava o ambiente da Terra Média descrito nos romances de Tolkien. (O termo MUSH significa “alucinação compartilhada por vários usuários” [multi-user shared hallucination]. Isso foi antes de World of Warcraft, quando os computadores não tinham placas gráficas poderosas e os jogadores tinham que usar sua imaginação). Foi lá, na “cultura” que Antonsson havia se juntado, que ela conheceu Elio García. Na época, García estudava literatura inglesa e história medieval na Universidade de Miami. E os dois passaram os últimos anos analisando os detalhes mais sutis da Terra Média em árvores de discussão da Usenet, as precursoras dos fóruns on-line. Depois de terminar A Guerra dos Tronos, Antonsson convenceu o cético García a lê-lo também.
Logo eles estavam navegando juntos. Em 1998, a internet estava sendo amplamente usada como um utilitário de busca de informações em vez de uma rede social. Mas com a ajuda de algumas pesquisas no AltaVista, os dois encontraram tantos fóruns de fãs de A Guerra dos Tronos quanto puderam. Entre seus resultados estava Dragonstone, que García lembra ter sido executado via uma conexão de internet instável na Austrália; Harrenhal, que foi construído sobre a plataforma de serviços web Angelfire da Lycos (quee de alguma forma ainda existe hoje); e um fórum chamado Canção de Gelo e Fogo, dirigido por um usuário chamado “Revanshe.” Isso foi na época em que o mundo do entretenimento estava começando a entender o poder de marketing de mitos na internet. E, ao fuçar os fóruns de fãs dedicados à série Wheel of Time, Antonsson havia testemunhado em primeira mão como pistas e pontos da trama não resolvidos motivavam conversas. Ela viu o mesmo fervor se desdobrando com ASOIAF.
"Algumas das maiores e mais intensas discussões sempre foram sobre mistérios", disse Antonsson. "O primeiro tópico que eu lembro de ter lido no fórum de Pedra do Dragão foi a discussão sobre a paternidade de Jon e as poucas pistas que existiam depois do primeiro livro."
O fórum ASOIAF de Revanshe acabou se tornando grande em 1998, acumulando o que García estimava em cerca de 1.000 usuários regulares. Quando chegou a hora de Revanshe ir para a faculdade de medicina, ela passou o site para García, que já havia se tornado um moderador.
Enquanto isso, García e Antonsson estavam planejando começar seu próprio jogo MUSH em Westeros. Para garantir uma representação fiel, eles colocaram sua formação acadêmica em prática e tornaram-se geologistas, botânicos, zoólogos, antropólogos e historiadores autônomos de Westeros, registrando todos os fragmentos de dados que poderiam extrair de de Guerra dos Tronos em um documento do Microsoft Word chamado “The Concordance”. Eles compartilharam o banco de dados no fórum ASOIAF, pavimentando o caminho para a fundação da enciclopédia on-line feita por fãs, que hoje é conhecida como A Wiki of Ice and Fire. A wiki, que seria desenvolvido alguns anos depois, é composto de 23.081 páginas de conteúdo e passou por 236.642 edições desde o seu lançamento. Também inspirou a fundação de 11 sites irmãos em idiomas estrangeiros.
Observando os fóruns de fãs da Roda do Tempo, eles também estavam cientes de que a correspondência com os autores era freqüentemente perdida em tópicos separados. Então foi nessa época que eles começaram a registrar as entrevistas de Martin, e-mails, respostas em fóruns e postagens em blogs pessoais. (Naquele ano eles fizeram seu primeiro momento de contato com o autor, para pedir permissão para fazer o jogo MUSH. Meses depois, ele concordou, e os dois ainda tocam o A Song of Ice and Fire MUSH como um projeto paralelo).
O crescimento constante dos seguidores on-line de Martin - emparelhado com seu envolvimento na cena de ficção científica e fantasia desde os anos 1970 - gerou uma quantidade razoável de novidades para o segundo fascículo da série de Martin, A Fúria dos Reis. "Martin não pode rivalizar com Tolkien ou Robert Jordan, mas ele se qualifica com perfeitos medievalistas de fantasia como Poul Anderson e Gordon Dickson", escreveu um Publisher's Weekly cautelosamente otimista. À época, Peter Jackson estava se preparando para filmar a trilogia de filmes de O Senhor dos Anéis, e produtores e cineastas que viam potencial no gênero de fantasia começaram a sondar Martin pelos direitos de sua história. (Ele hesitou, convencido de que sua história nunca poderia ser esmagada no formato de filme).
Foi quando a coisa entre García e Antonsson ficou séria em mais de uma maneira. Por dividirem o gosto por Tolkien, Jordan e Martin, um romance floresceu e, alguns meses depois de Fúria ser lançado, García se mudou para a Suécia. Todos com quem eles conversaram sobre a série estavam apaixonados por ela. “Nós tínhamos alguns proselitistas que falavam em arremessar os livros em amigos, familiares, colegas de trabalho, etc.”, disse García por e-mail. “E foi tudo muito orgânico. A Random House não passava seu tempo vasculhando maneiras de nos vender ou fazendo com que trabalhássemos para eles, os fãs só fizeram isso porque gostavam”.Encorajados pelo fato de o livro inicial não ter sido o único, eles lançaram o site Westeros.org, reunindo os fóruns que herdaram, os dados de “The Concordance” e seus registros dos declarações públicos de Martin. Começou como um projeto paralelo executado em um servidor miudo em casa, enquanto continuavam a perseguir seus respectivos objetivos acadêmicos. Mas, eventualmente, se tornaria a principal fonte de análise e informação sobre o universo, seu autor e tudo mais.
Enquanto isso, a série de Martin continuou atraindo mais leitores e tornando-se mais difícil de lidar. O manuscrito de seu terceiro livro, A Tormenta de Espadas, tinha 1.521 páginas, e alguns editores não conseguiram manter tudo em um volume. Mas seu apoio entre a comunidade on-line da fantasia ficou mais forte do que nunca, e a Publisher’s Weekly chamou esse fascículo de “um dos exemplos mais gratificantes de gigantismo na fantasia contemporânea”. Quando foi lançado em 2000, estreou em 12º lugar na lista de best-sellers do New York Times.
No momento em que Martin lançou O Festim dos Corvos em 2005, ele garantiu seu lugar como o proeminente escritor de fantasia da década. O livro chegou ao topo da lista de best-sellers do New York Times e a Time o apelidou de "o Tolkien americano". Mas ele também se deparou com os mesmos problemas com Festim que com Tormenta. Sua solução foi dividir Festim em dois e contar a história de apenas metade dos personagens, em vez de metade da história de todos os personagens. Ele explicou tudo no post scriptum do quarto livro, logo após um final instigante. "Olhando para trás, eu deveria ter antevisto", escreveu Martin em seu site pessoal em 2005. "A história faz suas próprias demandas, como Tolkien disse uma vez, e minha história continuou pedindo para ficar maior e mais complicada."
O que pode ter sido uma limitação editorial frustrante para Martin foi uma fonte quase enlouquecedora de suspense para sua crescente base de fãs. Depois de esperar cinco anos entre o terceiro e o quarto livro, os leitores ainda ficaram imaginando o destino de favoritos como Jon Snow, Tyrion Lannister e Daenerys Targaryen. O próximo fascículo seria lançado em 2011, seis agonizantes anos depois. E foi durante esses períodos de silêncio, quando os fãs não tinham material novo com o qual se ocupar, que eles começaram a se concentrar em criar os seus próprios. "Não tenho certeza se a popularidade que antecede os livros poderia ter acontecido se os livros tivessem saído muito rapidamente", disse Antonsson. “Ter tempo entre uma série de livros é o que alimenta a discussão nas comunidades. Dura mais”.
O acesso digital e as plataformas sociais estavam evoluindo para apoiar esses tipos de obsessões. Entre 1995 e 2005, o uso global da Internet aumentou de 44,4 milhões de usuários para 1,026 bilhão. Plataformas simples para blogs, como LiveJournal, WordPress e Xanga, tornaram mais fácil para as pessoas iniciarem blogs pessoais e compartilharem suas ideias sobre qualquer coisa, independentemente de quão arbitrárias ou específicas. E as primeiríssimas redes sociais da web, incluindo o MySpace e o Facebook, estavam na infância, assim como o conceito de podcasting.
Enquanto Martin continuava atualizando sua base de fãs através de um LiveJournal chamado Not a Blog, seus fãs adoradores lidavam com sua impaciência de formas cada vez mais criativas. A maioria preferiu vasculhar os fóruns de Westeros.org ou Tower of the Hand, onde puderam analisar todas as teorias possíveis em torno de cada enredo e propor suas próprias. Uma facção de leitores impacientes se separou para formar uma comunidade ressentida conhecida como GRRuMblers. O fundador do site Winter Is Coming, Phil Bicking se agarrou a um anúncio de 2007 de que a HBO adquirira os direitos da série As Crônicas de Gelo e Fogo, e redirecionou sua energia para um site do Blogger que registrava o elenco, as filmagens e a produção da série. Mesmo antes de o piloto ter sido filmado, os fãs no site de Bicking começaram a tratar os anúncios do elenco como mistérios não resolvidos. Como um colunista de fofoca, Martin iria postar dicas sobre quem foi escalado para determinado papel em seu blog, para alimentar a chama. "Então a base de fãs passaria dias debruçado sobre aquilo, tentando desvendar o teste", disse Bicking. “Nós descobrimos todos eles. Fiquei chocado que as pessoas foram capazes de descobrir até mesmo Isaac Hempstead Wright, que interpreta Bran, e estava em um comercial antes disso”. Bicking se lembra de ter começado dois tópicos separados para discutir rumores e vê-lo ser encher com quase 1.000 comentários cada um. “Então, eu fiquei tipo: 'OK, eu tenho aqui uma comunidade dedica e de bom”, disse ele. A grande imprensa estava tomando conhecimento". Algum programa de TV recente gerou mais entusiasmo on-line, sendo que nem mesmo é um programa de TV?", perguntou o The Hollywood Reporter em 2010.
Quando a HBO estreou Game of Thrones em 2011, Martin já era famoso. Ele havia vendido mais de 15 milhões de livros em todo o mundo, fora retratado pelo The New Yorker e poderia levar sua legião de adoradores e haters ao frenesi com uma simples foto de férias postada em seu LiveJournal. Tudo isso significava que, quando o programa estreou em 17 de abril, ele se saiu bastante bem segundo os padrões de televisão. Cerca de 2,22 milhões de pessoas assistiram à estreia, o que foi menos do que o número de espectadores conquistados por Storage Wars da A&E e por The Killing da AMC, e mais do que Khloe & Lamar do E!.
Ainda assim, a crítica o recebeu de forma foi irregular. Embora muitos analistas tenham elogiado a capacidade da HBO de estabelecer um palco exuberante e cativante para a história complexa e abrangente de Martin, outros a consideraram um sinal de declínio da rede. Slate o chamou de “lixo de fantasia semi-medieval e repleto de dragões”. O New York Times o descreveu como “drama em traje de época com pingue-pongue sexual”. Em uma fala indicativa de uma conversa muito maior sobre a legitimidade da cultura nerd e sua perceptível falta de inclusão de gênero, a crítica Ginia Bellafante detonou o show por glorificar “a ficção infantil paternalmente acabou atingindo a outra metade da população”, e concluiu que “se você não é avesso à estética de Dungeons & Dragons, a série pode valer a pena”.
Enquanto isso, os servidores da Westeros.org estavam caindo. A agitação que antecedeu a estreia do programa deixou García e Antonsson com cerca de 17.000 membros registrados no Westeros.org. Mas o casal estava totalmente despreparado para a onda de interesse que se seguiu à estréia da série. Na noite em que foi ao ar, o site foi torpedeado pelas buscas do Google, e os dois cuidavam de seu único servidor como um recém-nascido com cólica. Para desviar o fluxo de tráfego, García ajustou o site para que apenas os membros registrados pudessem ver as postagens. "Eu imaginei que isso impediria as pessoas de entrarem", disse ele. No dia seguinte, ele acordou com 9.000 novas solicitações de conta. García passou horas aprovando manualmente os recém-chegados. A espera entre o terceiro e o quarto romance estimulou um aumento lento e constante de fãs, talvez um ou dois mil membros por ano entrando no fórum. Mas com a chegada do programa de TV, eles poderiam acumular vários milhares em um único dia. "Foi impressionante", disse García. “Os membros do nosso fórum chamaram a onda de novas pessoas de 'The Floob' - uma enxurrada de noobs.” Foi nessa época que García e Antonsson abandonaram suas atividades acadêmicas para se concentrarem no site em tempo integral.
Embora o casal tenha perdido alguns dos dados do número de visitantes dos primeiros dias, Antonsson lembra-se de ter assistido a vazão e o refluxo do tráfego em A Wiki of Ice and Fire quando os recém-chegados reagiram aos principais pontos da trama da primeira temporada. Esses picos foram particularmente pronunciados no episódio 9, quando o herói do programa, Ned Stark, foi executado inesperadamente. “Logo após o episódio terminar, todo mundo foi até a página de Ned Stark para checar: Ele está bem? Né?” - lembrou Antonsson. (Ele não estava.) O final da temporada do show foi assistido ao vivo por cerca de 3,04 milhões de lares - cerca de 820 mil a mais do que a estréia. A primeira temporada mais tarde viria a ser indicada para 13 Emmys e ganharia dois, para Melhor Design de Abertura e para a performance de Peter Dinklage como Tyrion na categoria Melhor Ator Coadjuvante em série dramática. Ao matar o herói de Westeros antes mesmo que a temporada terminasse, Benioff e Weiss chocaram seus espectadores menos maduros, agradaram os superfãs dos livros e plantaram uma semente de curiosidade que sustentaria a série ao longo dos próximos oito anos.
O que García e Antonsson testemunharam em seu site naqueles primeiros dias se assemelhava à conversa em duas frentes de Game of Thrones que logo surgiria na mídia e na internet como um todo. Depois de cada novo episódio televisivo, aqueles que não leram os livros (agora presumivelmente na casa dos milhões, tendo em conta a audiência do programa) correm para a Internet em busca de contexto, enquanto os leitores de livros (também uma base crescente) riem de diversão e depois analisam as diferenças entre o show e o cânone. Essa “camada paralela” de conversação, como a T Magazine do New York Times a chamou, pode ao mesmo tempo fornecer aos recém-chegados uma melhor compreensão do universo de Westeros e permitir que os veteranos testassem seu conhecimento detalhado do cânone em contraste com o show.
[...]
E há o Deus Imperador Butler. Embora o programa esteja chegando ao fim e não esteja claro se ou quando os livros remanescentes de Martin serão publicados, a comunidade que ele aprecia sobre Thrones continua viva. Em agosto, muito depois do final da série, ele participará de sua 17ª reunião da Brotherhood Without Banners na Worldcon em Dublin. "Seria meio triste não ir", disse ele.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.07.24 15:36 Luizbep Showcase da Comunidade e Perguntas e Respostas - PSA

Showcase da Comunidade e Perguntas e Respostas - PSA
Olá pessoal, feliz quarta-feira mais uma vez!

Espero que todo mundo esteja tendo um bom verão e que você esteja evitando o calor. Estamos aqui novamente com outra vitrine e perguntas e respostas. Desde que você foi roubado de uma Q & A adequada última vez, eu adicionei mais um par neste. Felizmente, sempre há pessoas que têm algo a dizer. Antes de tudo isso, um pequeno anúncio.
Nós mudamos os tempos de reinicio do servidor. Assim, o servidor é reiniciado todos os dias às 04:00 (4:00) e 16:00 (4 PM) do horário do servidor local.

Nós também estamos tentando uma coisa nova. A fim de manter o fluxo de comunicação com a nossa comunidade, implementamos um novo tópico chamado "Developers Daily Diary & EA Roadmap" (Diário de Desenvolvedores Diário & Roadmap do Acesso Antecipado). Nele, vamos escrever situações atualizadas sobre o progresso atual, então confira!

Link para o post (em inglês)

Então vamos para o showcase:
https://preview.redd.it/xmjqcki589c31.png?width=3281&format=png&auto=webp&s=077bb0ceb78b611cb9af6a968a7fda125bc25bd5
Os 3 porquinhos poderiam ter derrotado o lobo, mas ainda enfrentam a fera mais perigosa: o homem.

Não há jantar de frango aqui.

Nós também temos montanhas que você pode ver e escalar.

\"Ei dev porque os meu fps está caindo?\"

\"Você acabou de olhar para a minha namorada, né?\"

Um certo rapper aprova essa imagem.

Cuidado com o mago.

De tirar o fôlego.

Defina os controles para o coração do sol.

Cuidado com o companheiro dos cães radioativos (e isso não significa que estamos adicionando cães radioativos).
https://preview.redd.it/4kqoxmtuw8c31.png?width=3281&format=png&auto=webp&s=882f831c8241550cdfad197df6cba00281d9e165
Certo, vamos para as perguntas e respostas:

1) Que tal adicionar uma bússola na tela como um item de loot? Ficar virando para trás e para frente no mapa fica chato depois de um tempo.
R.: Está planejado em algum lugar abaixo da linha.

2) Toda vez que vocês wipam eu espero que a temporada de monções acabou.
Ainda chove todos os dias.
R.: Mas isso faz as árvores crescerem mais rápido.

3) Porque é sempre dia e ensolarado? Eu quero névoa e noite... por favor. Ou isso é um problema do modo solo? Eu não sei, você pode me dizer?
R.: Este é um problema no modo solo. Parece não salvar o tempo do cliente local para que ele seja redefinido toda vez que você fizer o login. Estamos trabalhando na correção.

4) Olá devs, vocês podem explicar o que aconteceu com a habilidade de cozinhar que agora não está sendo usada? Por esta razão, sua nova churrasqueira improvisada não faz sentido, porque você não pode deitar os espetos com carnes nela e assa-los. Além disso, todos os passos estão faltando. Como bife de boi e de porco assado, os quais eu via com frequência nos primeiros dias do jogo. Todos vocês fizeram um ótimo trabalho nos últimos 11 meses, desde o lançamento do jogo.
R.: A cozinha ficou mais elaborada e ainda estamos trabalhando para melhorar ainda mais. A churrasqueira está aqui para carne crua, não espetos. Além disso, tenha cuidado na churrasqueira. Você precisa encontrar e ajustar o calor perfeito para que sua carne não queime. Se a durabilidade começar a cair rapidamente, significa que está queimando.

5) Se eu não executar servidores e perder algumas dezenas de horas do meu tempo neste jogo, não as verei aqui, porque limpar os jogadores do servidor quando eles gastaram algumas dezenas de horas para construir uma base, coletar equipamentos e desenvolver habilidades de personagem, quem iria querer começar de zero a cada vez. Isto está doente e se eu não restaurar o servidor com o meu progresso até agora, então eu vou deletar esse jogo de uma vez por todas e não vou recomendá-lo a ninguém. Eles tratam os jogadores como lixo, removendo todas as suas conquistas no jogo.
R.: Paus e pedras...
Brincadeiras à parte, nós tendemos a evitar wipes o máximo que podemos, mas às vezes eles são necessários. Você deveria ver o rosto de Leva quando ele percebeu que seria necessário fazer uma limpeza e ele perderia todo o seu progresso. Eu vou te dizer o servidor que ele está por 5 dólares no meu paypal.

6) Eu entendo a necessidade de wipe depois de uma atualização como essa, mas sendo honesto... é por isso que os jogadores saem. Digo, é muito frequente. Toda vez que dou uma nova chance para esse jogo e gasto muito tempo looteando e construindo, vem um wipe justo quando tenho algumas coisas úteis. Suas atualizações são pequenas e insignificantes no momento, apenas esperem até vocês adicionarem algumas coisas úteis e excitantes para os jogadores... Uma vez por mês, as vezes nem tão frequente assim. Uma vez a cada dois meses. A atualização seria maior e mais fácil de aceita-la, quando perdemos tudo que temos. Eu não sei, foi só um pensamento. Estou indo para o modo solo agora. Não posso mais jogar com meus amigos assim. Todos eles desinstalaram o jogo agora...
R.: Quanto ao limpe mesmo que acima. Nós os evitamos o máximo possível. Mas se você se sentir esgotado, é compreensível. Ei, se fazer uma pausa significa que você pode aproveitar o jogo ainda mais quando formos jogar mais, faça isso. Quanto aos tempos de atualização eu respondi isso antes. As coisas não são assim tão simples. Você pode não ser afetado por certos problemas, mas alguns jogadores são, e todo mundo merece jogar certo? Além disso, se tivermos algo que consideramos pronto para lançamento, por que não lançá-lo e ver se ou quais problemas ele causa com o restante na criação ao vivo. É uma prática melhor do que liberar um monte de coisas de uma só vez e então tudo está uma bagunça.

7) SCUM fez muito progresso recentemente. Ótimo trabalho! Agora, o problema principal é que para os jogadores, não há pressão para sobreviver. Nós temos comida e um local seguro, todos têm pelo menos algumas armas para carregar consigo. Talvez possamos ter algum tipo de NPC hostil ou uma horda de zumbis ambulantes, e deixem os zumbis destruírem portas e janelas, isso forçará os jogadores a lutarem pela própria vida. Então o jogo ficará mais vivo.
R.: Boas notícias nesse assunto. NPCs e missões estão todos planejados para aparecer. Bem como outros saldos de loot.

8) Confirmado, agora esse jogo é o PUBG com "tatons".
R.: O que diabos são "tattons"?.

9) No modo solo, o personagem antigo ainda funciona. Espero que nada tenha sido esquecido aqui?
R.: Wipes geralmente não tocam em arquivos salvos de um jogador, a menos que algo dê terrivelmente errado, mas esse é outro assunto.

10) Legal, depois da atualização "SCUM não pode carregar seu perfil. Por favor, verifique se a Steam está aberta e tente novamente". Alguém pode ajudar?
R.: Como sempre, verifique seus arquivos da Steam primeiro. Se isso não funcionar, tente ir para: C:\Users\\nome de usuário*\AppData\Local\SCUM e exclua a pasta de dados salva. Isso geralmente corrige a situação, mas infelizmente você perderá seu progresso do modo solo. O multijogador é seguro, pois é armazenado no servidor.*

11) E por "água" ele quer dizer xixi.
R.: Eu defendo o quinto.

12) Agora, uma pergunta para os devs. A opção de limpar roupas e panos sujos está na mesa para futura adição? Temos água, sabão, limpar a droga das roupas dos puppets e coloca-las para secar perto da fogueira enquanto bebo vodka e toco alguma música na área de baia.
Continuem com o bom trabalho.
R.: Eu censurei esta resposta um pouco, se você estiver interessado, o original ainda está lá para que você possa consultá-lo. A pergunta é boa, então aqui vamos nós: Sim, essa função sempre foi planejada.

13) Vocês realmente precisam adicionar "hambúrgueres bepis" senão, desinstalo.
R.: Escolha difícil.

14) Aqui vamos nós, nenhuma atualização, apenas correções.
R.: Alguém não leu o FAQ.

https://preview.redd.it/fhfx2hl979c31.png?width=3281&format=png&auto=webp&s=2d822ee0764da4b483be37f534123b118790ecf4
Isso é de nós por agora. Fique seguro lá fora. Sua bebida favorita, Bedämeister. _______________ ****Tradução sob revisão****
submitted by Luizbep to scumbrasil [link] [comments]


2019.07.23 03:50 triunfei_ Como poupar na Disney

As férias no Walt Disney World são uma das melhores experiências mágicas de fuga que você pode planejar. Também é muito caro se você não planeja com cuidado. Planejamento insuficiente e excessivo também é um perigo para a sua capacidade de aproveitar o tempo que você trabalhou tanto. A pressão para tirar o máximo proveito de sua viagem é quase inevitável, mas com algumas estratégias simples e dicas para economizar dinheiro, você pode ter um tempo livre de estresse.
Economize dinheiro, respire com facilidade.
Viagem e Acomodação:
Nunca é cedo demais para começar a planejar as férias que você já sabe que vai levar. Verifique a passagem aérea no horário em que deseja viajar e veja se consegue encontrar datas com tarifas especialmente baixas, por exemplo. Metade da semana, ao contrário de um sábado ou domingo. Pesquisando em um site de reserva de desconto, como Travelocity ou Bookit.com é excelente, mas não se limite a apenas um. Tome seu tempo não se apresse, nós nos apaixonamos por três hotéis antes de encontrar um grande desconto em um deles. Não deixe de ler as opiniões dos clientes sempre que puder.
Além disso, saiba quanto você quer que suas férias custem. Gastar dinheiro com um orçamento é muito mais despreocupante do que administrar despesas rapidamente. Espere pagar muito pelo alojamento, alimentação, transporte, etc. Não se esqueça dos táxis, eles são caros e é melhor planejar usá-los uma ou duas vezes.
Reservar um hotel com um voo é geralmente uma poupança de dinheiro. Enquanto nós recomendamos ficar em um dos muitos hotéis temáticos da Disney, existem alguns bons hotéis que não são da Disney, apenas fora Lake Buena Vista, que irá poupar dinheiro. Os hotéis da Disney World contam com ônibus para transportar os hóspedes pela vasta extensão de terra. hotéis externos oferecem serviço de transporte gratuito é muito confiável e alguns são apenas uma curta caminhada do Downtown Disney, um lugar livre com atmosfera Disney e uma ampla gama de opções de refeições. Se você está olhando para um dos hotéis de baixo custo da Disney, uma oferta especial em um estabelecimento diferente da Disney pode ser uma melhoria.
Comida:
Outra vantagem de ficar fora dos limites da propriedade da Disney é a opção de não estar na Disney World. Você vai precisar de tempo livre para relaxar, passear pelo resort e talvez até se recuperar em seu quarto por um dia. Parece um desperdício, mas você será muito grato depois de chegar a dois ou três parques em uma fileira. Nos dias de folga, você pode visitar os restaurantes que não são Disney, orçamento amigável e estoque sobre lanches em Walgreen que pode levar para os parques mais tarde. Uma noite, temos Olive Garden e comemos no nosso quarto. Às vezes, temos Q doba, que é muito semelhante ao Chipotle. Como parte do seu planejamento, é bom começar a solicitar cartões-presente que você possa usar na viagem. Qualquer ocasião para doar pode ajudá-lo com seu orçamento e aliviar a pressão de planejar onde comer. TGI Fridays é outro lugar que freqüentamos, porque tínhamos cartões de presente, eles eram um salva-vidas. O jantar é um prato que é melhor servido perto do seu quarto.
Ao planejar suas refeições em ambientes fechados (parques), certifique-se de considerar seus hábitos alimentares para um orçamento realista. Comece alto e veja o que pode ser eliminado à medida que você se aproxima da faixa de preço desejada. É surpreendentemente fácil gastar menos quando você traz sanduíches preparados e garrafas de água em uma mochila. O serviço contador economiza tempo e dinheiro, eliminando uma equipe de serviço e dá-lhe mais controle sobre o quanto você pede e o que você faz com ele. É fácil compartilhar e misturar itens à la carte para satisfação e a comida muitas vezes tem um preço mais baixo em um balcão do que o seu jantar nas contrapartes. Se você beber, orçamento para isso. Tome um limite e não vá mais longe. Disney World tem muitas ótimas cervejas e coquetéis. A cerveja tem um preço muito razoável na maioria dos lugares, mas o álcool em geral é ruim para os orçamentos. Fóruns da Web como o Disables são um excelente recurso para ver o que é oferecido em termos de preços e opções de alimentos. Você também pode determinar quando e onde você quer colocar o pequeno extra para uma boa refeição. Existem alguns restaurantes muito bons ao redor do resort para uma noite muito especial. Eles podem exigir uma reserva com seis meses de antecedência.
Há também o Plano de Refeições da Disney, no qual você paga antecipadamente em troca dos créditos que serão usados ​​em lanches, pratos principais e outros; isso é perfeito para as famílias.
Parques
Ao planejar quando e onde comer, este também é o momento perfeito para pensar onde você passará seus dias. Os parques oferecem passeios especiais e experiências que custam extra, mas que podem realmente fazer a sua viagem. Pessoalmente, nós amamos o tour Epcot água que permitiu mergulhar no enorme tanque de Seas bandeira com tubarões, tartarugas e outros peixes grandes. Epcot é o nosso parque favorito e o tempo é facilmente dividido.
Recomendamos um mínimo de dois dias para o Epcot: One for Future World e pelo menos um para o World Showcase. Vá aqui para solicitar mapas personalizados gratuitos que ajudarão você a planejar como experimentar cada parque. O Magic Kingdom, apesar de seu tamanho, é muito manejável com a abordagem correta graças a um fluxo de tráfego e estradas convenientes. Um dia cheio de pessoas não é um dia de campo, mas você ainda pode fazer muito e ver todo o parque em um dia. Disney Studios é compacto e fácil, e você pode ter um bom dia lá, mas você pode querer voltar para mais. As principais atrações são restaurantes e shows temáticos, mas os poucos passeios que eles têm são alguns dos mais emocionantes de todo o resort. Ao escolher os dias para onde ir, considere os horários dos parques, incluindo os horários de entrada antecipada. Isso indicará a assistência projetada para o parque. Entrada antecipada e horas mágicas significam grandes números. Os parques têm diferentes projeções de atendimento, então procure por aqueles que não têm horário estendido.
Ter um conhecimento básico do terreno e do fator multidão são os primeiros passos para passar um tempo incrível em qualquer parque. Saiba quando e onde você planeja comer, mas (essa é a parte boa) permita-se mudar de ideia se houver outra opção que pareça melhor. Esta é a hora de aproveitar, então, se você fez sua lição de casa neste parque, você tem uma ideia de como navegar da maneira mais eficaz possível. Você já comprou tempo para parar e cheirar algumas das plantas exóticas e o ar perfumado de todo o complexo. O Fast Pass é outra fila fantástica (desculpe pelo jogo de palavras) Nem todos os jogos são oferecidos, mas encontre um que o faça e vá para lá imediatamente. Esse é um ótimo ponto de partida. O passe informa quando retornar. Você pode pensar que pode ir para a estrada enquanto não há linha, mas é melhor fazer outras coisas e esperar menos quando houver uma linha real.
Outro truque para ter calma é mostrar o conhecimento da programação. Se você quiser ver um show, você precisa planejar seu dia em torno, se isso acontecer, será bom saber quando e onde esperar o congestionamento ao longo das rotas desfile ou sai do teatro. Certifique-se de levar um show e um mapa do parque na entrada e, se você perdê-lo, não hesite em perguntar a outro membro do elenco. Como ex-membros do elenco da Disney, podemos afirmar com segurança que essa é provavelmente uma das grandes coisas que fizemos na maior parte do tempo.
Também vimos muitas pessoas se afastarem de uma atração com uma linha. A maioria das atrações publica tempos de espera definidos por um mostrador e tem uma janela de tempo mínima (por exemplo, 10 minutos), não importa o quão curta seja a espera. Se você estiver interessado em uma viagem, nunca recuse uma espera de dez minutos. Disney equipe é geralmente muito bom para mover as coisas em comparação com outros parques, assim que as linhas tendem a se mover mais rápido do que o esperado e as filas são normalmente concebidos para entreter e encantar. Eles não vão te matar como vagar em busca de algo para fazer.
Como eu disse antes, é importante relaxar quando você está lá. Confie na sua agenda e no seu orçamento, e certifique-se de oferecer um dia extra em um parque que realmente goste. cartões de presente são uma grande maneira de ajudar a taxas de admissão e refeições no parque, quando planear a sua viagem, considere quantos dias têm e onde você quer distribuir. Pelo menos dez dias é ideal se você quiser visitar os quatro parques. Lembre-se, você vai querer tempo livre durante a viagem e há muito para ver e fazer que não lhe custará nada. Explorar as razões de um belo hotel, fazer um passeio de barco ou um monotrilho em torno da Lagoa dos Sete Mares, passear Downtown Disney é gratuito e não as taxas de baixa renda para caiaques, pesca e passeios de carruagem nome cênica alguns. Planejar essas coisas é divertido e trabalhar em um orçamento prático é extremamente gratificante.
Primeiro cartão de crédito: Tentar obter seu primeiro cartão de crédito pode ser tão frustrante quanto tentar conseguir seu primeiro emprego. Os empregadores querem experiência, mas você não pode obter experiência a menos que alguém contrate você. Da mesma forma, um cartão de crédito é a maneira mais rápida de construir um bom histórico de crédito, mas sem um bom histórico de crédito é difícil obter um cartão de crédito. Confira nossa seleção dos melhores cartões de crédito com todas as informações neste este link cartões de crédito.
submitted by triunfei_ to u/triunfei_ [link] [comments]


2019.07.19 19:42 NiteMary #QueremosNintendo - Desenvolvedores e fãs iniciam campanha para trazer apoio da Nintendo ao Brasil

(Não sei se isso já foi compartilhado aqui, mas eu fiz uma pesquisa rápida e não achei nada, então resolvi postar! Depois vou cross-postar em outros subs brasileiros!)
Hoje compartilharam comigo o Nintendo Direct Brasil Independente, um Nintendo Direct não-oficial sobre jogos indies feitos por desenvolvedores brasileiros para o Nintendo Switch que foi publicado nessa última terça-feira.
Esse vídeo faz parte de uma campanha idealizada por um grupo formado por desenvolvedores de jogos, influenciadores e fãs da Nintendo para divulgar a força do cenário de jogos no Brasil, com esperanças de chamar a atenção da Big N para que ela dê mais suporte ou, quem sabe, até volte oficialmente para as terras tupiniquins!
Eles também organizaram um abaixo-assinado que já consta mais de 45 mil assinaturas, e estão tentando divulgar e fazer barulho nas redes sociais através das hashtags #NindiesBR (mais voltada para o compartilhamento de conteúdo sobre os jogos indies brasileiros para as plataformas da Nintendo) e #QueremosNintendo.
No site oficial deles tem a lista de desenvolvedores apoiando o projeto, links para diversos sites de notícias do Brasil e do mundo sobre a iniciativa entre outras coisas! :)
Como fã de longa data da Nintendo, fiquei feliz demais em ver a iniciativa!!! Quem acompanha sabe o tanto que estamos, desde que a Nintendo encerrou a distribuição oficial no Brasil em 2015, penando para comprar consoles, jogos físicos e acessórios oficiais por aqui. Na maioria das vezes é difícil encontrar em lojas confiáveis; e, quando encontramos, custa uma fortuna...
A indústria nacional de desenvolvimento de jogos só está crescendo aqui, mas o apoio das empresas de fora é essencial para ela continuar assim. Espero que essa campanha toda dê frutos! :)
submitted by NiteMary to gamesEcultura [link] [comments]


2019.07.10 21:45 agscontabilidade ADMINISTRAÇÃO DO TEMPO

A maioria das pessoas reclama da falta de tempo que dispõe para suas atividades diárias devido à enorme carga de tarefas que tem para executar.
O que ocorre é que as pessoas quando aprendem em um curso acadêmico, ou mesmo ingressam de alguma forma em uma função, profissão, são sempre instruídas sobre “O que” fazer sendo ignorado o modo como se fazer o trabalho, principalmente aos detalhes que fazem o diferencial para se obter uma maior eficiência e eficácia.
Não basta ser especialista no que se faz, é que preciso ter noções da melhor maneira de realizar o trabalho.

COMO ADMINISTRAR MELHOR O SEU TEMPO?

Tempo é das coisas mais indefiníveis e paradoxais: o passado já se foi, o futuro ainda não chegou, e o presente se torna o passado, mesmo enquanto procuramos defini-lo, e como se fosse um relâmpago, num instante existe e se extingue.
Na maioria dos casos, a análise revela que, com alguns ajustes, o indivíduo poderá produzir muito mais, com menos dispêndio de esforços. Chama-se “trabalho inteligente”.
ORGANIZE UMA AGENDA DO TEMPO
Para identificar com precisão como você ocupa o seu tempo, faça uma agenda, dimensione exatamente o percentual de tempo utilizado em cada tipo de atividade.
Pois não podemos controlar nosso tempo se não sabemos exatamente como o estamos utilizando.
Geralmente somos levados a achar que sabemos como utilizamos nosso tempo, mas nem sempre isso é verdade.
O princípio básico para utilizar bem o tempo é priorizar as tarefas realmente importantes e que nos trazem maiores resultados, aquelas que sempre deixamos para executar depois das mais fáceis!
Avaliar a forma como utilizamos nosso tempo é o primeiro passo que devemos dar, e após isso questionar: Os resultados seriam melhores se eu passasse o meu tempo trabalhando em outra atividade?
Como eu poderia executar as tarefas mais importantes com mais freqüência e eficiência?
Um outro aviso importante: Geralmente seus colegas de trabalho tem o costume de lhe passar material, assuntos e tarefas que não dizem respeito à sua atividade principal (ao seu foco).
Este tipo de material deve imediatamente ser retornado à pessoa que realmente deve dar continuidade. Responda na própria correspondência e retorne imediatamente.
Não deixe nada entulhando sua mesa ou caixa postal de e-mail. Sempre que possível evite dar respostas como: Vou ver e lhe retorno depois!. Assim que tiver um retorno lhe informo!
Dê as informações necessárias já no momento para que a pessoa mesmo pesquise sozinha! Não atue como intermediário de nada.

VOCÊ REALMENTE SABE COMO USAR SEU TEMPO?

A primeira medida para melhorar a utilização do tempo é verificar como ele vem sendo empregado.
Muitas pessoas imaginam que sabem como usam seu tempo, mas quando eles são registrados, numa “tabela de tempo”, o resultado é surpreendente para estes indivíduos.
Algumas situações comuns observadas numa tabela de tempo:
Para efetivamente avaliar a utilização do tempo, é necessário questionar o efetivo uso do mesmo.

QUANTO TEMPO UTILIZAR EM CADA TAREFA?

A lei de Parkinson diz que o trabalho tende a preencher (ou adaptar-se) ao tempo disponível ou alocado para ele.
Se você alocar uma hora para uma determinada tarefa, terá mais chances de terminar o trabalho dentro desse prazo, caso estabeleça duas horas para o mesmo trabalho provavelmente utilizará as duas horas para o trabalho.
Estabeleça sempre a quantidade de horas e datas para conclusão de projetos, provavelmente descobrirá um meio de fazê-lo dentro do prazo estabelecido por você, e sua produtividade aumentará bastante.
DIVIDINDO SEU TRABALHO DE ROTINA EM LOTES
A divisão em categorias e o agrupamento de seu trabalho podem ser chamados de “agrupamento”. Processe as informações e as tarefas semelhantes em lotes, reduzindo dessa forma, o desperdício e o deslocamento.
Você executará cada tarefa de forma mais eficiente. Muitos elementos de seu trabalho podem ser reduzidos a simples rotinas que lhe permitirão concluir tarefas semelhantes no mínimo tempo possível.
Esses tipos de tarefas realmente se prestam ao agrupamento. As vantagens de abordar o seu trabalho dessa maneira são várias.
Você verá que o trabalho em lotes permite que você se prepare e se organize para ele de uma só vez, ao invés de ter de fazê-lo várias vezes se o trabalho for feito aleatoriamente.
SUPERANDO O ADIAMENTO
O adiamento provavelmente consumirá mais tempo no seu local de trabalho do que em qualquer outro lugar.
Se você for uma pessoa que costuma adiar, a mudança de atitude para o Faça Agora será um elemento chave para ajudá-lo a identificar onde existe adiamento nos seus hábitos profissionais e a superá-lo.
A maioria das pessoas é muito inteligente, até mesmo engenhosa, no que diz respeito a adiar as coisas. “Eu não tenho muito tempo” é uma desculpa comum.
“Eu acho que eles disseram que não estariam aqui hoje, então eu não liguei.” “Não é tão importante.” A lista de motivos pelos quais uma tarefa não pode ser concluída é interminável.
Seja tão esperto para concluir as coisas quanto o é para adiá-las. Insista até encontrar a solução para cada problema sem adiá-lo.
É aí que você deve concentrar o poder de sua mente, e não em desculpas inteligentes.

AS 8 MANEIRAS DE SUPERAR O ADIAMENTO

1) Faça agora e fará uma vez somente: Não fique lendo e relendo para fazer uma ação. Leia e aja.
2) Clareie a sua mente: Não postergue nada. Programe o que você vai fazer e realmente faça ou esqueça o que você não vai fazer.
3) Resolva os problemas enquanto eles são pequenos: Caso contrário seus problemas crescerão e consumirão mais tempo.
4) Diminua as interrupções desnecessárias: Isso o ajudará a ser mais produtivo.
5) Coloque os atrasos em dia: Os trabalhos atrasados criam o seu próprio trabalho extra.
6) Comece a operar visando o futuro e não o passado: Trabalhe sempre de forma preventiva, antecipando-se.
7) Pare de se preocupar: O grande dano do adiamento é o cansaço mental e psíquico que isso causa.
8) Agora sinta-se melhor em relação a si mesmo: A conclusão de tarefas evita o estresse e a ansiedade e traz mais autoconfiança e auto-respeito.

ESQUEÇA LEMBRANDO

A maioria das pessoas tem certo orgulho da sua capacidade de se lembrar de “tudo” o que deve ser feito.
É um jogo mental que fazem. Embora possam ter sido bem-sucedidas em uma certa época, o ritmo atual do trabalho e da vida particular e o volume de atividades com as quais devemos estar em dia aumentaram tanto que é impraticável estar por dentro de mil coisas a fazer.
Essa preocupação constante de tudo o que precisam fazer, lembrar-se de tudo, simplesmente lhe sobrecarregam, principalmente porque acabam se lembrando de “tudo” nos momentos menos interessantes.
Os executivos e gerentes deveriam se interessar mais em esquecer todas as coisas que têm a fazer. Sim eu disse esquecer.
O que as pessoas precisam é de ter um sistema adequado em prática para se lembrar dessa infinidade de detalhes quando, e só quando, for preciso. Parece loucura? Na verdade não é.

3 PRINCÍPIOS GERENCIAIS CLÁSSICOS DE ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO

Três princípios gerenciais clássicos de administração de tempo estão sendo seriamente questionados pelos estudiosos. Estes conceitos são:
  1. Faça uma lista das tarefas que você precisa executar diariamente e concentre-se nelas até que todas estejam executadas.
  2. Cuide primeiro dos assuntos urgentes.
  3. Distribua uniformemente sua carga de trabalho.
O fato é que todo mundo já utilizou estas técnicas frequentemente com algum grau de sucesso.
No entanto, renomados experts como Peter Drucker, Merrill Douglass e o filósofo do século XX, Vilfredo Pareto, afirmam que elas precisam ser descartadas a fim de abrir caminho para métodos mais eficazes.
Aparentemente, as regras são boas. Cada uma delas, entretanto, contém aspectos negativos.
Analisemos em separado estas diretrizes para descobrirmos por que elas precisam ser riscadas do livro de regras gerenciais.
1. Faça uma lista das tarefas que você precisa executar diariamente e concentre-se nelas até que todas estejam executadas.
O que há de errado nisto? Uma porção de coisas. Conforme Drucker aponta, é preciso equilibrar o trabalho com o tempo.
Lembre-se que o tempo é imutável, ao passo que o trabalho é flexível como massa para modelar. Ele pode ser pressionado, moldado, reformulado e dividido.
Portanto, o trabalho deve sempre subordinar-se ao tempo disponível. Atacar com entusiasmo sua lista diária de itens a fazer não é suficiente.
O tempo deve ser realisticamente programado para que as tarefas certas realmente sejam feitas.
2. Cuide primeiro dos assuntos urgentes.
Se é urgente, deve ser importante, certo? Errado! Quem é que diz que o assunto é urgente?
É você, seu chefe, sua secretária, um cliente, um empregado, um vizinho? Urgente implica em necessidade de atenção imediata.
Mas quem está exigindo atenção imediata? Como a tarefa em questão se relaciona com os objetivos a serem atingidos?
Na realidade, existe um relacionamento matricial entre assuntos urgentes e importantes. Esta correlação pode ser simplesmente citada como:
“Assuntos urgentes podem ser importantes, mas não necessariamente.” São quatro os possíveis relacionamentos. O assunto pode ser: Tanto importante quanto urgente Ex.: você está quase perdendo seu principal cliente. Importante mas não urgente Ex.: planejamento estratégico para os próximos três anos. Urgente mas não importante Ex.: a maioria do telefonemas. Nem urgente nem importante Ex.: conversa fiada ou comentários excessivos sobre o jogo de futebol da semana passada.
Conclui-se, portanto, que assuntos importantes (os que têm vínculo com os objetivos) deverão sempre ter prioridade sobre assuntos meramente urgentes (os que pressionam pelo tempo), uma vez que atenção deixará pouco tempo para fazer o que realmente é importante.
3. Distribua uniformemente sua carga de trabalho.
Há quase 100 anos, Pareto questionou este conceito. O Princípio de Pareto postula que para qualquer número de itens, um pequeno número destes itens é muito mais importante do que o restante.
Por exemplo, 20% dos clientes de uma companhia provavelmente são responsáveis por 80% das vendas, ao passo que 20% dos itens em estoque podem representar 80% do inventário.
O Princípio de Pareto é uma prescrição de discriminação. Ele propõe dedicar mais atenção aos itens importantes e menos atenção aos itens de menor importância.
Conclui-se, portanto, que uma carga de trabalho uniforme, que trata de todas as tarefas da mesma maneira, não atende à necessidade do executivo.
O esforço concentrado em poucos assuntos importantes é que abre o caminho para a produtividade gerencial.

ALGUNS PASSOS PARA GERENCIAR SEU TEMPO COM MAIOR EFICÁCIA

Mesmo com os três conceitos “furados” colocados em perspectiva, a questão permanece.
Que regras poderão realmente ajudar-me a melhor administrar meu tempo? O primeiro passo para melhor administrar o tempo é determinar como é utilizado.
A maioria as pessoas acha que sabe como ocupa seu tempo mas, comumente, quando os fatos são registrados num quadro de tempo, o resultado é surpreendente.
Situações típicas demonstradas nesse quadro são:
  1. Julgamentos bruscos feitos em relação a assuntos altamente importantes;
  2. Conversas telefônicas que se estendem em demasia
  3. Períodos de incessantes interrupções nos quais nada de significativo é feito;
  4. Longo envolvimento em assuntos de pouca importância que poderiam ser delegados ou ignorados;
  5. Períodos de escravidão à burocracia, nos quais a “papelada” domina o dia;
  6. Ausência de tempo para pensar ou planejar.
A percepção de como você usa seu tempo implica num esforço de cronometrar suas atividades diárias e registrar os resultados para análise.
Para ajudar a capturar seu dia como ele realmente é, siga estes passos:
Passo 1 – Faça um quadro de tempo.
Use uma agenda, um caderno ou um bloco e anote de 30 em 30 minutos o que você esteve fazendo durante a meia hora que passou. Registre suas atividades por uma semana.
Passo 2 – Reveja o quadro.
Faça um resumo dos resultados. Veja quanto tempo você gastou em assuntos realmente importantes, quanto tempo foi gasto inutilmente e quanto foi dedicado à rotina.
Passo 3 – Reflita.
Você está realmente aplicando o tempo nos assuntos que o ajudarão a atingir seus objetivos?
(você poderá concluir que, certamente, seu tempo não está sendo bem utilizado, mas justifica assim “não existem horas suficientes no dia e, além disso, as pessoas vivem me interrompendo.”).
Para resolver este problema, examine os maiores estranguladores de tempo e deixe mais tempo livre para os assuntos importantes.
As seguintes atividades tendem a dominar o dia do gerente/profissional:
Para ganhar tempo, analise seu dia visando eliminar atividades inúteis. Aqui estão alguns indicadores para manter-se livre da maioria dos estranguladores de tempo:
Passo 4 – Pergunte a você mesmo se realmente precisa ver toda aquela papelada.
O fato de ter sido mandada para você não significa que deva perder tempo com ela.
Faça uma lista dos documentos que recebe; classifique-os em grupos de prioridades A, B e C.
Então, delegando, eliminando e condensando, reduza drasticamente seu gasto de tempo com os itens C e, em menor grau, com os assuntos B, permitindo desse modo, mais tempo para os de prioridade A.
Passo 5 – Discipline suas reuniões para obter resultados mais eficazes em menos tempo.
Volte às bases. Todos conhecem o assunto e o objetivo da reunião? É comum os participantes não saberem o objetivo da reunião (às vezes, nem o líder tem uma idéia clara).
Estabeleça o objetivo da reunião de forma cristalina. Antes dela, faça uma agenda detalhada e, finalmente, registre os resultados em ata.
Pergunte-se também se a reunião realmente é necessária. Talvez não seja e, sim, uma perda de tempo para todos os participantes.
Passo 6 – Determine quanto tempo você dispõe para diálogos (para ouvir, resolver problemas, conversar); então, racionalize o seu tempo de acordo.
Precisa receber todas as pessoas que querem falar com você? E pelo tempo que elas quiserem? Obviamente não.
Muitos dos seus visitantes poderão ser bem atendidos por outra pessoa que não você.
Se tem outras prioridades, é uma prerrogativa sua determinar os limites de tempo dos seus diálogos.
Redobre, portanto, seus esforços para organizar sua agenda de entrevistas.
Passo 7 – Estabeleça um código de conduta telefônica.
Evite escravizar-se ao telefone. Agrupe as ligações para logo se ver livre delas. Evite interrupções telefônicas quando estiver trabalhando em assuntos importantes (desligue o aparelho, ou peça a alguém para anotar recados).
Se precisa fazer ligações diariamente, tente estabelecer um horário para isso. Evite pegar o telefone impulsivamente – organize seus pensamentos e discuta os assuntos em uma seqüência ordenada.

DE VOLTA AOS ANTIGOS CONCEITOS

Para administrar eficazmente o seu tempo, basta fazer uma revisão nos conceitos “furados”.
Com o acréscimo de algumas palavras, os velhos conceitos se transformam em poderosas diretrizes gerenciais.
Eis a versão revisada:
  1. Faça uma lista das tarefas que você precisa executar diariamente; então, estabeleça prioridades e programe as atividades, concentrando-se nestas tarefas até que os itens programados estejam executados.
  2. Cuide primeiro dos assuntos importantes; estes devem sempre prevalecer sobre aqueles que meramente parecem urgentes.
  3. Distribua sua carga de trabalho proporcionalmente de acordo com a importância dos assuntos que você tem à mão.
Estas mudanças, aparentemente sutis, transformam os três conceitos “furados” de tempo em regras altamente eficazes.
Siga estas diretrizes e você se tornará mais eficaz – produzindo mais em menos tempo.
COMO DELEGAR
A delegação determina em grande parte a sua eficácia como executivo, gerente ou supervisor. A qualidade do seu trabalho.
também depende de sua capacidade de delegar adequadamente. Se você o fizer, multiplicará a sua produtividade.
Quanto mais cedo detectar, no seu processo de planejamento, a sobrecarga de trabalho, sua ou de outra pessoa, mais eficaz você será corrigindo o problema.
Não espere fazer tudo sozinho. Talvez você perca muito tempo tentando dominar algo em que não é muito bom.
Delegar, apropriadamente, à pessoa certa, com experiência adequada, é uma das habilidades executivas mais importantes.
Quando você delega, está designando uma tarefa a uma pessoa e a autoridade para executá-la, mesmo que não transfira a sua responsabilidade pessoal, que continua com você.
O Delegante Eficaz
  1. Identifica a pessoa certa para fazer o trabalho.
  2. Delega agora, dando tempo suficiente para a conclusão.
  3. Expõe claramente o objetivo.
  4. Fornece todas as informações necessárias para a conclusão da tarefa.
  5. Certifica-se de que o staff entendeu a tarefa antes de começar a trabalhar.
  6. Marca uma data para conclusão.
  7. Incentiva um plano de projeto por escrito.
  8. Monitora periodicamente a evolução.
  9. É acessível para esclarecimentos e conselhos.
  10. Assume a responsabilidade, mas dá crédito à pessoa que realizou o trabalho.
  11. Ajuda o staff a crescer, conferindo-lhe novas responsabilidades.
Faça agora
O primeiro passo para começar a aproveitar melhor o tempo é organizando o espaço de trabalho.
É necessário começar pelas pilhas de papéis e documentos que povoam mesas dos escritórios.
Ao pegar no papel ou documento pela primeira vez deve-se resolver de imediato, tratar do assunto e direcionar o papel para o lugar certo.
Não se pode usar dos adiamentos, pois quanto mais adiar-se uma tarefa, outras mais se acumularão.
Portanto, ao se tratar de um assunto, deve-se resolver no ato (faça agora), para não simplesmente trocar o problema (papel) de lugar.
Além disso, é importante que se faça tudo de uma vez só, não compensa perder tempo para ler cada um dos documentos, para ler depois analisar e por fim tomar uma providência.
O correto é logo que se começar a resolver um assunto, o fazê-lo de uma só vez, eliminando-se etapas desnecessárias do processo de trabalho.
Outro aspecto importante é trabalhar-se com a mente limpa. Milhares de afazeres menores rondam a mente tirando a atenção da pessoa do assunto a ser tratado no momento por serem puxados pela memória.
Por isso, deve-se eliminar essas pequenas coisas para depois se ter maior concentração maiores facilitando-se sua execução.
Além do que, a importância de se tratar de pequenos problemas está no fato de que assim evita-se que se tornem problemas maiores e mais difíceis de se resolver.
Muitas vezes durante o dia as pessoas são interrompidas pelos chefes, companheiros de trabalho, subordinados e clientes, justamente por não resolverem pequenos problemas piorados com os adiamentos.
Atrasos geram problemas, e problemas geram interrupções que atrapalham o desenvolvimento das atividades nas quais está-se trabalhando.
Desta forma faz-se necessário identificar as prioridades de trabalho, reservando-se tempo para elas, identificar-se as causas e remediá-las.
Devemos focalizar aquelas atividades que mais podem contribuir para atingir os objetivos globais previstos.
Questionar sempre as urgências, usando os seus critérios e comprando-os com os do interlocutor.
Preocupações impedem pessoas de visualizar o futuro, as prendem a fatos passados, impedindo-as de desempenharem boas ações no presente.
Resolvendo primeiramente as tarefas mais desagradáveis ao invés de adiá-las, evita-se tais preocupações e, sentindo-se melhor, as pessoas trabalham melhor.
Naturalmente, não são todas as tarefas que são possíveis de ser resolvidas no exato momento, algumas dependem de outras pessoas ou fatos, dados indispensáveis momentaneamente, e são essas que devem ser classificadas como pendências.
Há também de se ter pertinência pois há tarefas que são verdadeiramente bobas e não devem merecer atenção imediata.

LIDANDO COM INTERRUPÇÕES

Nem todas as interrupções, obviamente são ruins. Na verdade, existem algumas interrupções boas, aquelas onde se discutem boas idéias.
Para cortar interrupções indesejáveis:
Comece a dividir a sua comunicação em lotes. Evite a cada assunto que surge discutir imediatamente com o responsável por isso.
Em vez disso discuta vários problemas no mesmo momento.

COMO PRIORIZAR ASSUNTOS EM FUNÇÃO DE IMPORTÂNCIA E URGÊNCIA?

A TIRANIA DA URGÊNCIA RESIDE NA SUA DISTORÇÃO DE PRIORIDADES – PELO SUTIL DISFARCE DE PROJETOS MENORES COM STATUS MAIOR, COMUMENTE SOB A MÁSCARA DE “CRISE”.
Assuntos importantes são aqueles que são relevantes em termos de nossos objetivos. Urgências são caracterizadas por uma necessidade premente de se realizar atividades dentro de um prazo específico, podendo ser ou não coincidente com um assunto importante.
Programar seu tempo ou seu trabalho?
“O que é que eu realmente consegui fazer hoje?”, quando, no fundo, você já sabe qual é resposta. Como é que pode acontecer este fenômeno?
É porque nos deixamos ser controlados pelas urgências dos outros, mesmo quando estes assuntos não contribuem de nenhuma forma para objetivos em mira.
Devemos nos perguntar onde estamos e para onde estamos tendendo.
PETER DRUCKER fala que: não conseguimos atingir nossas metas diárias porque, em termos de administração de tempo, procedemos de maneira totalmente inversa, isto é, procuramos espremer uma “massa” que se encontra em processo de constante expansão, dentro de um compartimento rígido e limitado.
O importante é procurar alocar previamente uma parcela de tempo para a execução de tarefa, executando, em primeiro lugar, aquela tarefa que produzir mais resultados ou consequências.
Tarefas importantes e tarefas urgentes
O combate a URGÊNCIAS é fundamental para a concentração do tempo nas IMPORTÂNCIAS.
Para combater as URGÊNCIAS é preciso que:
O que é inesperado não é necessariamente importante! Diante do inesperado, resista à tentação de execução imediata, procurando antes identificar a importância/urgência da tarefa.
Ordem Pessoas têm mania de guardar coisas sob o pretexto de talvez precisar delas mais tarde. No entanto, deve-se guardar somente o que realmente é importante e pode ser útil mais tarde.
Há um conceito de que a desordem instiga a criatividade, o que não é verdade. Segundo o “Wall Street Journal” as pessoas passam em média 6 semanas por ano procurando coisas no escritório.
Além da ordem ajudar no acesso às informações de maneira rápida, possibilita um ambiente confortável, e isto ajuda a aumentar a produtividade.
Para trato dos papéis, usa-se o sistema de bandejas, sendo uma para entrada de documentos, uma de pendências e outra para saída.
Entrada: assuntos novos; materiais ainda não analisados a serem tratados.
Pendências: aqueles que não podem ser resolvidos de momento; não podem ficar mais de 24 ou 48 horas pendentes.
Saída: assuntos resolvidos, aqueles que já podem ser arquivados ou eliminados.
Um outro ponto crucial é a eficiência, eficácia e rapidez no trabalho, é necessário ter-se todo o material, ferramentas funcionando perfeitamente e saber-se utilizá-los.
Esses materiais vão desde clipes, grampeadores e tesouras até copiadoras, fax e computadores.
É sempre bom manter-se atualizado acerca de novas ferramentas de trabalho que surgem.
Arquivos
Os arquivos devem estar divididos em arquivos de trabalhos do momento, arquivos de referência e arquivo morto.
Arquivo de trabalho do momento: São aqueles em que se trabalham nos projetos atuais.
Devem estar sempre à mão, de fácil acesso como telefones, códigos, política da empresa, endereços, etc.
Depois de serem discutidos (reuniões), há os arquivos de rotina e os de acompanhamento que devem ser divididos de 1 a 12 (representando os meses) e outra parte de 1 a 31(dias); Nestes devem ser colocados aqueles trabalhos diários, substituindo-se lembretes escritos em papéis por anotações na agenda e coloca-se cada arquivo no dia correspondente do mês a ser tratado.
Arquivos de referência: São os projetos futuros e passados, informações sobre os recursos da empresa, informações sobre o pessoal, dados administrativos, verbas, contas de clientes.
Procura-se guardar o que é necessário e, se for possível, entregar documentos a outras pessoas que seja mais conveniente.
Arquivo Morto: Normalmente, arquivos de até três anos, para fins jurídicos e tributários da empresa.
Para os arquivos eletrônicos, é muito útil distribuí-los em pastas a serem criadas por categorias, de acordo com o tipo de arquivo e o tipo de aplicativo existentes.
As mensagens do correio eletrônico devem ser filtradas logo na tela, selecionando os relevantes, apagando as mensagens inúteis e se for realmente preciso, guardá-las.
Porem as que não precisarem ser guardadas devem ser logo apagadas para que não fiquem ocupando espaço.

ORGANIZE SISTEMAS DE FOLLOW-UP EFICIENTES

Porque ter lembretes sempre à frente, não vai necessariamente nos levar à concentração, ao foco e à produtividade.
Se esses lembretes ficarem pendurados durante um determinado tempo, você não os verá mais.
Olhá-los e não tomar uma atitude em relação a todos eles, reforça um hábito: NÃO FAÇA AGORA. Coloque em prática sistemas simples, que permitem superar esses problemas e fazer o trabalho realmente importante.
  1. Transfira seus papéis para um arquivo que lhe permite agendar material, através de lembretes, de acordo com o dia: – (1 a 31) ou por mês (de 1 a 12). Se você envia uma carta e espera resposta em uma semana, coloque o lembrete com uma cópia da carta que irá lembrá-lo de que precisa falar novamente com o cliente.
  2. Também poderá consolidar todas as pequenas tarefas em um caderno de registros o que elimina a necessidade de pequenos pedaços de papel. Use quando você se lembrar de algo e precisa um lugar para escrever. Mantenha nele um diário de atividades em ordem cronológicas. Você deve datar cada um dos registros. Escreva em letras grandes e separe cada registro. Quando concluir uma tarefa, faça um (X) grande sobre ela. Até criar o hábito, deixe-o sempre em cima de sua mesa.
  3. No sistema de agenda, como são datadas, elas prevêm as necessidades futuras e você pode utilizá-las, como um sistema linear de lembretes. A boa regra para qualquer sistema de agenda é você escolher um sistema para mesa com várias seções e características, ou uma de bolso. Utilize agenda que tenha a função de visão rápida da semana. Aprenda a utilizar todos os recursos do seu sistema de agenda.
  4. Existem sistemas de agendas eletrônicas portáteis que podem nos fornecer uma grande quantidade de informações. Qualquer que seja o tamanho existem alguns inconvenientes. Um sistema/agenda do tamanho da palma da mão pode ter um teclado difícil de se trabalhar. Existem programas com várias funções que você pode utilizar para fazer anotações rápidas e depois revisar e ajustar como acontece quando você planeja no papel. Muitas pessoas combinam os sistemas de agenda de papel e eletrônica, que pode imprimir a sua agenda em qualquer tamanho e você poderá levar o impresso ao invés do computador.

Post completo em:

Fonte: Contabilidade em São Paulo - AGS Contabilidade Integrada
submitted by agscontabilidade to u/agscontabilidade [link] [comments]


2019.04.13 20:24 ScorchedPsyche [Server Vanilla Survival 1.14] Pra quem quiser jogar em comunidade! [Whitelist]

[Server Vanilla Survival 1.14] Pra quem quiser jogar em comunidade! [Whitelist]

PARA PARTICIPAR LEIA ANTES ESSE POST!

Estamos procurando somente por pessoas realmente interessadas em participar de uma comunidade adulta de Minecraft.


EDITADO: Idade mínima alterada para 18+ (SEM EXCEÇÕES); 

https://preview.redd.it/haeytllslq231.png?width=1920&format=png&auto=webp&s=70db656d82b9bc600bd01a9b1702dbf82cab6769

TL;DR (resumo): Servidor Minecraft Whitelist - com 20 vagas - sempre última versão com ideia inspirada no servidor HermitCraft.

Quem tiver interesse, ler abaixo.


Falae galera!

A ideia do servidor é encontrar um pessoal e dividir o servidor em temporadas como no HermitCraft. No caso, toda vez que sair uma atualização que mude muita coisa, como por exemplo a atualização Aquática, salvaríamos o mapa antigo e o servidor seria reiniciado pra todo mundo começar do 0.

Não tem nenhum custo atrelado em participar do servidor, não tem venda de nenhum pacote e nenhuma limitação dentro do servidor para os jogadores. Eu já pago por conta própria o servidor pois gosto bastante do jogo e, a cada atualização, ele tá ficando melhor na minha opinião. Não repassarei o custo pra quem quiser participar.

Outra coisa seria planejar em conjunto como montar essas temporadas como, por exemplo:
  • escolher qual seria a seed do próximo reset;
  • como seria dividido o mapa;
  • área comum para lojas e venda de produtos;
  • projetos comunitários;
  • eventos do servidor como, por exemplo, competições, minigames, etc;
  • que conteúdo personalizado será adicionado ao servidor, como data-packs;
  • etc.

O servidor já começou a sua primeira temporada na versão 1.14 e atualmente está dividido da seguinte forma:
  • sem plugins de proteção - baseado na confiança;
  • área de comércio: cada jogador pode montar sua loja e vender itens pelos preços desejados;
  • área livre para coleta de recursos ao extremo, ou seja, liberada a violação excessiva do terreno.
  • evitar destruição do terreno fora da área de coleta de recursos para que o mapa não fique todo destruído;
  • reserva de propriedade: cada jogador reserva determinadas áreas para construção;
  • The End/O Fim resetado com frequência para renovar loot/construções da dimensão;
  • Datapacks são arquivos para customizar o servidor com algumas funções extras. Atualmente o servidor possui os seguintes datapacks: MobHeadDrops, OnePlayerSleep, ZeroGrief, AFK Display e Dragon Drops Elytra.

Portanto, quem quiser participar, alguns pré-requisitos:
  • Versão Java do jogo
  • Minecraft deve ser original - servidor não aceita crackeado;
  • Idade mínima de 18 anos, SEM EXCEÇÕES;
  • Ter Discord;
  • Não sumir - manter uma certa frequência no servidor pois ele possui vagas limitadas.

Algumas coisas que não serão necessárias:
  • Não precisa ficar jogando junto o tempo inteiro, nem ficar um perto do outro. Vai ter alguns projetos de comunidade - decididos em conjunto - pra quem quiser participar;
  • Não precisa jogar o tempo inteiro. Vida em primeiro lugar;
  • Não precisa ficar entrando no Discord pra conversar. Se quiser ficar de boas jogando no teu canto, pode ficar. Às vezes temos dias difíceis!

No mais é isso! Tudo é discutível por que a ideia na verdade é só se divertir. Quem tiver interesse em participar posta no Discord (canal #formulários-entrevista) as seguintes infos:
  • Idade:
  • Possui Minecraft original e sua versão é Java:
  • Nick no jogo:
  • Por que quer participar do servidor:
  • Fale um pouco sobre você:
Quem for entrando vai poder ajudar a decidir quem de novas pessoas entram ou não. Também quem já estiver participando vai poder chamar amigos (passarão pelo mesmo processo porém).

Link do Discord: https://discord.gg/gyv39xm

Postar formulário no canal #formulários-entrevista

submitted by ScorchedPsyche to minecraftbrasil [link] [comments]


Games in Excel - Old Game Full Tutorial como resolver erro de directx em jogo.. PIMBA NOS ZUMBIS - Project Zomboid JOGO GRÁTIS PC! REVELADO O JOGO MISTERIOSO DA EPIC GAMES! GTA V - UM REENCONTRO DE AMIGOS! como achar os save games dos jogos [3DS] Save Data Manager - Como fazer backup ou importar saves para edição Criando Jogo de Pokemon RPG Maker XP - YouTube NOBRU ENCONTRA UM PRO PLAYER DESCONHECIDO!! COLOCOU A ...

Nexomon Extinction: onde encontrar as cavernas congeladas

  1. Games in Excel - Old Game Full Tutorial
  2. como resolver erro de directx em jogo..
  3. PIMBA NOS ZUMBIS - Project Zomboid
  4. JOGO GRÁTIS PC! REVELADO O JOGO MISTERIOSO DA EPIC GAMES!
  5. GTA V - UM REENCONTRO DE AMIGOS!
  6. como achar os save games dos jogos
  7. [3DS] Save Data Manager - Como fazer backup ou importar saves para edição
  8. Criando Jogo de Pokemon RPG Maker XP - YouTube
  9. NOBRU ENCONTRA UM PRO PLAYER DESCONHECIDO!! COLOCOU A ...
  10. Uplay (Tutorial) - Backup de Jogos

Como fazer um jogo de dados no Excel? - Duration: 20:07. Rodrigo Schaeffer 639 views. 20:07. How to Create Tic Tac Toe Game in Excel Using VBA - Duration: 15:23. DJ Oamen 62,457 views. Grand Theft Auto V é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Rockstar North e publicado pela Rockstar Games. Wikipédia Data de lançamento inicial: 17 de setembro de 2013 Criando um jogo de Pokémon! - Data de lançamento da beta do meu jogo by ShirouDouglas. 3:38. Criando um jogo de Pokémon! - #26 Mystery Gift! by ShirouDouglas. 10:15. Vazou! Revelado o Jogo misterioso da EPIC GAMES! Confira qual era o jogo de mistério que estava em contagem regressiva na loja da EPIC GAMES! Comentem o que acharam! Superação GamesBR: Um Canal ... Grupo do Whats: →Grupo 1:https://chat.whatsapp.com/BOemvJtJ61Y3cfbNEM3psp →Grupo 2:https://chat.whatsapp.com/FasVV2xPBm2K9IkvPFtMCe →Lives: https://www.youtu... como resolver erro de directx em jogo.. serve pra programas jogos e poblemas com placa 3d. Como fazer Backup e Restaurar saves de jogos, apps completos, contatos e SMS no Android sem Root - Duration: 3:16. AndroidPlayAplicativos 34,691 views Novo vídeo de um jogo chamado Project Zomboid, um jogo de sobrevivência singleplayer e multiplayer, você pode personalizar seu sobrevivente para se virar no apocalipse zumbi. No estilo Sandbox ... Nesse vídeo eu ensino como fazer o backup ou adicionar um jogo na Uplay que você já tenha feito o download. 1 - Abra o Save Data Manager, selecione o jogo que quer editar apertando direita ou esquerda nos direcionais. 2 - Aparecerá um menu com das opções (Caso não aparecer o menu tente aperta algum ...