É apenas o almoço

Apenas passável. Quem quer salada de alface pode se levantar e servir-se. Como sobremesa, fruta. E um bom café: “espresso” ou “macchiato”. Mais do que austero, o cardápio é espartano. E eu não o degustei com tranquilidade, ansioso pela possível chegada do papa a qualquer momento. Não é um mito: o pequeno-almoço é mesmo a refeição mais importante do dia!No entanto, um bom pequeno-almoço deve combinar proteína, fibra e hidratos de carbono. Conhece os 10 alimentos que deves comer ao pequeno-almoço! As manhãs são a altura do dia em que estamos com mais pressa e por isso, acabamos por comer apenas numa fatia de pão ou peça de fruta. O mecanismo é simples: quando nosso corpo precisa de “combustível”, somos alertados a todo o momento. Mas, quando matamos a fome, os sinais são interrompidos, deixando a moleza tomar conta do corpo. Apesar de parecer incontrolável, existem alguns truques que podem te ajudar a driblar o sono depois do almoço e aumentar sua produtividade ... 'O jantar é menos crucial em Uganda do que o almoço, quando as pessoas precisam fazer uma pausa no trabalho', avalia a jovem de 27 anos. Normalmente, ela almoça em 30 minutos em um dos ... O almoço de graça e os investimentos. Portfólio internacional diversificado é apenas a maneira inteligente de construir esta exposição ao dólar. Por Eduardo Câmara Lopes . 19/08/2020 05h01 Atualizado 2020-08-19T08:01:45.468Z . Era uma vez, há cerca de quatro anos, um CDI de 14% ao ano. Do ponto de vista de investimentos, que é o foco ... O mantra “não tenho tempo” é apenas uma desculpa, com organização, você consegue. Fica a dica: Preparar o almoço na noite anterior é uma forma muito inteligente de poupar a sua conta bancária (xô, gastos extras!) e o seu corpo (xô, calorias desnecessárias!). O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia, não apenas por quebrar um jejum de várias horas, mas também por ‘decidir’ como vai ser a alimentação durante o resto do dia. Esta é provavelmente a melhor notícia que o teu estômago recebeu hoje: ainda há sítios em Lisboa onde podes desfrutar de um bom almoço sem gastares mais do que 10€. Em alguns dos restaurantes desta lista, dás uma nota vermelha e ainda recebes troco. Confere as nossas sugestões para comer bem e barato na capital. […] De acordo com o mais recente guia Associação Americana do Coração, que contou com a orientação de um grupo de universidades e institutos do pais, tomar o pequeno-almoço é importante para manter o peso, mas quando o objetivo é cuidar da saúde do coração, não basta fazer esta primeira refeição do dia. Se você não tem muito tempo para preparar seu almoço, mas rejeita a ideia de apostar em comidas prontas em nome da saúde e da dieta, saiba que é possível fazer refeições rápidas ...

Como um pedido de namoro terminou em tretas e lágrimas

2020.09.17 23:49 Le0nardowest Como um pedido de namoro terminou em tretas e lágrimas

Olá Lubisco, papelões mortos e vivo, Editores, talvez convidado e turminha linda! Como vocês estão? Hoje vou contar como um pedido de namoro deu ruim. Tudo começou no dia 1 de novembro de 2019, o amigo da minha mãe veio dormir aqui em casa (APENAS DORMIR) e eu fiquei no meu quarto sem dormir porquê estava nervoso, pois no dia seguinte ia pedir a menina em namoro. Lembrando: Nós tinhamos 10 anos. Eu fiquei assistindo LUBA na minha TV, sim! E as 6 da manhã eles acordaram e o amigo foi embora, eu pedi umas dicas pra ele e ele ajudou um pouco.
Aí minha mãe tava fazendo o almoço e eu estava vendo tv, eu tava assistindo um canal de tv fictício, que eu criei. Coloquei jornal, programas e bla bla. (Isso é irrelevante mas tudo bem) Eu me arrumei e esperei ela chegar, ela chegou, (lembrando que ela veio com as 2 vizinhas dela que também são minhas amigas e foi por essas duas que conheci minha crush, mas isso fica pra outra Turma Feira) mas chegou de PATINS. Ela SUBIU ESCADAS com essa porcaria. Ela ficava escorregando toda hora.
Chegou a hora de almoçar, almoçamos e fomos ao meu quarto. Ficamos brincando lá até que chegou o momento. Ela ficou fugindo de mim pois ela já sabia. Mesmo assim eu tentei. Ela não queria, mas mesmo assim as 2 meninas fugiram e deixaram nós dois lá. Eu perguntei e ela respondeu:
-Eu te disse que estou pensando. (Já tinha falado pra ela) Eu saquei que ela não queria e deixei pra lá. E depois voltamos a fazer nossas coisas, aí decidimos gravar um vídeo pro meu canal, mas a minha crush, (chamaremos ela de S já que o nome dela começa com S) a S tinha uma irmãzinha de 2 anos, e ela ficava infernizando a gente e não deixava a gente gravar.
Mudamos de lugar e a irmã, (a F) CONTINUAVA, a S foi e falou pra mãe dela: Cuida da F por favor. A mãe falou que não e ela teve que aguentar. A gente não conseguiu gravar então decidimos ver um filme na Ne... vc sabe.
As 2 amigas escolheram um filme e assistimos um pouco do filme. Alternavamos entre ver o filme e ficar brincando no quintal. Aí a S não aguentava mais a irmã e ficou SUPER BRAVA e começou a maltratar tudo e todos. A S foi entrar no quarto. Mas lembra que ela estava de patins? A F foi abraçar a S e ela caiu. BEM FEITO.
Ela olhou pra irmãzinha com uma cara de choro e falou: Não fala mais comigo! Assistimos uns 2 minutos do filme e o pessoal tava indo embora. Mas como a S tava brava com a F, a F foi contar pra mãe tudo o que aconteceu e a mãe olhou pra S brava, a S olhou pra mãe, e a mãe falou:
VOCÊ ESTÁ DE CASTIGO!!!
Foi aí que aquela cara de choro piorou, a S foi sentar no banco que tinha perto da porta e começou a chorar muito. As 2 meninas estavam consolando ela, e eu? Eu estava vendo o meu Insta, eu até falei:
-Aconteceu a mesma coisa comigo, minha prima fez mra e me culp...
-MAS ELA ERA A SUA PRIMA E NÃO SUA IRMÃ!!!
Eu quase falei : -Se você falar assim comigo mais uma vez, eu nunca mais falo com você! Só não falei pq não queria me ferrar.
E elas foram embora, lá em baixo as 2 meninas e a F começaram a jogar queimada, eu e a S não jogamos porquê ela tava ainda chorando e eu vendo Insta. Eles foram embora e foi assim que a minha tarde foi completamente destruída.
Edit: Recebi a notícia que a menina mudou de escola.
submitted by Le0nardowest to TurmaFeira [link] [comments]


2020.09.15 00:08 netolokao Dúvidas sobre carga horária e intervalo para estagiário

Uma amiga minha está começando em um estágio, estágio que não é o obrigatório do curso.
Não entendo nada sobre o assunto, só gostaria de saber se é correto um estágio ter carga horário de 36h semanais, trabalhando das 8h até as 14h de segunda a sábado e sem disponibilizar horário para almoço, apenas um intervalo de 15 minutos.
submitted by netolokao to ConselhosLegais [link] [comments]


2020.09.07 12:47 Naakmuay Compra de carro - VFG

Olá a todos, vejo o meu carro a dar as últimas e eu bem estou a adiar a compra de um novo, contudo o tempo de tal está a chegar. Vejo várias campanhas, principalmente nissan ou Renault (mesmo motor / mesma credora) com campanhas de valor final garantido. Têm experiência com este tipo de realidade? Apesar de já ter lido aquilo gostava que alguém me explicasse, sem ser tudo um mar de rosas e contar apenas com vantagens... Pois ninguém dá nada a ninguém e não há almoços de borla. Obrigado
submitted by Naakmuay to portugal [link] [comments]


2020.09.01 18:18 Rubens322 Lift Chá Um Poderoso Emagrecedor Natural - Saiba se Realmente Funciona!

Lift Chá Um Poderoso Emagrecedor Natural - Saiba se Realmente Funciona!

Veja porque o Lift chá funciona tão bem para a perda de peso

Benefícios do Lift chá emagrecedor!
Por muitos anos, o glorioso chá foi elogiado como um ingrediente que ajuda na perda de peso, graças à sua capacidade de queimar gordura e, assim, eliminar quilos extras do corpo e uma classe profunda e de sabor agradável com um perfume de terra.
Beber o Lift chá luxuoso na hora certa fará com que você o ajude a perder peso, aumentando a queima de gorduras no corpo. É importante observar que beber chá extravagante na hora errada pode causar ganho de peso em vez de perda de peso. Uma hora depois de uma refeição é a melhor hora para beber um chá generoso com o objetivo de atingir a meta de emagrecer, para que a potência faça com que a gordura seja mais bem digerida no corpo e provoque a queima do excesso de gordura. No entanto, se você beber chá puro meia hora antes da refeição, o purê causará um processo inverso e pode causar ganho de peso, pois o processo de limpeza dos depósitos de gordura do estômago próximo à hora da refeição pode resultar em aumento do apetite e, portanto, ingestão de mais calorias.

Para obter a máxima eficácia na perda de peso por meio do chá de maconha, é importante beber apenas chá de maconha e não beber ao mesmo tempo outros chás chineses ou qualquer outro tipo de bebida, de modo que o efeito será melhor para a perda de peso.

A melhor forma de consumir o Lift chá

  1. Em primeiro lugar, você deve sempre ajustar sua dieta ao seu corpo e, em vez de tentar perder peso rapidamente, você deve perder peso gradualmente de uma forma mais saudável que dure por um longo período de tempo. Tal como acontece com muitos outros métodos tradicionais de perda de peso, beber chá de luxo ajuda na perda de peso se você continuar a beber, o efeito pode não ser visto imediatamente, mas com o tempo você notará um aumento nos níveis de energia e, eventualmente, também perderá peso.

  1. Enquanto você está tentando perder peso bebendo o lift chá, certifique-se de comer porções pequenas e saudáveis ​​ao longo do dia, como saladas, frutas frescas e vegetais, e reduza os alimentos semelhantes no jantar.

Depois de atingir seu peso ideal, você pode retornar gradualmente à sua dieta normal enquanto bebe um chá luxuoso que o ajudará a manter seu peso ideal.

  1. Como em qualquer programa de perda de peso, a melhor maneira de obter resultados de perda de peso por meio do chá de maconha é combinar a ingestão do chá com a adesão a uma dieta saudável e exercícios. Ao começar a incorporar a ingestão de chá artificial à sua dieta para perder peso, você pode sentir uma sensação de fome que pode ser aliviada comendo frutas frescas, saladas ou vegetais frescos. Assim que seu estômago começar a se acostumar com a dieta, você não sentirá mais fome alguma.

Um chá em pó fará você se sentir satisfeito?

Muitas pessoas se perguntam por que o chá elaborado pode causar sensação de fome em algum momento. Isso ocorre por causa do tempo de digestão do corpo
Mudanças ao beber chá extravagante como parte da dieta diária. Os carboidratos são digeridos mais facilmente no estômago e a digestão dura no total uma hora a partir do final da refeição. A digestão da proteína leva mais tempo do que a digestão dos carboidratos e dura um total de número Q.
Aveia e gordura são as de digestão mais lenta e seu tempo de digestão é o mais longo. Na verdade, o processo de digestão no corpo pode levar até três ou quatro horas após uma refeição para completar o processo de digestão da gordura. O chá em pó ajuda a perder peso, aumentando a velocidade de digestão.
O Lift chá acelera o movimento da gordura do abdômen para o cólon e, portanto, a gordura não será absorvida pelo corpo. A energia também pode ajudar na perda de peso de muitas outras maneiras, além de aumentar a velocidade da digestão. Ao beber chá puro, a queima de gordura corporal aumenta, mas também aumenta o nível de fome, por isso é importante prestar atenção em comer três refeições com uma quantidade razoável de calorias e, assim, tentar controlar o aumento do apetite. Você também deve tentar não comer alimentos com uma alta porcentagem de gordura, pois a capacidade do chá de bule de remover a gordura do estômago e dos órgãos digestivos é limitada a uma quantidade razoável de gordura.

Como beber o Lift chá corretamente para perder peso?

  1. Se você bebe o lift chá puro para perder peso e manter um peso saudável, é aconselhável substituir todas as bebidas que bebe por chá puro, incluindo sopas e água. Você pode continuar a comer a variedade de alimentos que costuma comer.
  2. Os dois tipos de chá Fuer - natural e antigo são excelentes para a perda de peso, mas afetam o corpo de uma maneira diferente. Recomenda-se combinar os dois tipos de chás elaborados na alimentação diária. De manhã recomenda-se beber uma cerâmica antiquada que aquece e depois do almoço deve beber potássio natural para aumentar a queima de gorduras. Após o jantar, recomenda-se beber um chá envelhecido e antiquado e assim você perderá peso de forma eficaz e saudável.
    1. Se você estiver em uma festa ou evento social e quiser manter o peso, é importante beber um chá delicioso o mais cedo possível antes da refeição, para queimar gordura e limpar as toxinas e a gordura da barriga.
Fonte!
#liftchá #liftcháfunciona
submitted by Rubens322 to u/Rubens322 [link] [comments]


2020.09.01 16:21 Galah2708 Um mico durante o almoço.

Estava de boa revendo os vídeos do Luba, quando na playlist começa o vídeo de micos com famosos, bem... não sei se micos com namorado famoso conta, meu namorado basicamente é conhecido no meio otaku pelos vídeos de analise de animes (não irei divulgar nomes aqui), no final do ano de 2018, fui passar uns dias na casa dele, lá pro 1° dia, fomos preparar nosso almoço, eu plena era a primeira vez que iria preparar algo junto dele, e não queria fazer feio, mas digamos que desperdicei uma panela inteira de arroz, bem, eu como boa garota de interior que nunca viu uma panela elétrica de arroz na vida, fui ajudar, e ele me entrega a parte de dentro da panela, e me solta a seguinte frase: "Joga la dentro" era a parte de dentro da panela, era apenas encaixar a ligar, mas a criatura aqui, literalmente jogou o arroz na parte de dentro da panela, ainda que não estava com água pois iriamos apenas requentar o do dia anterior, e tinha muito ainda, desperdicei tudo praticamente, pois quando ele viu, eu já tinha colocado todo arroz lá dentro. E ele ficou rindo da minha cara por um bom tempo, admito que até lacrimejei um pouco, e ele tentou me acalmar.
Hoje em dia damos muitas risadas desse dia, e nunca mais cometi a cagada de fazer isso numa panela elétrica.
submitted by Galah2708 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.26 15:02 HanSolo100 A teia do Benfica

A TEIA DO BENFICA
Sobre a rede de interesses e de influências que gravita em torno do nosso Clube e estrangula o desenvolvimento do Sport Lisboa e Benfica
“O maior castigo para aqueles que não se interessam por política, é que serão governados pelos que se interessam.” — Arnold Toynbee
A citação acima relembra que todos, enquanto Benfiquistas, temos as nossas responsabilidades e não devemos deixá-las para outros sob qualquer pretexto. Esta lembrança torna-se ainda mais importante quando em causa está o nosso maior amor, O Benfica!
As relações de Poder estão por toda a parte, inclusivamente na esfera da nossa vida privada. Neste caso em particular, a esfera do Sport Lisboa e Benfica. Esfera essa que tem vindo a ser corrompida, sobretudo de 94 em diante, até aos dias de hoje em que enfrentamos consequências de vária ordem que colocam em causa todo o potencial deste gigante clube.
PREÂMBULO
No sentido de verificar e validar o que doravante apresentaremos, contactámos um historiador, Benfiquista insuspeito, salvo-conduto da nossa história e dos nossos valores que, confrontado com os dados inicialmente lançados para cima da mesa, nos disse, ipsis verbis, o seguinte:
ü - “tudo começou com a primeira máfia do futebol português, pois eles funcionam como a máfia, adiantavam dinheiro para manter os clubes presos, e essas pessoas, de que falamos, foram agentes ao serviço dessa máfia do norte, dos direitos televisivos (…) foi aí que tudo começou”, disse, referindo-se à Controlinveste, grupo empresarial dos irmãos Oliveira (António e Joaquim), proprietários da Olivedesportos.
Quer isto dizer que, nas últimas décadas de vida do nosso Clube, o revisionismo histórico tem sido um instrumento useiro e vezeiro e que a narrativa que nos tem sido vendida, afinal, é um logro que nos impede de ter uma percepção da realidade que nos permita defender o Clube e traçar-lhe o destino que é seu e que Lhe tem sido negado.
Esta investigação teve como mote o almoço anual onde participam algumas figuras que iremos abordar mais adiante. Coube, este ano, a Francisco Cortez organizar o que decorreu no passado dia 18 de julho de 2020, em Coruche. Sabidos os nomes que nele estiveram presentes, tocaram os alarmes e, ao juntar as pontas de um intricado novelo, ficou patente um elitista almoço, contrário à génese do que é o Benfica, e cujos participantes têm para si a assunção de direitos-naturais sobre o Benfica e, claro está, o seu controlo.
Antes deste evento ter lugar, assistimos à criação de uma elevada expectativa, para um messias que estaria para chegar. Propositada e estrategicamente posta em prática, a preparação para a entrada em cena de João N. Lopes foi durante semanas acompanhada de soundbytes como “fortíssima base de apoio, num projeto imponente”, nos termos de Adão e Silva, e teve como palco, como seria de esperar e com bastante tempo de antena, a Sporttv+.
Foi desta forma que, naquele espaço televisivo, foi continuada e reiteradamente anunciada, permeio de forte suspense, com pompa e circunstância a chegada de um presumível predestinado a assumir os destinos e a presidência do Benfica. A Sporttv +, de Joaquim Oliveira, não olhou a meios e disponibilizou, semanalmente, amplo tempo de antena.
Tudo isto, estrategicamente preparado para parecer extraído de um conto de fadas. Toda esta mediatização não mais foi do que uma forma de mascarar um cheiro a bafio que conspurca o Benfica há cerca de 30 anos. Uma história falsa que nos querem impingir, uma versão repetidamente contada, empolada e amplamente romanceada para mascarar a podridão com que nos presenteiam há décadas.
A reboque do almoço elitista, lembremo-nos que o Benfica é, e sempre foi, um Clube de origens populares, que sempre rejeitou as elites e cuja transparência das suas práticas democráticas sempre prevaleceu mesmo em contexto de regime autoritário, de Salazar.
A ORIGEM
Importa, pois, contextualizar todo o processo que adiante exporemos.
Manuel Damásio, o 1.º ensaísta de um Benfica das elites, deixou o Sport Lisboa e Benfica de rastos por meio de uma gestão profunda e reconhecidamente danosa que deixou o Benfica profundamente vulnerável a um homem que se soube aproveitar dessa vulnerabilidade estrutural do Benfica para nele entrar.
João Vale e Azevedo foi o que foi, um engenhoso autocrata. Ainda assim, se mérito há que deve ser reconhecido a João Vale e Azevedo (JVA), foi a coragem deste para ter rompido com a máfia do norte que mantinha o Benfica refém devido aos direitos televisivos, via Olivedesportos. Recorde-se, nesta altura estava-se em pleno processo de revolução e expansão do mercado de transmissão audiovisual de jogos de futebol.
A reação da Olivedesportos ao rasgar do contrato, assinado por Damásio em março de 1996, levado a efeito por JVA, não se fez esperar. Porventura, já precavendo aquilo que anos mais tarde se veio a confirmar, quando o acórdão do Tribunal da Relação veio conferir razão às pretensões do Benfica ao declarar a nulidade do contrato com a Olivedesportos, esta, rapidamente gizou e colocou em prática um meticuloso plano para recuperar e conservar o monopólio dos direitos de transmissão televisiva do 1.º escalão do futebol profissional.
A Olivedesportos foi, nunca é demais recordar, comprovadamente, desde logo, no âmbito das escutas do processo "Apito Dourado”, a cabeça e principal braço de uma organização criminosa que dominou o futebol português durante décadas com recurso a esquemas de corrupção altamente elaborados e enraizados nas estruturas de poder do futebol português.
É então que a família Oliveira, com recurso ao auxílio de meia dúzia dos mais argutos agentes ao seu serviço, resolve lançar uma ofensiva muito bem planeada para recuperar a influência sobre o Benfica, Clube sem o qual perderia o monopólio dos direitos televisivos, bem como o exercício de domínio total do futebol nacional e das respectivas estruturas de decisão.
Os mais destacados agentes escolhidos pela família Oliveira para materializar o insidioso plano, meticulosamente desenhado, foram, por diversas e estruturais razões, três pessoas da máxima confiança de Joaquim Oliveira. Tendo sido eles, Luís Filipe Vieira, Luís Seara Cardoso e Tinoco de Faria.
O objectivo primordial passava, pois, por estes recuperarem os direitos de transmissão televisiva das partidas de futebol do Benfica para a Olivedesportos, com quem JVA havia rompido.
Recorde-se que Luís Filipe Vieira e Luís Seara Cardoso tinham histórico de grande proximidade ao poder corrupto do norte. Ainda recordar Tinoco de Faria, representante da RTP/Olivedesportos na disputa com o Benfica sobre direitos televisivos, cuja ética se comprovaria deficitária, mais tarde, no caso do conflito de interesses entre Benfica e TBZ, das quais era simultaneamente representante. Eram os homens indicados para interpretar e materializarem os interesses dos irmãos Oliveira no Benfica.
Acontece que cedo perceberam, juntamente com Vítor Santos e outros nomes que compunham o outro lobby interessado no Poder do Benfica, o lobby do betão, que Luís Filipe Vieira, por variadíssimas razões, não teria capacidade para destronar JVA em eleições, pelo que, em consonância com o lobby do betão, havia que encontrar uma solução de bypass. Isto é, encontrar alguém com mínimos de perfil que anuísse em vencer as eleições, frente a JVA, no ano 2000, para em seguida transmitir o poder ao seu principal homem de confiança, Luís Filipe Vieira.
A solução encontrada para dar início à operacionalização do plano passou, pois, por Manuel Vilarinho. Ele que já havia estado no Benfica como diretor financeiro da desastrosa direção presidida por Manuel Damásio e que se predispunha, de resto, como o próprio já assumiu publicamente, a assumir as expensas de derrotar JVA, para, uma vez conquistado o poder no Benfica, em seguida transmiti-lo a Luís Filipe Vieira.
E assim foi. Em, simultaneamente, boa hora por um lado, e má hora por outro lado, Manuel Vilarinho derrota JVA com recurso a um discurso profundamente populista, à geração de imensas e falsas expectativas junto dos associados, com recurso à promessa fácil de trazer Mário Jardel que ficou, no entanto, por cumprir integralmente.
Foi, ainda assim, e para o que para eles verdadeiramente importava, eficaz, e escancarou as portas a quem sempre obedeceu, tendo levado para dentro do Benfica, precisamente, quem estava previsto levar com ele. Recorde-se, Luís Seara Cardoso e Tinoco de Faria.
LFV, esse, entrou meses mais tarde, tendo aproveitado esse hiato para resolver algumas pendências e lançar as bases para outras dependências estruturais, após a sua entrada, como se verificou, nomeadamente, com o corredor de transferências entre o Alverca e o Benfica, e vice-versa. A fazer lembrar o protocolo de parceria que havia assinado com Damásio quando ainda era dirigente do Alverca, mas a um nível completamente diferente e lesivo para o Benfica.
Mas sobre LFV já muito foi dito e escrito, cabendo agora ao julgo popular e das autoridades avaliar tudo aquilo que foi feito. Ao dia de hoje, só se deixam enganar os atingidos por uma profunda cegueira, que confunde Vieirismo com Benfiquismo, pelo que, passemos, portanto, a elencar e desmistificar aquilo que aqui nos traz.
Em outubro de 2000, Manuel Vilarinho vence as eleições e herda um Benfica que tinha rasgado o contrato com a Olivedesportos e outro, financeiramente muito mais vantajoso, deixado acordado com a SIC, por JVA.
É então que Manuel Vilarinho, Luís Seara Cardoso, este umbilicalmente ligado ao poder corrupto, e Tinoco de Faria, resolvem, por assim dizer, devolver os direitos de transmissão televisiva dos jogos do Benfica à Olivedesportos, não obstante o acórdão do Tribunal da Relação, entretanto, ter vindo dar provimento às pretensões do Benfica na quebra unilateral de contrato com a Olivedesportos, levada a efeito por JVA.
O Benfica, recorde-se, vivia uma penúria financeira sem precedentes, JVA havia negociado um contrato financeiramente muito mais vantajoso com a SIC e, estes senhores, agentes ao serviço do poder-corrupto, resolvem devolver os direitos à Olivedesportos servindo-lhos numa autêntica salva de prata.
As questões que ficam por colocar, entre muitas outras, são:
  1. Uma vez que o Tribunal decidiu em favor das pretensões do Benfica, dando-nos razão no diferendo que nos opunha aos interesses dos Oliveira, por que razão a Direcção do Benfica não aproveitou o momento e o enquadramento legal favorável para negociar um novo contrato?
  2. Que razões presidiram à decisão de não promover novas negociações ou um concurso entre os demais agentes presentes no mercado televisivo e, considerando a dificílima conjuntura financeira do Benfica, à data, porque não consideraram entregar os direitos de transmissão televisiva à proposta financeiramente mais alta?
  3. Estando a Olivedesportos já amplamente identificada no seio do universo benfiquista como o “ grande inimigo”, que nos queria destruir, por que razão se privou o Benfica de outras valências financeiras para enfrentar o futuro, que tão doloroso foi, para se ir entregar assim, sem mais, os direitos de transmissão às mãos do inimigo, à Olivedesportos, sem apelo nem agravo?
  4. Quem foram as partes interessadas neste desfecho?
  5. Quem lucrou com tão danosa e dolosa decisão de gestão?
O Benfica, caras e caros benfiquistas, com terminante certeza, não foi!!
O Benfica foi perturbadora e vilmente prejudicado!!
Resultado?
O Benfica passou pelas maiores amarguras e dificuldades financeiras da sua história a expensas desta decisão, de entregar numa bandeja os direitos televisivos aos irmãos Oliveira. Assim, sem mais, depois do Tribunal ter decidido no sentido que permitia ao Benfica libertar-se do garrote financeiro com que se debatia aviltantemente. Resultado disto, o FC Porto, coincidentemente, conheceu a sua década de maiores conquistas desportivas, nomeadamente, no plano internacional, enquanto se passeava por entre óbvias e concedidas facilidades nas provas domésticas.
OS INTÉRPRETES
Mas… há mais. Muito mais.
Prova disso mesmo são os incontáveis registos fotográficos só possíveis de obter por via da enormíssima vaidade pessoal e tendência para a ostentação nas redes sociais de Luís Seara Cardoso.
Mas, é só isso? - Perguntar-se-ão.
Não, muito longe de ser apenas isso. Não obstante a comprovada intimidade com o poder corrupto em registo fotográfico, assim bem como artigos produzidos que consubstanciam tudo isto. Existem registos oficiais.
Por registos oficiais, entenda-se, registos, por ex., em Diário da República.
E o que nos provam esses registos? Comprovam que coincidentemente com, pelo menos, todo o 1.º mandato de Seara Cardoso como Vice-presidente do Benfica, este mesmo Luís Seara Cardoso partilhou responsabilidades societárias com Adelino Caldeira e Angelino Ferreira, já à data homens do topo da hierarquia do FC Porto, numa sociedade denominada “Clube Imobiliário o Beco, SA”.
https://benficalivre.blogspot.com/2020/08/A-Teia-do-Benfica-1.html
submitted by HanSolo100 to benfica [link] [comments]


2020.08.25 22:05 judyloren o dia mais triste da minha vida

19 de março de 2018.
eu acordei cedo para ir a escola, me arrumei rápido, tomei café e mal conversei com a minha mãe, porque eu estava sempre atrasada. ah, se eu pudesse voltar nesse momento, teria dito que a amava e daria um grande abraço nela... após a aula, cheguei em casa e a vi fechada. entrei e, de fato, não tinha ninguém, fui a cozinha e vi que os alimentos para o almoço estavam todos sobre a pia; fui até o quarto da minha mãe e não a encontrei, entretanto vi sangue no chão. a princípio não entendi nada, pensei que tivesse sido a minha gata que se machucou ou algo assim... mas não, em seguida recebi uma ligação do meu pai dizendo que minha mãe teve um avc e estava internada em estado gravíssimo. naquele momento eu não tive reação, eu não consegui nem chorar de tão assustada que eu estava, eu não sabia o que fazer, a minha querida mãe... isso não podia estar acontecendo. os dias seguintes foram os piores que eu já vivi, não consigo mensurar o quão ruim foi ver minha mãe em coma, cheia de tubos... minha cabeça e olhos doíam de tanto chorar, eu não aguentava mais aquilo, queria poder acordar e ver que era apenas um pesadelo. foram longos 32 dias de internação, 32 dias sem ouvir a sua voz... eu sonhei duas vezes com ela nesse meio tempo, em um ela me pedia para não abandoná-la, e no outro eu perguntava "mãe, quando você vai acordar?"... felizmente ela abriu os olhos, mas as circunstâncias não eram favoráveis, os médicos disseram que haveriam muitas sequelas. até hoje ela não consegue falar, andar, um lado do corpo dela paralisou completamente, é uma situação muito triste. um dia eu perguntei para ela "você sabe quem eu sou?", e as expressões que ela fazia eram como se ela não se lembrasse de mim, uma mãe não reconhecer a própria filha, como isso doeu... apesar disso, com o tempo, ela melhorou aos poucos, conseguimos nos comunicar, mais ou menos, por gestos, as coisas estão seguindo um bom rumo... eu que cuido dela todos os dias enquanto meu pai trabalha, por isso não estou estudando, não tenho um emprego, isso me deixa um pouco triste, sinto que fiquei "para trás", mas sei que é por uma boa razão. enfim, só queria desabafar, não é fácil lidar com isso, mas eu sou obrigada a permanecer forte porque minha mãe precisa de mim.
sempre demonstre afeto para com os seus pais, a vida é uma coisa tão frágil, devemos dar valor antes que seja tarde demais...
submitted by judyloren to desabafos [link] [comments]


2020.08.20 13:43 benevhides O dia que mijei na Lan House

Bom dia, pessoas, papelões que já não devem nem existir, gatas, pai do Luba, possivel convidado e todos que estão a ver.
Essa história é de quando eu estava no inicio do ensino médio, estudava no melhor colégio da cidade e uma das coisas que davam esse status a ele era a quantidade enorme de disciplinas na grade. Por essa razão muitas vezes tínhamos atividades em dois turnos e as vezes até nos fins de semana. Como eu morava longe do colégio sempre que tinha atividade em turno oposto eu ficava no próprio colégio, andava pela vizinhança após a aula da manhã, almoçava num restaurante próximo e tomava banho no vestiário do colégio antes das aulas da tarde.Muitas vezes entre a aula da manhã e a da tarde eu ia em uma lan house perto da escola para jogar Ragnarok. O Ambiente da lan house em si não tinha banheiro, mas a casa da dona era em anexo a Lan.
No famigerado dia eu cheguei na Lan House por volta das 10:30 da manhã, paguei por 2 horas de jogatina e comecei a jogar, havia apenas um ou menino lá mais que eu (entre 10 e 12 anos), a mulher nos deixou nos computadores e foi pra casa, ela estava cozinhando o almoço, enquanto isso o tempo do menino terminou e ele simplesmente saiu do computador e foi embora, nesse período eu comecei a ficar com muita vontade de fazer xixi, realmente muito apertado, perdi a concentração no jogo, cruzava as pernas tentando segurar até meu tempo terminar (sei que podia pedir pra usar o banheiro da casa da dona da Lan, mas eu era muito tímido para isso), tentei segurar o máximo que pude, mas não deu, terminei mijando ali sentado mesmo na cadeira, o suficiente para aliviar a dor na beixiga.
Quando percebi o que tinha feito, fiquei desesperado, procurei pela Lan um pano para limpar a cadeira (que era de plastico e por isso tinha ficado empoçado um pouco de urina), porém não havia um pano por perto, então simplesmente tive a ideia de trocar de cadeira pela que estava do meu lado (que coincidenemente era a que o menino estava sentado antes de ir embora), sentei na cadeira limpa e minha bermuda que era de Lycra, secou muito rápido.
Por fim quando a dona da Lan veio dar uma olhada ela viu a poça de urina na cadeira, ela ficou puta pensando que o outro menino tinha mijado ali e ido embora por isso, me perguntou se eu tinha visto algo e neguei me fazendo totalmente de desentendido, depois disso quando terminou meu tempo na Lan eu fui pro colégio tomar um banho e trocar de roupas, ninguém nunca soube que a culpa na verdade foi minha e o garoto provavelmente levou uma bronca quando voltou na Lan House.
É isso, espero que gostem, nunca contei essa história até hoje, abraços a todos <3
submitted by benevhides to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.17 14:30 jogadoria O problema de se planejar para um futuro que pode nunca chegar

Moderação, antes de qualquer coisa peço desculpas se o tipo de conteúdo não for adequado ao sub. A mensagem vai ter um tom bem de desabafo, mas acho que dá pra estimular também uma boa discussão.
Pois bem, recentemente perdi um amigo de infância. O cara era super tranquilo, gente boa, ajudava todo mundo... Mas a parte que cabe aqui é que ele era adepto daquele FIRE (Financial Independence, Retire Early) - ele estava com 28 anos e a meta era se aposentar aos 40. Programador autônomo, da última vez que conversamos ele estava tirando pouco mais de 10 mil por mês, e como a área permite ele trabalhava já desde a época do colegial e não precisou "perder tempo" (entre aspas por motivos óbvios) com faculdade. Como sempre foi adepto desse FIRE sabia que não ia conseguir contribuir por tempo suficiente para receber uma aposentadoria do governo, então nunca contribuiu para a previdência. A meta era acumular um patrimônio de pelo menos 2 milhões até lá, e desses já tinha 1 milhão e pouquinho (mas nesse ritmo acho que dava pra chegar nuns 3, talvez 4?).
Ele levava uma vida bem frugal e trabalhava mais do que eu considero saudável a fim de maximizar os aportes. Abria mão de várias luxos - não tinha carro e mesmo Uber só pegava em situações extremas/urgentes, no geral fazia tudo de bicicleta (quando era perto) ou transporte público (quando era mais longe); dava bastante atenção pra alimentação, atividades físicas e saúde em geral, mas sem gastar dinheiro com restaurante, comidas caras ou academia; não costumava viajar porque assim além de não gastar dinheiro ele não deixava de ganhar; também não tinha plano de saúde, arriscava no SUS; morava com a avó pra dar uma força mas também pra economizar algumas centenas com aluguel.
Até que num assalto tudo isso acabou. Estava voltando pra casa numa noite (a pé), uma moto parou ao lado dele e mandou entregar as coisas. Ele entregou a carteira e o celular, os caras arrancaram com a moto e foram embora. Tudo muito rápido, menos de 30 segundos. Uns 50 metros à frente fizeram o contorno, voltaram, o garupa deu dois tiros nesse meu amigo (um pegou no ombro e o outro na nuca) sem qualquer aviso ou motivo (simplesmente atiraram) e seguiram seu caminho. Meu amigo ficou lá, caído no chão, e morreu antes de qualquer socorro chegar (eu particularmente torço pra que tenha sido instantâneo). Pelas imagens de uma câmera de segurança que registrou a ação ele não teve qualquer tipo de reação - entregou tudo numa boa e após a ação estava inclusive indo embora no sentido contrário ao que os bandidos estavam fugindo. Os caras estavam de capacete, então provavelmente não foi pra não ter reconhecimento ou coisa do tipo. Sei lá, apenas resolveram que tinham que (queriam?) fazer aquilo.
Aí eu penso - como você vai se preparar pro futuro quando você vive num lugar onde você não sabe se terá um futuro? É claro que mesmo vivendo no Canadá, na Noruega ou na Nova Zelândia você pode morrer prematuramente, mas sem dúvida as chances são infinitamente menores do que num país como o Brasil. Eu sinceramente vejo isso como um tipo de investimento de risco considerável - você pode escolher viver o agora sem pensar no amanhã, fazer tudo o que quer fazer, gastar com o que quer gastar; se morrer amanhã pelo menos você aproveitou a vida, mas se chegar aos 80 anos como vai fazer? E aí tem o outro extremo, que é se abster de viver o agora pensando em viver a vida perfeita no futuro - se você viver até os 100 anos, perfeito, tudo saiu conforme o planejado; se tomar uma paulada na cabeça amanhã e ficar tetraplégico numa cama de hospital provavelmente ficará pensando em tudo o que queria fazer e podia fazer mas não fez pra poder fazer depois.
Eu particularmente tento ficar no meio termo, talvez um pouco mais voltado pro planejamento futuro, mas porque meu estilo de vida naturalmente ajuda nisso - eu não curto barzinho e balada, então não gasto com isso; não faço o tipo social, então não fico gastando com almoços com os colegas de trabalho e churrascos na casa de amigos; não sou de sair e moro perto do trabalho, então consigo me virar sem um carro (apesar de que ter um na garagem realmente traz uma paz de espírito que eu sinto falta); meus gostos são naturalmente baratos como dar uma relaxada no parque ou aprender alguma coisa nova... Então no fim eu realmente consigo economizar metade do meu salário sem grandes sacrifícios mesmo ganhando pouco mais de 3000 Reais líquidos por mês e vivendo na região metropolitana de São Paulo. Sei que isso vai exigir que eu trabalhe até os 60, 70 anos. Sei que isso vai permitir que eu apenas mantenha o padrão de vida que tenho hoje (ainda mais que eu tenho um perfil mais conservador então os rendimentos não serão lá aquela maravilha de dobrar o investimento original a cada década) quando me aposentar. Mas pelo menos eu garanto que (se tudo sair conforme o planejado) nenhum período da minha vida será uma merda, será de mera existência, aquela coisa que você só segue em frente porque pensa "no futuro, quando eu me aposentar...". É claro que se eu chegar a 2060 eu provavelmente vou me arrepender de não ter economizado um pouquinho mais, de não ter aberto um pouquinho mais de mão do meu tempo livre pra ganhar um pouquinho mais de dinheiro, mas aí paciência, né, também não tô disposto, agora, a pagar pra ver.
E vocês, qual sua visão/opinião sobre esse assunto?
submitted by jogadoria to investimentos [link] [comments]


2020.08.14 09:54 AlexCristian69 Quanto custa um cafezinho onde você mora?

Sou do Brasil e hoje de manhã saí sem comer e parei em uma lancheria para tomar um café com leite e um pão de queijo. Paguei apenas 3 reais em um bom café com leite e um pão de queijo ok. Achei barato e fiquei me perguntando o quanto custa um café onde vocês moram? Comem algo no café da manhã (acho que chamam de pequeno almoço, não?)?
submitted by AlexCristian69 to portugal [link] [comments]


2020.08.13 22:36 No_Guarantee443 Glicozol Funciona ?

Glicozol Funciona ? [ Desconto Exclusivo ]
Suplemento Nutracêutico de Alta performance que Controla a Diabetes Naturalmente – COMPROVADO! Glicozol FUNCIONA
Bem-vindo a este artigo. Se você chegou a este ponto, é porque definitivamente está procurando maneiras de controlar o diabetes, não é? Bem, devo dizer-lhe, você veio ao lugar certo! Antes de começar, vamos entender o conceito básico do que é diabetes, para que assim possamos entender como o glipizol controla o diabetes.
O que é Diabetes?
Segundo o Ministério da Saúde, o conceito é objetivo. “O diabetes é uma doença causada pela produção ou má absorção de insulina. A insulina é um hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. A insulina é um hormônio que tem função de decomposição. A molécula de glicose (açúcar) a converte em energia para manter as células do nosso organismo. "
O que é Glicozol?
O GLICOZOL é um suplemento alimentar em cápsula feito a partir de matéria-prima importada e 100% natural, que pode controlar a regulação da glicose e do pâncreas na liberação de insulina.
Glicozol é seguro à saúde?
Sim, recomendamos totalmente o uso do Glioxol por não ter efeitos colaterais e por ser feito de matérias-primas naturais, portanto a compra e o uso deste produto não são restritos por receitas médicas.
https://nutri-medi.com/glicozol-funciona/
Como Glicozol Funciona?
O glizolizol atua atuando na suposta diminuição do nível de açúcar no sangue e, portanto, atua na diminuição do diabetes. O etilenediazol atua nas células de Langhergs do pâncreas e, mais especificamente, nas células Betas. Como essas células liberam insulina regularmente, o diabetes será totalmente controlado.
Quais os Benefícios de Glicozol?
E o melhor de tudo Glicozol é aprovado pela ANVISA
>>Comprar Glicozol Com Desconto<<
Qual o segredo que faz o Glicozol ser o número 1 em vendas do Brasil?

Quando o assunto é um controle diabético, o glizolizol é absolutamente excepcional. Além disso, o Glizolizol foi autorizado pela ANVISA e pelo Ministério da Saúde, e atualmente ocupa o primeiro lugar no controle do diabetes. Ao contrário de outros produtos do mercado, o Glizolizol é muito eficaz porque controla a libertação gradual dos níveis de insulina de uma forma específica, pois tem ingredientes 100% naturais e contém ingredientes e fórmulas únicas.

Dessa forma, alguns ingredientes cuidadosamente selecionados após anos de pesquisa podem trabalhar juntos para garantir a liberação gradual e de longo prazo de insulina nas células humanas, e de forma rápida e eficaz. Portanto, garantindo assim o controle adequado do diabetes. Além disso, são totalmente naturais e não farão mal à saúde
Por que tomar Glicozol?

O diabetes é uma das maiores causas de morte no planeta, não é fácil se livrar dele, não é? Nesse sentido, o Glicozol está no mercado e trabalha com uma fórmula única que lhe trará muitos benefícios, entre eles o controle da liberação de insulina e consequentemente o controle do diabetes.

Atualmente, são várias as doenças causadas pelo diabetes, entre elas cegueira noturna, dificuldade de cicatrização, hipertensão, hipercolesterolemia, oxidação celular e, nos casos mais graves, perda de visão ou mesmo amputação. Portanto, se você mudar de diabetes, use Glycozol para controlar de forma rápida e gradual sua condição.
Quais os Malefícios a Diabetes podem Causar?
O diabetes é atualmente uma das doenças mais difíceis de curar, mas existem inúmeros tipos de medicamentos e suplementos dietéticos que podem controlar os níveis de açúcar
no sangue acima do normal, proporcionando assim uma qualidade de vida acima da média. Portanto, o glioxal pode controlar esta doença.
Nesse sentido, o desequilíbrio glicêmico causado pela baixa liberação de insulina pode evoluir para diabetes, apresentando diversos riscos à saúde humana.
GLICOZOL tem uma fórmula natural sem efeitos colaterais. O produto é adequado para todos os públicos. Além disso, para os idosos, pessoas que tenham doenças congênitas ou que façam uso regular de determinados medicamentos, é necessário consultar um médico antes de começar a usá-los. Além disso, é um produto totalmente seguro, lançado pela ANVISA, com fórmula 100% natural. O GLICOZOL não contém glúten.
Glicozol é Aprovado pela Anvisa?
Além de ser um produto 100% natural, o GLICOZOL está de acordo com todas as normas da agência nacional de vigilância sanitária (ANVISA).
AUT. ANVISA: 6.04.572-1
REG. MS 6.4572.0068.001- 5
Qual a reputação do produto no Reclame Aqui?
O Glicozol foi totalmente aceite pelos seus utilizadores, fiz uma pesquisa detalhada no site oficial de reclamações aqui, por favor verifique os seguintes resultados. No entanto, até o momento, não houve reclamações com relação à validade, prazo de entrega e outras reclamações.
Além disso, o excelente feedback se deve à alta qualidade do produto, aliada ao atendimento eficiente e à equipe de logística, a Nikokit Caps não tem reclamações no Reclame Aqui, e esperamos que essa situação continuou por décadas.
Como Tomar Glicozol? Quanto tempo Glicozol demora para dar resultados ?
O GLICOZOL é usado três vezes ao dia, de preferência antes das refeições. É recomendado usar este produto continuamente por pelo menos 3 meses. Além disso, os resultados são visíveis no primeiro mês.
Sugestão: 1 Cápsula no café da manhã 1 Cápsula no Almoço e 1 Cápsula no Jantar. (Leandro Alves Farmacêutico - CRF/MT: 4463) Autor do Blog
Onde e Como Comprar o produto? Glicozol Funciona mesmo?
Sim, o Glicozol é vendido apenas no site oficial. Para adquirir seu produto, basta clicar no botão "Comprar" abaixo. Além disso, só vendemos neste site porque cada lote de estoque que recebemos se esgota rapidamente. As vendas não nos permitem vender em farmácias ou lojas de produtos naturais porque não podemos fornecer produtos de qualidade a todos os pontos de venda.
Observação: devido ao grande sucesso do lançamento, você será vítima de produtos semelhantes ou falsificados ao comprar produtos em outras lojas online, portanto, evite o Pirataria. Original do produtor!
Se o Produto não Funcionar pra mim? A compra tem Garantia? Glicozol Funciona
Sim, se por algum motivo você não gostar de Glicozol ou não conseguir o efeito desejado, reembolsaremos 100% do valor pago! Portanto, não há razão para que você não compre glioxal hoje!
Atenção: Não queremos apenas seu dinheiro, mas também a sua satisfação, portanto pode confiar somos os melhores !!
Qual a minha Opinião Sincera como Farmacêutico se Glicozol Funciona mesmo?
Para mim, como farmacêutico, posso falar de tudo. Na verdade, o Glizolizol é um suplemento nutricional de alta qualidade. Na verdade, é melhor para quem realmente precisa controlar o diabetes e ter uma melhora geral Muitas pessoas saudáveis ​​e com qualidade de vida apresentam resultados benéficos.
Além disso, como já foi dito, o glioxal possui ingredientes naturais em sua fórmula, que atuam juntos no controle da liberação de insulina do pâncreas, portanto, considera-se o controle total da glicemia (glicose com concentração sérica superior a 99 g / dl Prejudicial). As células do nosso corpo. Nesse sentido, o nível adequado de glicose circulando em nosso corpo é grato. Glicozol traz a solução para controlar os níveis de açúcar no sangue e diabetes.
Além disso, não tem efeitos colaterais além de ser completamente natural e não requer indicações médicas ou receitas. Você pode acreditar que somos o número um em vendas no Brasil! Portanto, agora você não tem nenhuma razão para não ingerir este poderoso alimento saudável. Portanto, garantimos fazer o nosso melhor em qualidade! ! !
submitted by No_Guarantee443 to u/No_Guarantee443 [link] [comments]


2020.08.13 03:50 violinha O porquê do cachorro quente paulistano ter purê de batata

Hoje eu vou dar uma aula magna sobre o porquê (sim, tem um) do cachorro quente do paulistano ter purê. Nasceu de uma necessidade socioeconômica, e não de um mero capricho gastronômico.
A geração dos nascidos entre 70-80 conviveu muito com o Vale Transporte/Passe Escolar em forma de bilhete. Era um tíquete de papel que, no mundo do comércio de rua de SP, logo ganhou status de dinheiro - e se você leu Crash, do meu amigo Alexandre Versignassi, sabe que dinheiro nada mais é do que um mero papel no qual as pessoas depositam sua fé de valor.
Não me lembro exatamente dos valores, mas era algo assim. Com a passagem de ônibus na casa do R$ 1, os Carros de Dog (empreendedorismo raiz) passaram a aceitar o VT pelo valor de R$ 0,50.
E na época, procurando em determinadas banquinhas que vendiam café e bolo na porta do metrô (empreendedorismo raiz) era possível comprar 10 passes por R$ 9, por exemplo. Bom negócio para todo mundo - não era legal, do ponto de vista jurídico, mas...
Pois bem, numa época em que ainda tínhamos medo da hiperinflação, ser muquirana era vital. Além do que, nós, universitários, saíamos de casa logo pela manhã para trabalhar e só voltávamos por volta de meia noite. A gente precisava fazer um jantar rápido. E mesmo os sortudos que tinham vale refeição não tinham valor suficiente para almoçar E jantar.
E logo percebemos que poderíamos ter um almoço satisfatório por apenas R$ 1 ou 2: o Dogão.
Na luta pelos clientes na hora do almoço, a "livre concorrência" dos dogões fez os empreendedores brigarem por seu market share, e para isso, começaram a embutir ingredientes no sanduíche. Salsicha extra, Repolho, vinagrete, milho, batata palha, queijo ralado, enfim...todo que tornasse a experiência do almoço o mais empanturrante possível.
Comer isso sem derrubar era uma tarefa impossível. As sarjetas eram repletas de bolotas de repolho, vinagrete, batata palha e maionese.
Eis que um gênio disruptivo e, infelizmente, anônimo, teve a grande sacada do purê de batatas. Não só serviria como uma liga que manteria todos os ingredientes estáveis dentro do pão, como ainda acertou em cheio a necessidade de satisfação da clientela, que voltava aos postos de trabalhos de pança cheia e sem necessidade de outra iguaria até a hora da faculdade (e, claro, isso explica porque não existiam abdomens six-packs naquela época).
E é por isso que o purê de batata existe no dogão paulistano, por uma questão social. E é por isso que compará-lo com o ketchup na pizza não passa de uma falsa simetria insensível e elitista.
Aceitem minha verdade sem questioná-la. É a vida.
É kibado da rede social ao lado, mas não posso colocar o link.
submitted by violinha to brasil [link] [comments]


2020.08.10 06:28 krncrds Hoje percebi que sou uma das únicas solteiras em todos os meus grupos sociais

Durante o almoço (por videoconferência) de dia dos pais hoje, minha avó comentou que toda família tem alguém eternamente solteiro, e que da nossa provavelmente seria eu. Isso doeu um pouco e me deixou reflexiva ao longo do dia.
Tenho 32 anos, meu irmão do meio mora com a namorada e minha irmã mais nova está noiva. Meu último relacionamento foi há 4 anos. Eu sinto falta de ter alguém ocasionalmente, mas no geral tenho outras preocupações mais urgentes, como estabelecer carreira numa nova área, estudar e me recuperar financeiramente de algumas decisões ruins que tomei nos últimos 2 anos e me deixaram endividada.
Só que nessas reflexões, eu percebi que tenho só duas amigas solteiras. De mais de 30 nomes que consegui pensar de pessoas próximas, de várias idades e com quem socializo regularmente, são apenas essas duas (uma recém separada e a outra que mudou pro exterior há um ano). E percebi que todo rolê geralmente envolve vários casais e eu.
Isso me deu uma sensação ruim de fracasso e de estar ficando pra trás. Parece que tô lutando por algo que a maioria das pessoas já resolveu aos 20 e poucos (sair da casa dos pais, não ter dividas, ter uma carreira) e não vai dar tempo de encaixar relacionamento, família e filhos etc, porque eu tô velha já e perdi o timing de fazer as coisas na minha vida.
Provavelmente não é verdade, mas sei lá. Não consigo ver de outra forma nesse momento. Obrigada a quem leu.
submitted by krncrds to desabafos [link] [comments]


2020.08.06 06:08 denesfernando Sou Babaca Por Querer Que O Namorado Da Minha Amiga Não Passe Mais A Quarentena Aqui E Volte Pra Casa Dele?

Olá Luba, editores, gatas e Turma. Essa história que vou compartilhar aqui é recente, ainda estou tratando em terapia, mas ela começa um pouquinho lá atrás.
Um ""pouco"" de background para situar a todos de onde tudo isso começou.
Em 2013 comecei namorar um cara que vou chamar de Karen, por ele ser muito, mas muito CUSÃO (inclusive, ele se parece muito com você Luba e por vocês serem tão idênticos, eu passei um bom tempo sem assistir o canal, pois não conseguia te ver sem lembrar dele). Mas, enfim, em 2015 ele e o grupo da faculdade dele decidiram morar todos juntos em uma casa perto da faculdade, pois estava exaustivo para todos trabalharem em pontos distintos da cidade (São Paulo, para se alguém quiser se situar).
Então, em janeiro de 2016, eles se mudaram e eu ia para lá aos fins de semana, até que acabei me mudando para a casa em Junho do mesmo ano, no dia do meu aniversário.
Pois bem, foi uma fase horrível da minha vida por causa do meu ex, terminamos em maio de 2017 e tive que sair da casa. Esse meu ex era um abusador, um aproveitador, a pior pessoa que eu poderia ter conhecido na minha vida. Os abusos psicológicos que ele cometeu comigo, afetaram totalmente minha confiança e em como eu viria a me relacionar com outros caras, fora as crises de ansiedade que eu arrasto até hoje.
Mas então, eu fiquei amigo dos amigos dele da faculdade e em especial da Karls que virou minha melhor amiga.
Em 2017 eles terminaram a faculdade e em 2018 o contrato da casa venceu e eles finalmente poderiam se mudar, áquela altura ninguém suportava mais olhar pra cara do Karen.
Então, foi nesse momento, que a Karls e o Akarls me chamaram para vir morar com eles numa nova casa. Sem o Karen. E hoje nós três vivemos como uma família feliz com os nossos pets.
2019
Eu conheci um cara, eu vou chamar ele de Lars.
Lars e eu começamos a trocar mensagens, se conhecer, nos aproximarmos. Até então, antes dele, todos os outros caras que eu acabei ficando, não davam certo, (tem muito gay problemático nessa cidade). Mas Lars foi diferente, conforme nos conhecíamos, ele ia transpondo todas as muralhas que eu usava como defesa, pois meu maior medo seria voltar para um relacionamento abusivo, tóxico e doentio.
Com o Lars eu fui bem devagar, realmente queria conhecer ele, pra ver se o que eu estava sentindo era o certo e se ele não iria me fazer mal.
Nesse tempo conhecendo ele, eu desabafava com Karls todas as minhas inseguranças, pois ela tinha vivido todo o meu drama com o meu ex, ela sabia dos meus medos, receios, inseguranças em me relacionar com alguém e ela me dava todo o apoio, pra poder voltar a acreditar e saber que nem todo mundo é igual o Karen, que na verdade eu dei azar com o Karen, mas que não seria assim de novo.
Depois de tantos embates sobre minhas agruras eu acabei me desarmando e me permiti começar algo com o Lars.
Um mês e meio depois, finalmente decidi trazer ele em casa, para conhecer meus amigos e 😏.
Então, foi nesse fim de semana de novembro de 2019 que coisas aconteceram.
Depois de ficarmos, acabei aceitando os meus sentimentos por ele, pensei que depois de tanto tempo solteiro, passando por aventuras fracassadas com pessoas que não se encaixavam, onde a química só proporcionava uma reação inicial. Ali estava talvez o momento de poder compartilhar momentos com alguém.
Mas aquele início de sonho desmoronou muito rápido. No domingo quando ele estava pra sair para trabalhar, Lars me contou que iria para o Beto Carrero com um amigo. Fui pego de surpresa, pois ele não havia mencionado nada nas nossas conversas durante a semana.
Na época, Lars trabalhava como bartender numa cafeteria e reclamava de trabalhar muito, não ter finais de semana livres e só folgar nas segundas-feiras.
Como não tínhamos oficializado nada, nossa primeira vez foi na noite anterior e o fato de estar disposto a querer começar a construir uma relação tinha sido algo que eu havia arrazoado no meu coração, achei absurdo demais eu questionar porque ele não tinha me falado nada antes.
Tudo bem, ele iria no Beto Carrero com um amigo, logo após sair da cafeteria. Pegaria o ônibus na estação do Tietê no domingo a noite, passaria o dia no parque, já que a folga seria na segunda, e na segunda a noite ele voltaria e iria trabalhar na terça-feira de manhã. Eu, pelo menos, imaginei que seria assim.
Na segunda-feira, eu fui trabalhar normal, vi as fotos dele no Beto Carrero, os stories no Instagram aparentemente nada de estranho, mas a primeira coisa que me chamou a atenção foi o fato dele não ter postado um único story com o amigo, mas até aí, se eu encucasse com isso, seria uma atitude tóxica e eu não queria isso. Numa relação deve existir confiança.
Nós não nos falamos o dia inteiro, pois eu não iria ficar o importunando num passeio como aquele, que ele aproveitasse o máximo possível. Foi quando às 18:00 eu resolvi mandar uma mensagem para ele, já que eu estava saindo do trabalho.
A mensagem era mandando um "oi" e desejando que ele tivesse se divertido bastante e fizesse uma viagem tranquila de volta.
Foi quando ele me respondeu que não voltaria aquela noite, que ele iria para Balneário Camboriú com o amigo passear de barco. Eu fiquei completamente sem reação, foi um choque. Ele só reclamava de como o trabalho explorava ele, não era flexível e do nada, de uma viagem totalmente espontânea que aconteceu aleatoriamente pra aproveitar um dia de folga num bate e volta, surgiu uma folga no dia seguinte.
Eu não tive como não ser arrastado de volta para os tempos do Karen, onde eu fui trouxa por anos, onde ele matava aula pra transar na escada da faculdade, dizia que ficava até mais tarde no serviço pra não pegar trânsito, mas na verdade ia para dates furtivos de apps de pegação (inclusive tenho uma história ótima com relação a isso da época do Karen), enfim, meu cérebro e meu coração ligaram o sinal vermelho, as sirenes começaram a zunir no meu ouvido, a última coisa que eu queria era ser enganado como fui na minha última relação.
Voltando, Lars não falou mais nada depois disso, fui pra casa naquele dia. Na terça-feira de manhã, outro sinal de alerta, não tinha nenhuma mensagem no celular. Isso poderia ser irrelevante, se a gente não tivesse passado o último mês e meio, trocando várias mensagens e memes da hora que acordava até a hora de dormir. Me senti mal, a conversa tinha morrido da noite para o dia, fiquei angustiado, pois eu estava começando a gostar dele e aquilo mudou da noite para o dia.
Terça-feira se foi, ele em Balneário Camboriú, fotos e stories no Instagram se seguiram e nada desse amigo misterioso.
Finalmente, a noite ele estava voltando e mandou uma mensagem dizendo que estava exausto, mas estava voltando. Nesse momento, minha mente já tinha formulado mil e uma histórias, mas resolvi ser prudente, apesar da angustia que estava sentindo.
Foi difícil dormir aquela noite, na manhã seguinte, ele mandou uma mensagem dizendo que havia chegado, estava exausto, mas estava indo trabalhar.
Nossa conversa, já não era a mesma, algo tinha mudado, as palavras ou a ausência delas são um termômetro para o coração, escrever para outra pessoa é um ato de conexão e o nosso elo havia se rompido.
Foi quando resolvi confrontá-lo.
Segue abaixo a conversa no whatsapp:
[28/11 11:56] Denes: Desculpa, Lars.
[28/11 11:56] Denes: Eu não sei de fato o que aconteceu
[28/11 11:56] Lars: Pelo o que ?
[28/11 11:56] Denes: mas desde terça que eu sinto que nossa conversa morreu
[28/11 11:56] Lars: :(
[28/11 11:56] Lars: Eu que peço desculpas
[28/11 11:57] Denes: se vc puder me dar uma luz
[28/11 11:57] Lars: Questão de conversa tbm não sei ... :(
[28/11 11:58] Lars: Não quero ser cuzao contigo
[28/11 11:58] Denes: me diz o que tá acontecendo
[28/11 11:59] Lars: Gosto olhando no olho
[28/11 11:59] Lars: Gosto de vc
[28/11 11:59] Denes: talvez não haja olho no olho se eu não entender o que está acontecendo
[28/11 12:00] Denes: eu tb descobri que estou gostando de vc
[28/11 12:00] Denes: descobri de uma maneira bem ruim
[28/11 12:00] Denes: só quero que vc me diga
[28/11 12:00] Denes: sem medo
[28/11 12:02] Lars: Eu recebi uma ligação de alguém antes de viajar que me deixou balanceado
[28/11 12:02] Denes: prossiga
[28/11 12:02] Lars: Não gosto da ideia por aqui
[28/11 12:03] Lars: Mas tá bom ...
[28/11 12:03] Denes: por favor, agora que começou, não pare
[28/11 12:03] Lars: Pouco antes de conhecer vc eu tinha acabado um relacionamento ...
[28/11 12:03] Denes: hum
[28/11 12:04] Lars: E tipo ainda algo que me deixa balançado e tal ...
[28/11 12:05] Denes: entendi
[28/11 12:05] Denes: ah...
[28/11 12:05] Lars: E tipo não quero mentir pra vc
[28/11 12:05] Lars: Nem ser um cuzao contigo me entende
[28/11 12:05] Lars: Quero ser sincero sempre
[28/11 12:05] Lars: Não só com vc mas comigo mesmo
[28/11 12:06] Denes: então, o livro de Harry Potter que está com vc, foi um presente de um amigo meu que faleceu esse ano, será que posso pegar com vc na catraca amanhã da Santos Imigrantes
[28/11 12:06] Lars: Sim ... Claro ... Mas queria conversar mais com vc pessoalmente
[28/11 12:06] Lars: Se não se importar
[28/11 12:07] Lars: Tenho um presente pra vc
[28/11 12:07] Denes: eu vou me importar
[28/11 12:07] Denes: por favor, sem presentes
[28/11 12:07] Lars: Tudo bem :(
[28/11 12:09] Denes: amanhã as 8:30 te encontro na Catraca
[28/11 12:09] Lars: :( eu lhe entendo sabe ... Mas confesso que gosto de vc e queria que vc permanecesse na minha vida independente de qualquer coisa
[28/11 12:09] Denes: não será possível
[28/11 12:09] Lars: Tudo bem eu entendo vc ... :(
[28/11 12:09] Lars: Me desculpa
[28/11 12:10] Denes: te encontro amanhã na catraca sem falta
[28/11 12:21] Lars: Hj vc sai que horas do trabalho?
[28/11 12:24] Denes: Desculpa, Lars. Mas eu só pretendo te encontrar para pegar o meu livro. Não, temos nada para conversar. Você não me deve satisfações, justificativas ou esclarecimentos. Apenas o meu respeito. Mas, mesmo assim. Esse ponto final precisa ser colocado.
[28/11 12:25] Lars: Tudo bem eu entendo e respeito vc ... Falei de hj pq posso te entregar hj o livro
[28/11 12:25] Lars: Ele está comigo aqui no trabalho
[28/11 12:26] Denes: Eu saio às 18:00
[28/11 12:26] Lars: Posso te entregar hj o mesmo horário ... Na estação melhor pra vc
[28/11 12:27] Denes: Que horas na Santos Imigrantes vc vai passar por lá?
[28/11 12:27] Lars: Umas 19h a 19:30
[28/11 12:28] Lars: Mas espero a sua hora
[28/11 12:28] Denes: Okay, as 19:00 estarei lá
[28/11 12:28] Denes: Se chegar antes estarei sentado em algum dos bancos da plataforma
[28/11 12:29] Lars: Tá bom
[28/11 12:29] Lars: Sei o que vc vai falar ... Mas desculpas :(
Quando ele falou dessa ligação do ex e ficou balançado, eu senti uma enxurrada de sentimentos negativos, o tsunami de chorume que eram as mentiras do Karen voltando a tona. Todas as desculpas esfarrapadas, parecia que eu estava vivendo tudo outra vez.
Eu estava cego, na gana de não querer cometer os mesmos erros do passado, acabei sendo seco, duro e intolerante, condenando um pelos erros de outro.
Eu já tinha sentenciado dentro de mim que aquela viagem foi algo que ele tinha programado com o ex e que tinha ido com ele e que eles tinham se acertado e que ele queria me manter como step se nada desse certo. Enfim…
Nesse mesmo dia, fui buscar o meu livro (um fato curioso, esse livro que foi presente de um amigo que veio a falecer em 2019, foi um presente pra me lembrar o quanto eu sou uma pessoa corajosa, era a edição de 20 anos da Pedra Filosofal nas cores da Grifinória e dentro ele escreveu a famosa frase da Luna "As coisas que perdemos sempre acabam voltando para nós. Mas nem sempre na forma em que pensamos." https://imgur.com/a/ebJFd2U
Ironicamente, quando paro pra olhar isso em particular, penso na grande ironia de tudo.
Eu cheguei antes na estação, fiquei esperando, sentado num banco na plataforma, vendo vários trens passando, várias pessoas descendo na estação vindo depois de mais um dia de trabalho. A minha ansiedade estava a mil, eu queria chorar, estava angustiado com tudo aquilo, pior, sem entender como "tinha cometido" o mesmo erro outra vez.
Ele chegou uns 15 minutos depois, estava com o livro na mão, eu peguei o livro e então ele me estendeu os braços pedindo um abraço, fiz com ele o que eu devia ter feito com o Karen, olhei para ele com a minha pior cara de desgosto e nojo e falei "Adeus", virei as costas e deixei ele lá.
Hoje, não me orgulho do que eu fiz, sinto vergonha quando penso, mas para que vocês entendam aquele gesto, mesmo ele não sabendo, era algo traumatizante, no término com o Karen, quando coloquei minhas malas e meus livros no táxi, ele chegou até mim e na maior cara de pau, na sua maior interpretação pra burguês ver, ele me pediu um abraço e o trouxa aqui cedeu esse abraço, então ele sussurrou no meu ouvido "Sou eternamente grato por tudo o que a gente viveu e você vai sempre poder contar comigo para o que você precisar" e quando eu precisei o que eu ouvi? "Não tenho obrigação nenhuma de te ajudar."
Quando eu saí da estação, bloqueei o Lars em todas as redes sociais, Facebook, Instagram, Whatsapp e até o número dele pra ele não me mandar SMS ou ligar. Não queria nunca mais ouvir falar dele pelo resto da minha vida.
Alguns dias se passaram e a Karls me contou que Lars havia mandado mensagem para ela no Instagram dizendo que estava preocupado comigo, queria falar comigo e eu irredutível falei que nunca mais queria saber nada a respeito dele.
Então ali eu tinha colocado uma pedra em cima desse assunto, vida que segue.
Dezembro de 2019
Karls é uma garota muito linda, mas em todos esses anos de amizade ela só se envolvia com os piores caras do Tinder, uma fase da vida dela que fazemos piada, mas que se você olhar atentamente, era bem triste.
Ela tinha o sonho de conhecer um cara bacana, compartilhar momentos, viver toda aquela fantasia de namoro, dormir abraçada, assistir anime, cantar músicas da Disney e cozinhar todos os pratos possíveis de todos os programas de culinária que existem no mundo.
Depois de anos, esse cara apareceu. Vamos chamá-lo de Darls.
Darls é um cara super carismático, que faz amizade por onde ele passa, falador, contador de piada, solicito, uma pessoa que todo mundo iria adorar ter como amigo.
JANEIRO 2020
Parecia que Darls sempre esteve nas nossas vidas, Akarls e eu o recebemos de braços abertos, pois víamos o quanto ele fazia Karls feliz.
Logo ele começou me pedir dicas e mais dicas de coisas que fariam a Karls feliz e nesses 5 anos de amizade eu era a pessoa que mais sabia de tudo o que a Karls gostava.
FEVEREIRO 2020
Eles oficializaram o namoro, (meio rápido, mas…), então ela entrou numa tour para conhecer todas os amigos dele, pois ele queria apresentar a namorada para as pessoas importantes na vida dele.
Darls mora a 35km de distância, num bairro distante, 2 horas de viagem no mínimo, mas ele sempre estava vindo passar mais tempo aqui.
MARÇO 2020
Pandemia chegou, isolamento social foi instaurado, pessoas em casa. Eu sou editor de vídeo, então estou trabalhando em casa desde que esse inferno começou. E quem acabou vindo para cá, também? Exatamente, Darls.
A companhia dele era agradável, e por vermos Karls feliz, nada objetamos, aceitamos naturalmente a estadia dele aqui. Mesmo que nunca tenhamos conversado isso entre nós, foi natural olharmos para a felicidade dela.
ABRIL 2020
Um mês de quarentena, eu sou uma pessoa ansiosa. Solteiro que passou da barreira dos 30, já havia sentenciado que não conheceria ninguém e morreria só, pois já estava sem esperança de conhecer alguém em um mundo sem um vírus mortal, imagina em um mundo onde estar perto 2 metros de alguém pode ser sua sentença de morte.
Eu comecei entrar numa crise terrível, comecei trabalhar demais, a fazer 12 horas de trabalho por dia e no meu tempo vago eu comecei a assistir todos os filmes e curtas gays já foram produzidos no mundo. E nisso, fiz a burrada de assistir um filme que superestimei por anos.
Brokeback Mountain.
'O que eu fiz da minha vida?'
Eu fiquei tão mal, mas tão mal, que naquela noite eu fui dormir chorando e os dias que se seguiram eu tive tanto remorso pelo final daquele filme, que certo dia eu comecei chorar na frente da Karls e do Darls enquanto a gente almoçava.
No final de abril, meu tio implorou que eu fosse na casa dele, pois estava tendo um problema entre minha mãe e minha irmã e ele estava preocupado da minha mãe acabar se metendo em um avião e vindo pra São Paulo no meio de uma pandemia. Fui, como se eu já não estivesse colapsando, ainda tinha que resolver o problema de outras pessoas.
Naquela semana, eu assisti um vídeo, tenho 80% de certeza que foi no LubaTV os outros 20% acho que foi no canal do Henry Bugalho, que falava sobre perdão, algo do tipo "se não perdoamos, do que adianta pedirmos desculpas" e eu já estava muito reflexivo.
De noite, eu estava no apartamento do meu tio, quando recebi uma notificação de que alguém tinha me seguido no Twitter.
Abri a notificação e vi que era o Lars me seguindo quase 6 meses depois. Ele não tinha twitter e tinha criado uma conta por causa da quarentena.
Minha primeira reação foi bloquear ele, mas aí bateu aquele turbilhão de coisas acumuladas nessa quarentena. O final de Brokeback Mountain, a fala sobre perdão e um detalhe sobre o Lars que pesou muito, ele tem diabetes, acho que é um tipo raro, ele desenvolveu super novo, ele toma dois tipos de insulina, ele é grupo do risco.
Sentei no sofá e me perguntei, 'o que ele queria depois de todos esses meses? Ele não entendeu o meu "Adeus"?'
Pois, bem. Fui até o Instagram, desbloqueei ele e mandei a seguinte mensagem:
"O que você quer?"
Ele levou uma meia hora pra me responder, o 'digitando…' parecia eterno.
Resumindo, ele falou que se importava muito comigo, que eu marquei a vida dele, que nunca quis se distanciar de mim, que jamais foi a intenção me magoar com o que quer que tenha acontecido e que nunca dei a oportunidade dele se explicar.
E eu respondi, que não importava o que ele tivesse para me dizer, não ia mudar a opinião que eu tinha sobre ele.
Ledo engano, meus caros.
Fui dormir às 4 da manhã, tirei tudo de dentro de mim, tudo o que eu inventei na minha cabeça. Porque no meu relacionamento anterior eu ouvi tantas mentiras, que acabei jurando que qualquer um iria mentir para mim, era o único referencial que eu tinha.
Só para que vocês saibam, era realmente um amigo, as fotos que ele tirou junto com o amigo no Beto Carrero, foram todas no celular do amigo a folga da Terça-feira, o chefe dele estava devendo uma folga para ele e como ele não iria poder tirar essa folga a mais do que as que estavam previstas para Dezembro, o chefe deu a folga pra ele na terça para que ele aproveitasse mais um dia de viagem. E sim, o ex dele ligou, ele ficou balançado, pois eles tinham tido uma história recém terminada, mas ele me contou, primeiro porque eu insisti, mas também porque ele não queria mentir pra mim, já que eu tinha todo esse problema com mentiras, então ele queria ser honesto comigo desde o início e que nunca foi a intenção dele voltar com o ex, tanto que ele não voltou, ele queria estar comigo, e que mesmo tendo passado todo aquele tempo ele nunca tinha me esquecido e não tinha desistido de mim.
Eu falei para ele que não sabia como reagir a tudo aquilo, disse que não sabia se seria capaz de confiar nele. E que ele não tivesse esperança, mas que eu iria refletir sobre tudo aquilo.
Então eu voltei pra casa e compartilhei a história com Karls e Darls.
Karls ficou meio com o pé atrás, mas Darls me apontou os erros que eu cometi, me fez enxergar o quanto eu tinha exagerado pelo medo e desconfiança que eu tinha, que não tinha nada a ver com Lars e minha ficha caiu.
Agora, tudo o que me restava era o meu orgulho, eu precisava passar por cima disso.
Voltei a conversar com Lars, aos poucos, foi difícil no início, mas ele foi muito tolerante, eu expliquei que não estava sendo fácil voltar a conversar com ele, mas que compreendi que muito daquela situação era culpa minha.
Ele começou a me mandar mensagens de manhã e a noite, de bom dia e boa noite e esporadicamente algum meme. Foram duas semanas conversando quando houve a necessidade da gente se ver. Eu não sabia como iria reagir.
Sim, ele viria aqui em casa no meio de uma quarentena, mas antes que cresça os julgamentos, moramos próximo um do outro, ele viria a pé, sem pegar nenhuma condução e num horário de pouco fluxo.
MAIO 2020
Então comuniquei que ele viria aqui em casa para Karls, Akarls e Darls. Aparentemente, achei que todos tinham recebido a notícia de bom grado.
Ele veio, a primeira coisa que ele fez foi ir para o banheiro tomar banho, com Covid não se brinca. Depois, sentamos e conversamos, e mais uma vez, eu falei tudo de novo, dessa vez olhando no olho, colocando tudo a limpo, uma conversa franca, contei de todas as impressões que eu tive de tudo o que aconteceu, como a narrativa se construiu na minha cabeça e porque agi da maneira que agi.
Em contra partida, ele disse que estava tudo bem, disse que ficou muito chateado, mas os amigos dele conversaram com ele dizendo que tinha um motivo para eu agir como eu tinha agido. Ele me falou que nunca me esqueceu e queria ter uma oportunidade de conversar comigo e esclarecer as coisas, pois sabia que tudo tinha sido um grande mal entendido. Ele falou que mandou várias mensagens para a Karls, mas não obteve resposta. E quando ele me mandou o convite no Twitter, ele disse que seria a sua última tentativa de se aproximar de mim, se não desse certo, ele mesmo desistiria de tudo.
Ele passou três dias aqui em casa, eu não me abri tanto com ele com relação a isso, mas eu senti muito remorso por como as coisas aconteceram por minha causa.
Outra coisa, lembra na mensagem, quando ele falou que tinha um presente para me dar e eu falei que não queria? Ele trouxe o presente, ele guardou o presente todo esse tempo e disse que toda vez que via o presente, ele lembrava de tudo o que a gente viveu e a coisa que ele mais queria era me dar esse presente, que ironicamente ele comprou na viagem para o Beto Carrero.
Era um funko do Harry Potter, já que eu amo muito Harry Potter. (Não, não sou transfóbico, eu amo Harry Potter desde 2000). http://imgur.com/gallery/cah0Ry7
Ele voltou pra casa dele. Continuamos a nos falar, reatar laços, ter essa troca.
Compartilhei minhas impressões com Karls e Darls, eu estava relutante, desacreditado. As pessoas subestimam relacionamentos abusivos, mas a gente carrega coisas por anos, os estragos são terríveis, estava eu provavelmente estragando uma oportunidade de ser feliz por medo de ser feliz.
As coisas foram devagar, estávamos conversando de nossas rotinas na quarentena, ele o quanto sentia falta do trabalho e não aguentava mais assistir séries e eu o quanto estava trabalhando e engordando, já que editor de vídeo trabalha em casa, praticamos isolamento social antes disso "estar na moda" (✌️ salve editores do canal, eu juro que tô escrevendo essa história que já passa de 4 mil palavras, pensando se realmente o Luba lerá essa história na Turma-Feira, fico imaginando no trabalhão que vocês vão ter pra editar, se eu puder pedir, posta a Timeline pra eu ver como ficou no final, curto muito timelines [Sim, pra quem não entende, isso é meio creep]).
JUNHO 2020
Lars voltou, veio para estar comigo no meu aniversário, inclusive ele me presenteou com Find Me do André Aciman, ele disse que queria me dar a muito tempo, pois em novembro do ano passado eu estava lendo Call me by your name e eu estava namorando pra comprar o livro quando fosse lançado, mas não deu nem tempo dele poder comprar na época.
No meu aniversário, resolvi cozinhar para comemorar, fazer escondidinho de frango. Eu estava de folga e queria fazer algo especial para Karls, Darls, Akarls e Lars. Eu passei a tarde e começo da noite cozinhando e Lars me ajudando.
Então, aconteceu o estopim de todo o caos.
Karls e Darls desceram e viram que o escondidinho não estava pronta ainda, ela fechou a cara e disse "Nossa, ainda não está pronto?". Depois eles fizeram um sanduíche e comeram e subiram, bastou aquilo pra me entristecer, até entendo que ela poderia estar com fome, mas ela bater porta de armário e a porta da geladeira acabou todo o meu ânimo, me senti super mal.
Comi aquele escondidinho triste, o clima na mesa estava tenso e na boa o que era pra ser uma comemoração no que eu acreditava ser entre família, foi a porcaria de um jantar de aniversário que eu perdi tempo fazendo.
Lars voltou pra casa dele, continuamos nos falando e estreitando os laços, aproveitando a companhia um do outro, e finalmente no meio de toda essa situação de merda que estamos vivendo no planeta, senti uma esperança de que talvez tudo daria certo, pelo menos uma vez.
Mais uma vez, ele veio passar o fim de semana aqui em casa, e foi divertido, assistimos filme, contamos piadas e o melhor, eu estava podendo dormir abraçado com ele, por a cabeça no travesseiro e não me sentir só.
JULHO 2020
O mês do caos, eu odeio Julho, por tantos motivos, sério. Eu tenho inúmeras histórias de desgraças nesse mês que PQP (Gif da Xuxa).
Lars me mandou mensagem dizendo que ele teve uma briga terrível com o sobrinho dele, na briga eles só faltaram sair na porrada, ele falou que estava mal por estar na casa da irmã dele e por toda essa indisposição com o sobrinho que tem 18 anos e é um completo folgado. Ele disse que iria procurar um lugar pra ficar, mas até lá, ele perguntou se poderia ficar aqui até encontrar esse lugar.
E como eu já fui colocado pra fora de casa pelo meu tio e me vi sozinho, eu sei o quanto é importante ter alguém pra estender uma mão amiga nessa hora.
Eu respondi que sim, mas que ia comunicar o Karls e o Akarls. Expliquei a situação Lars e eles falaram que tudo bem.
A Karls começou a fazer um freela permanente em um grande estúdio aqui de SP, então ela já não estava ficando em casa e quando estava, ficava a maior parte do tempo com o Darls, que ficou aqui em casa, mesmo ela trabalhando regularmente, já que as coisas estão flexibilizadas por aqui.
A princípio, Lars ficaria aqui até dia 10, ele tinha acertado de ir morar com um pessoal que ele achou num grupo do Facebook, mas o lugar onde esse pessoal ia morar não deu certo, pelo o que ele me contou, foi lance com a Porto Seguro, ele ficou decepcionado, porque os meninos eram legais. Então, ele voltou para a busca de encontrar um lugar pra ficar, eu inocente disse que ele poderia ficar o tempo que precisasse.
Interiormente, eu queria me redimir por toda a injustiça que foi o nosso início, queria fazer certo dessa vez, pois ele estava sendo bom pra mim e eu nunca tinha tido isso, esse convívio.
Enquanto ele estava aqui, comecei a ter companhia para o almoço, passei a comer direito, já que ele é obrigado a comer certo por causa da diabetes, eu estava até me alimentando nos horários certos. As noites assistíamos séries abraçados, até a hora de dormir. Parecia um oasis no meio de todo esse inferno que estamos vivendo, por um único instante eu esqueci de tudo de ruim.
Nesse período, ele estava procurando vários quartos, mas só encontrava cativeiros sendo alugados por mercenários.
Conforme o mês ia passando, Karls estava bem estressada com tudo e quando estava todo mundo na cozinha, ela parecia evitar querer falar com ele. No início, eu pensei que fosse TPM ou alguma coisa em particular dela com Darls.
Mas eu tive certeza que era alguma coisa com o Lars, no dia que estávamos jantando e ela veio informar que o botijão de gás tinha acabado e ela tinha comprado um novo, mas ela insinuou que estávamos cozinhando demais. Eu fiquei, sem reação, pois não esperava por aquilo, como eu falei, ela e o Darls estavam fazendo todas as receitas que existiam na internet, como que o Lars 10 dia aqui era a causa do botijão ter acabado?
Então aquilo começou a ficar espinhoso e o meu erro foi não ter confrontado. Eu comecei a me sentir acuado com o Lars e não sabia o que fazer, ele já estava numa puta situação frágil por ter saído da casa da irmã por indisposição com o sobrinho e a coisa que eu mais queria era que ele se sentisse confortável na minha própria casa.
No meio de tudo isso, ele voltou a trabalhar e eu passei a acordar cedo junto com ele, pra tomar café e abrir o portão pra ele poder sair, num desses dias, eu levantei e fui no banheiro e enquanto eu usava, a Karls bateu na porta perguntando quem é que estava lá dentro de uma maneira meio ríspida, no caso era eu, mas o Lars viu a situação toda, ele não me falou, mas eu reparei que ele parou de tomar banho de manhã antes do trabalho. Dizia ele que o banho da noite era suficiente.
Depois, ele parou de tomar café da manhã, disse que tomaria café na cafeteria que ele trabalha.
A próxima coisa que aconteceu foi um dia que eu estava na cozinha e fui informado que Karls e Akarls decidiram que não iríamos mais fazer as compras de mercado juntos. E que só manteríamos os produtos de limpeza e higiene e que o resto era cada um por si.
Confesso, que na hora não compreendi o que estava acontecendo, eu estava muito desligado, na verdade não acreditava que os meus amigos estavam me excluindo por causa do Lars, eu estava sendo ingênuo, pois não imaginaria que aquilo estava acontecendo.
No meio desse caos todo, Lars, virou pra mim e disse que a irmã dele pediu que ele fosse na casa dela. Então ele iria direto do trabalho e dormiria lá no sábado para o domingo, já que estaria de folga e voltaria pra cá no domingo a noite.
Só que ele não voltou, ele disse que a irmã dele pediu para que ele dormisse lá mais uma noite. Pensei, okay, ele vem então amanhã direto do trabalho pra cá, mas aí ele não veio na segunda, foi quando o peso de tudo bateu.
A essa altura eu já estava angustiado com tudo aquilo e direcionei minha frustração para o lado errado, em vez de confrontar quem estava causando toda essa situação insatistória, eu cobrei dele, porque ele não estava aqui. Perguntei, porque ele não queria estar mais aqui. Ele falou que queria. Então, eu perguntei porque o domingo, virou segunda e agora a segunda virou terça? Ele hesitou, aí eu perguntei se era por causa da Karls e ele disse que só não queria incomodar ninguém.
Eu fiquei mal, por ele se sentir mais incomodado na minha casa do que na casa da irmã dele com o sobrinho folgado que estava fazendo da vida dele um inferno.
Fiquei desapontado, ele veio na quarta, conversei com ele, disse que iria conversar com a Karls sobre toda essa situação. Mas já era tarde.
Era a última semana de Julho, e antes mesmo que eu pudesse conversar com a Karls, Akarls chegou dizendo que não dava mais para dividirmos a conta de água como estávamos fazendo, por 3, teríamos que dividir por 5, já que a conta ficou mais cara.
Na sexta-feira daquela semana, Lars encontrou um quarto numa casa que ele meio que alugou as pressas e ele se mudaria na primeira segunda de agosto. Quando eu pude confrontar Karls, no sábado, sobre tudo aquilo, já era tarde. Falei que fiquei chateado deles quererem repartir a conta da casa por 5 com o Lars pelo mês que ele passou aqui, mas isso nunca foi nem cogitado nos 5 meses do Darls aqui. Falei que fiquei decepcionado por ela não ser capaz de enxergar a minha felicidade. Por não ser capaz de ver o quanto eu estava feliz, como eu enxerguei a felicidade dela com o Darls e o recebemos de bom grado dentro de casa por causa da felicidade dela. Disse que foi muito cômodo pra ela ter alguém pra poder dormir junto, assistir coisas juntos, ter os momentos a dois e quando eu pude ter o mesmo, ela não olhou para mim com os mesmos olhos.
Enfim, Lars se mudou, tomei esse tempo que poderia estar assistindo uma série com ele para escrever tudo isso. Angustiado e decepcionado. Darls não tem culpa de nada do que está acontecendo, mas agora acho completamente injusto ele estar aqui e o Lars não estar, não sei o que fazer, minha vontade é de falar, "acabou a quarentena para os dois, pode voltar para sua casa". Me sinto injustiçado e triste por alguém que eu amo tanto, não ter sido capaz de enxergar que eu estava feliz. É isso, estou esperando a próxima sessão da minha terapia e Karls e Darls estão lá no quarto dela e eu estou só.
E para finalizar, essa foi minha conversa agora a pouco com o Lars.
Lars https://imgur.com/gallery/PRrxEI6
submitted by denesfernando to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.04 00:36 Lorde3xtreme Aquele que precisa esperar até os 18 para ser feliz.

Quero dizer logo de inicio, que isso não um descurso de odio, apenas um resumo de uma grande historia. Eu n quero disctorcer nenhum dos fatos, então serei complemente sincero no que digo. Alguns momentos pdoem ser engraçados e outros de puro "desespero". Dito isso, boa leitura. Olá luba, Editores, Gatas(fofinhas/deusas) e turma. Eu tenho 16 anos e dês dos 13 eu tenho depressão, eu fui uma pessoa que basicamente só se importava em tentar perder a virgindade, dar bjs etc. Eu causei muitos problemas para meus pais devido a garotas. Eu furtei meus pais, cortei os braços, tudo por causa de garotas. Eu mudei em 2020, me tornei uma pessoa madura, assumi todos os meus erros e honestamente, estou com minhas opniões fixas sobre muitas coisas que dificilmente podem mudar. Bom, agora vou lhes apresentar 6 personagens que são crucias para essa grande. Mãe, Pai e avó. Vamos chama-lós de "treade terrorista". Agora para minhas salvadoras. Giulia, livia e Jennyfer, mais conhecidas como Pudin, batata e floquinha, minhas melhores amigas, e as pessoas que mais amo em meus 16 anos. Eu conheci pudin no inicio de 2020, no amino, uma rede social de comunidades de diversos temas; k-pop, RGPs, series e etc. Em uma comunidade já morta de RPG eu encontro um belo perfil, de uma personagem bem bonita. Eu a chamo no privado e começamos a conversar de boas, dai surigiro um RolePlay. Ela prontamente aceita e cenos por varios dias. Eu sou bastante sociavel, mesmo n saindo de casa. Nós nos falavamos bastante em off. Após uma semanas de conversa nós trocamos instagrans, descobri que ela é uma artista mirin, e honesmente eu nunca vi coisas tão bem detalhadas. Após mais dias de conversa nós trocamos numeros de zap, nós já estavamos bem intimos, conversamos todos os dias e trocavamos fotos comuns. Ela é uma loira de olhos azuis, patricinha e fdp, porém a amo. (Leva na brincadeira gih ksk). Após eu me apaixonar por ela, oque seria óbivio. Ela tbm disse que gostava de mim, e eu fiquei hyper feliz. Após alguns meses o "interresse foi se perdendo", ela disse que namoraria cmg, caso eu morasse em curitiba (eu sou do RJ). Enfim, eu me entristeci, mas sejamos honestos, namoro é passageiro, amizade é eterna. Agora vou entroduzir a batata, n lembro como eu a conheci, mas foi graças a gih, pós elas são melhores amigas. Após alguns meses nós nos consideravamos irmãos basicamente. Ela me ajudou tanto quanto a gih, e eu as agradeço sempre que posso, elas querem me bater por causa disso ksk. Livia me ajudou a ''superar'' a gih, mesmo eu ainda tendo sentimos fortes por ela. Enfim, vou lhe entroduzir a sexta pessoa, Floquinha, eu a chamo assim por causa das personagens de RPGs dela, são todas brancas como neve hehe. Ela é como uma.. mãe ? Irmã mais velha ? N sei descreve-lá, só sei que ela é importante. Agora vamos para duas historias. Minha mãe é uma completa karen, e eu posso provrar. Nós fomos numa churrascaria a algumas semanas atrás, eu, meus pais e meus avós (meu avó emprestado n ofc). O local estava lotado, e mesmo assim nós entramos, fizemos um pedido, dois churrascos mistos, que normalmente um desses vinha bastante carne, mas como o lugar estava lotado eles diminuiram a quantidade de carne. Quando a comida chegou minha mãe disse "n é possivel". Eu n me importei muito e fui comer. Eles reclamaram o almoço todo, dai minha mãe chamou a garçonete, é a conversa foi +/- assim:
Mãe: Amiga me tira uma duvida, vocês colocaram pouca carne
Moça: O gerente que determina isso.
Mãe: N teria como vc me dar mais carne (de graça)
Moça: Isso vc resolve com o gerente, ele ta na churrasqueira. A moça da as costas e segue com seu trabalho. Ela foi no gerente e reclamou, eu n pude ouvir mas apenas imagine uma karen sem ração querendo algo de graça. Ela volta com uma postura de "fodona" (uma coisa que ela se alto intitula), dizendo com arorgancia "Vai vim mais carne pra nós". A garçonete chega com pequenos pedaços de carne, uma linguiça partida e uma coxinha de frango. Ela reclama novamente e come, puta dnv. Eu n tinha comido frango, pq eu dei o meu pedaço para o meu avó postiço. Meu pai havia comido um, e quando eu fui pegar ele tomou do meu prato e disse que eu já tinha comido, Claramente ele n viu a minha ação. Eu ignoro. Minha mãe começa a falar merda como sempre. Então a conversa toma esse rumo.
Mãe: Nunca vi da pouca comida pra gente.
Eu: Bem o lugar está lotado, então era de se esperar que ia vir pouca comida.
Mãe: fds, nós estamos em 5 pessoas, como eles n viram isso ?
Eu: Dnv, o lugar ta cheio, e tem gente aqui com mais de 5 pessoas.
Mãe: Ah cala a boca, n vou discutir com um petisma. (Eu n sou bolsominion e nem petista).
Eu: Ok karen, cê ta certa: Todos ficam do lado dela, sendo que ela está errada, mas ok. Uma coisa a se destacar é o olhar de nojo que a minha vó dava pra mim o almoço todo. Eu tenho cabelo vermelho, uma mão de esmalte preto e "GoStO dE cOiSas De GaYs". Certo, vou por um ponto aqui, no cardapio n esta dito que tem que vir uma quantitade especifica, então eles podem controlar isso como bem entender. Já passaram raiva o sufiente ? Então se preparem. Hoje, nesse dia que eu estou escrevendo. Ela alcançou o pico do pico do estresse. Ela pediu pra ir na rua cmg, devido a alguns problemas que tive na noite passada eu recusei, n estava com a cabeça pra sair do meu quarto, e a depressão n ajuda. Enfim, ela ficou outa, eu fui jogar o lixo fora e quando voltei fui para o meu quarto. Ela chegou calmamente e me perguntou:
Mãe: Você realmente n vai cmg na turma meu filho ?
Eu: N mãe, eu n to muito bem e tals mas a senh- Ela me intenrrompe com um atk de furia, pegando meu xbox e jogando contra o chão, o chutando. Ela pega todas as minhas roupas pretas e começa a colocar em uma sacola. Dizendo que que eu sou uma pessoa egoista, fria, que tem raiva dos outros sem motivo, que eu sou interreseiro. Dentre outras coisas. Eu me controlei, n falei absolutamente nada e comecei a dobrar as roupas "claras e lindas" na visão dela. Dps do choque, dela começar a me ignorar e ficar se fazendo de vitima para o pai, eu desabei. Eu chegei no limite da depressão, e se vc viu os videos do lubam sabe do que eu to falando. Eu pensei, pensei, e com as lagrimas e soluços eu peguei meu celular. Eu pedi, implorei ajuda, minhas melhores amigas vieram e me acalmaram. Outros amigos se pronunciaram, eu n posso dizer o nome de todos, mas.. Obrigado Pablo(profecia do google), maria, felipe, arthur, bianca(primeira irmão de consideração). Ngm soube como me ajudar, exceto minha melhor amiga maior de idade floqunha. Ela me acalmou, começou a conversar, ela n tem dinheiro o sufiente para me sustentar em outro lugar, ou me levar pra casa dos pais dela, aonde ela mora no caso. Pós meus n deixariam e eles seriam presos por sequestro. Ela disse que se pudesse casaria cmg, assim podendo pegar minha guarda, assim eu poderia ficar sobre a asa dela. Ela tem namorado, e ela se dispos a isso, ela está noiva de certa forma, e ela colocaria tudo a perder por mim. Eu n sei como agradece-lá, honestamente eu n tenho palavras pra descrever tal sentimento. N posso descartar ngm que me mandou mensagem, pudin e batata n sabiam como lidar com isso, então só ficaram sem falar nd. Agora eu tenho que esperar até ios 18 para arrumar um emprego e sair desse inferno. Pq por enquanto, minha mãe n deixa, só pra me chama de vagabundo e insprestavel, mesmo alegando que isso iria acabar com meus estudos. Eu vou dar os printis da conversa que tive com a floquinha e fazer um pedido aqui. Giulia, se estiver vendo isso eu quero te desejar um feliz aniversario, espero que tudo de certo na sua vida e que vc seja uma grande artista. Sei que as coisas são dificeis, mas quero te perguntar. Você gostaria de namorar comigo ?
Livia, obrigado por toda madrugada ficar me ouvindo chorar e reclamar, vc é a irmão que eu nunca tive, isso tambem vale pra você bianca, você foi a primeira.. obrigado..
Jennyfer, eu n sei como lhe agradecer, mas quero que saiba que sempre vou estar ao seu lado. Obrigado, muito obrigado. A todos vocês, eu amo vocês.. mais do que a minha propria vida, por isso n posse me desfazer dela, pq tenho vcs. Boa noite luba, editores e turma, espero que vc tenham uma otima vida, bjs =30(finalmente coroa kk, brincadeira).
https://imgur.com/a/KfxZzVU
submitted by Lorde3xtreme to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.31 16:46 RathalosSlayer97 Qual foi a maior ave rara que já conheceram nas vossas vidas?

Ora boa tarde, gente linda! Uma vez que vossas excelências pareceram apreciar a minha outra crónica da vida e que vos consegui inspirar a escrever as vossas (e tornar este sub um pouco menos limpo...) decidi regressar com mais uma. Podem descansar, esta não será tão hostil para com os vossos estômagos.
Da última vez, falei sobre pessoas com bom coração mas também com um sentido de higiene tão atroz que fazem com que o Cascão pareça o mais leal discípulo da Dona Pureza. Mas hoje vou falar sobre experiências com pessoas "curiosas". Pessoas que são, digamos, um bocado para o "esquisitas". Pessoas que não dão uma para a caixa. Pessoas que praticamente podiam ter a sua própria faixa de riso a segui-las no seu dia-a-dia.
Na minha vida já vi e conheci muitas assim. Entre os maiores êxitos estão um velho que não sabia atar os seus sapatos demasiado largos e começou a berrar Ó MARIA! Ó MARIAZINHA! no meio da Primark onde eu estava e um gorducho (mais oleoso do que a comida que tinha no tabuleiro) sentado na mesa cinzenta de um fórum, que exigia que a sua família se despachasse a comer porque já eram duas da tarde. Depois, e talvez para garantir que a sua legião de filhos e a sua mulher com cabelos que pareciam ter saído dos anos 60 percebiam bem a gravidade da situação, o mesmo gorducho pôs-se a repetir essa hora tão grave várias vezes enquanto batia com o fura-bolos no pulso direito.
Claro que já tinha visto outras pessoas a fazerem o mesmo nos seus relógios, mas a diferença alarmante neste caso era que aquele espécime não tinha nenhum relógio no pulso que agredia. Se calhar tinha-o perdido e estava a atravessar a fase de negação do seu luto. Ou se calhar já o tinha comido e agora arrependia-se de tal ação. Mas se realmente foi isso que aconteceu, não o posso culpar. Afinal, acho que todos sabemos bem como funcionam os almoços em fóruns. Custa um pouco esperar por uma mesa quando já se tem a barriga a refilar e um tabuleiro recheado nas mãos.
Também tive alguns colegas na escola que podem encaixar nesta lista. Mas não posso falar muito de um deles, pois acontece que as suas aventuras enquadram-se mais nos meus desabafos sobre malta porca e eu já prometi que desta vez não ia enjoar ninguém. Tudo o que direi sobre esse moço é que ele se parecia imenso com o Shaggy se este último tivesse um metabolismo mais sossegado e sofresse mais as consequências da sua alimentação. Até a barba era parecida. E que ele ficou famoso na escola após ter aproveitado a sua constipação para se tornar num autêntico chef, cuja obra-prima foi uma sopa de escarro e ranho no lavatório da sala onde tínhamos as aulas de trabalhos manuais.
Tive também algumas experiências interessantes a partir do décimo ano, onde me inscrevi num curso profissional. Em teoria, nós éramos engenheiros promissores. Mas na prática éramos apenas trolhas que eram pagos em avaliações. Se contasse tudo o que vi acontecer nesta escola isto iria tornar-se muito comprido, por isso apenas irei mencionar a ocasião em que um dos meus colegas ia caindo de cabeça para dentro de um balde de tinta, a vez em que um outro (que era basicamente uma versão lusitana de um good ol' boy) ligou para as "meninas" dos classificados a meio de uma das aulas na obra, e as várias vezes em que a nossa sala teve que ser evacuada porque o alarme de incêndio disparava toda a santa vez que os tipos do curso de cozinha tinham aulas práticas.
E por falar em fogo, já ouvi dizer que a casa velha e abandonada onde a nossa turma trabalhou ardeu depois da turma do curso de eletricistas ter ido para lá tratar dos cabos.
Mas nenhuma destas prendas se compara aos grandes vencedores deste álbum de magníficos artistas.
Um conhecido da minha avó que esteve com ela por uns tempos. É bom homem, mas vomita tantas pérolas que é praticamente um dispensador da PEZ com bigode. Mas acreditem quando digo que só se estragou uma casa, porque a minha avó não é exatamente melhor. Uma vez fui ao Aki com ela e os meus pais para comprar papel de parede, mas aconteceu uma grande calamidade que nos fez abandonar a loja sem o cobiçado objeto e em busca de um outro tipo de papel mais vulgar.
Acontecia que o almoço nesse dia tinha sido massa de marisco, e deixem-me admitir, nunca pensei que hidratos de carbono e vida marinha me pudessem ensinar tanto. Mas nessa tarde aprendi uma grande lição: não se deve dar esta comida a pessoas que não conseguem domar as vontades primitivas dos seus intestinos.
Não demorou muito até as nossas narinas serem assoladas por um horrível e apodrecido aroma. Era como cheirar o hálito de uma fossa séptica depois desta acordar de uma noite louca. Aliás, à primeira até foram as fossas do estabelecimento que levaram com as culpas ("Devem de estar a arranjá-las..."). Mas depois reparámos que o cheiro nos estava a seguir e não assombrava mais nenhum corredor. O meu pai acusou então a minha avó de ser a bruxa que envocava e liderava aquela funesta procissão de cadáveres invisíveis e ela confessou, em voz alta.
Nem deve ser preciso dizer que ainda hoje evito ir ao Aki.
E numa outra ocasião (porque apesar daquele acontecimento desconcertante por entre os produtos de bricolagem, somos masoquistas e ignorámos os avisos cósmicos que nos alertavam para não andar com aqueles fantoches em público) fomos com eles para um simpático Jumbo, onde o dito companheiro da minha avó afirmou que ia já tratar das coisas mais importantes e que não podiam faltar lá em casa.
E então, aquele homem-matraquilho, que não pode ter mais de um metro e meio, saíu disparado pelo solo do mercado como um touro enraivecido e sem misericórdia. O seu Santo Graal empacotado estava já muito perto e ele não iria deixar ninguém meter-se no seu caminho. No meio da sua correria desenfreada lembrou-nos que ainda tinha também que ir buscar umas baláchas e espágéti ("bolachas" e "esparguete" para os que não são fluentes em matraquilhês). Nesse momento desejei ardentemente que ele tivesse ido connosco ao Aki, porque se tivesse sido assim, já sabia que devia fazer tudo menos entupir a velhota com mais massa.
Por vezes chego a pensar que irritei sem querer algum feiticeiro e agora tenho que suportar esta maldição de levar com tantas bizarras jornadas e encontros.
E é isto, meus caros amigos e amigas. E vocês? Já conheceram pessoal mais do que um pouco excêntricos ou curiosos?
submitted by RathalosSlayer97 to portugal [link] [comments]


2020.07.27 06:23 SantoPraiano Meus pais amam mais meu irmão

Desde a pré adolescência comecei a notar um certo carinho a mais que meus pais tem pelo meu irmão, ele sempre teve mais liberdade e mais cobrança, meu pai o estimulou a trabalhar desde cedo, investiu nele, mas em mim ou na minha irmã nunca, sempre me comparava com meu primo (que se tornou um assaltante), eu fui perceber de fato mais recentemente isso, meus pais sempre negligenciaram eu e minha irmã mais velha, ela tem um quadro de depressão profunda, com sinais muito gritantes na adolescência dela quando eu ainda era criança, eu também tenho depressão, me lembro que uma vez com 16 anos eu cheguei na minha mãe e disse que me sentia triste o tempo todo, ela me olhou e disse "Isso é apenas uma fase" depois daquele dia eu senti que não podia contar com ela pra nada, me recordo de uma outra vez em que sai mais cedo da aula e esqueci de avisar meu pai, ele foi lá e levou um "bolo" de mim, eu tava na minha cama depois do almoço e ele chegou reclamando, fiquei assustando mas ouvi as frases "ele é um frouxo por isso cospem na cara dele" remetendo a umas semanas antes em que na rua me ameaçaram e cuspiram na minha cara (eu choro lembrando disso), recentemente fui visitar minha irmã que mora no outro lado do estado, lá ela me contou que ele foi planejado, eu achava que nenhum de nós teríamos sidos planejados, mas aquilo me fez perceber tudo isso, quando ele vem em casa visitar (sou o único dos 3 que mora com os pais) minha mãe faz comida gostosa, doces, etc percebo que de forma meio inconsciente eles tem esse favoritismo, sem contar a negligência de reclamar de pagar a minha terapia que é apenas 300R$ por mês.. sinto que sou um parasita, um ser não desejado..
Eu amo meu irmão, ele é ótimo em tudo e não tenho raiva dele por isso, mas tenho um pouco dos meus pais
submitted by SantoPraiano to desabafos [link] [comments]


2020.07.27 03:57 cadelinha_auau sou babaca por não confiar em meus pais?

olá luba, gatos, papelões, editores, gatas e turma que estar a veleouvir, hoje vim contar uma história que ta acontecendo atualmente na minha vida (quando tiver atualizações vou contar aqui) e vocês vão julgar se fui babaca ou não. vamos lá.
bom, vou primeiro apresentar os personagens principais dessa história:
eu, 13 anos; meu irmão, 19 anos; minha irmã, 17 anos; meu pai, 41 anos; minha mãe, 37 anos.
outra coisa: tenho depressão e ansiedade, além de crises existênciais frequentes e a constante sensação de estar sendo observada, também tenho paranóias e visões de sombras e pessoas que nunca estão lá.
um pouco de contexto, para vocês não se perderem:
meu irmão é fruto de um outro relacionamento da minha mãe de antes do namoro e casamento dela com meu pai, já minha irmã é a mesma coisa, só que ela é filha do meu pai, e eu sou a única filha que tem o sangue dos dois. Minha irmã cresceu com a avó dela, separada da gente e tendo uma vida boa e mais calma, mas sempre se preocupando com o meu irmão e comigo. Meu pai é padrasto do meu irmão, e por causa disso, meu irmão sempre foi tratado como LIXO pelo meu pai por não ser filho dele, já comigo é um pouco diferente mas ainda assim sou também tratada como um NADA por ele. Meu irmão é abertamente gay e eu sou assexual, mas sou assumida apenas para meus irmãos e para a minha mãe (explicarei em breve), e minha irmã é a única hétero entre nós, mas ela é quem mais nos apoia e quem mais nos ajuda com tudo.
a história começa agora.
bom, eu nasci numa cidade pequena e ano passado fui obrigada a sair da melhor escola que tem por lá (que ia me mandar já preparada para o enem e a faculdade), mas meu irmão ficou por lá por mais 3 meses por conta dos estudos, já que ele não podia sair do colégio dele aquela altura (ele estudava em colégio federal). Meu irmão reprovou de período e foi ai que a merda toda estorou, meus pais obrigaram ele a ir morar com a gente e culpavam meu irmão pela reprovação já que na mente deles o meu irmão levou o colégio com a barriga. Até ai nada tava tão ruim assim, até que outra merda aconteceu: a mãe do melhor amigo do meu irmão descobriu que ele é gay e espalhou para TODO MUNDO (minhas tias, pessoal da igreja e para os clientes do salão dela), por conta desse descuido ele teve que assumir forçadamente para a minha mãe por whatsapp, pedindo para ela não contar pro meu pai já que o meu pai é crente, bolsominion e conservador. Sabe o que ela fez? Isso mesmo, ELA CONTOU! Meu pai disse que aceitava ele dizendo que "era o filho dele", o que já me pareceu suspeito desde o começo, até que descubro o seguinte: minha mãe disse que se meu pai não o aceitasse, ela iria embora. Sim, ele só disse aquilo pq não queria que ela fosse embora de casa. Alguns meses se passaram, a pandemia começou e nós adotamos um cachorro, ele atualmente tem 9 meses e vai fazer 10 em breve, mas nós nos mudamos para outra casa faz uns 3 meses e ele tinha 5 meses na época. O cachorro é filhote e a casa era nova, então ele acabou fazendo xixi dentro de casa, o que fez meu pai descontar TODO O ESTRESSE DELE EM UM CACHORRO, fazendo um mega estalo ao bater nele com o chinelo que fez o cachorro chorar e até eu que estava de fone e vendo vídeo conseguir ouvir. Meu pai ia bater no cachorro de novo, mas meu irmão pegou o cachorro no colo e defendeu ele, o que fez meu pai ficar muito puto e querer por meu irmão pra fora de casa (sim, ele assumiu 3 meses depois disso que queria por meu irmão para fora de casa). Os meses passaram, meu irmão teve uma discussão com minha avó que chegou nos ouvidos da melhor amiga da minha avó, o que fez quando meu irmão lá na casa dessa melhor amiga (a filha dela e meu irmão são praticamente irmãos) ser EXPULSO da casa dela apenas por ele ser gay. Vou pular mais um pouco no tempo e agora vamos à umas semanas atrás, quando adotamos a nossa nova cachorrinha (que enquanto escrevo, está dormindo em cima da mim), e estava tudo indo bem. Estava tendo um almoço aqui no quintal junto dos vizinhos (só para explicar, nós moramos de aluguel na casa de cima desses vizinhos, o que faz nós compartilharmos o quintal e o que fez meus pais criarem uma amizade com eles e o meu irmão uma relação de mãe e filho com a vizinha.) e eu estava em casa, já que eu não estava me sentindo bem e, por não estar me sentindo bem, acabei dormindo para ver se a dor passava, mas eu não sabia o que tinha acontecido naquela manhã, já que eu estava dormindo também (se não me engano eu acordei lá pelas 11hrs e fui dormir por causa da dor lá pelas 15hrs). Meu pai chamou meu irmão para conversar, o que deixou meu irmão surpreso e desconfiado. Eles começaram a conversar e meu pai começou a jogar muitas coisas na cara dele, o que fez meu irmão falar coisas que meus pais não queriam ouvir, deixando meu pai mais puto e minha mãe chorosa, a discussão continou e eles só pararam pq minha mãe já estava chorando e pediu para eles pararem, se não eles já teriam se batido e meu pai teria expulsado meu irmão de casa. Meu pai e meu irmão nem se falam mais desde que isso aconteceu. Chegando no final de junho/começo de julho, eu desabafei com a minha irmã sobre tudo o que tinha acontecido e contei que eles estavam falando muito mal dela e da avó dela para os vizinhos, contando mentiras e fazendo a avó da minha irmã ser a vilã. O que eles falaram e o pq? Vou explicar agora:
meus pais tinham pego meu celular e me deixado de castigo após eu não ter feito o hamburguer do meu pai (eu tinha feito dois para mim e dois para meu irmão, além de que eu estava quase caindo de sono na hora), e por isso tudo o que eu sentia eu escrevia em meu caderninho particular, e não sei se foi a vizinha ou se eles leram esse caderno, mas chegou no ouvido deles de que eu não confiava mais neles e que meus pais eram meus irmãos (o que eles são, já que eles cuidam mais de mim e me tratam melhor do que meus próprios pais), e por causa disso eles disseram que a culpa de minha irmã ser tão "mal-educada, arrogante e desviada da igreja" é culpa da avó dela, pq meu pai lutou pela guarda da minha irmã (graças a deus não conseguiu) e por causa da avó dela a minha irmã não foi criada com a gente, já que na fanfic que eles criaram na mente deles a avó dela """fez a mente""" da minha irmã, sendo que por conta do meu pai a minha irmã quando criança teve crises de ansiedade por causa da presença dele e por ser forçada a ir pra casa dele todo fim de semana. Antes de eu contar tudo para a minha irmã, vem a outra parte da história.
lembra que eu disse que estava sem celular? Meus pais disseram que eu só teria de novo se eu tirasse a senha ou se eu falasse a senha para eles e se eu desinstalasse TODAS as minhas redes sociais (fazendo uma tremenda invasão de privacidade apenas para poder me controlar da forma que eles quiserem), e por conta disso eu tive que assumi para a minha mãe a minha sexualidade e o meu namoro de 2 meses com a minha atual namorada (a gente vai fazer 3 meses agora em agosto 😇💕), o que fez ela me prometer confiar nela e contar tudo pra ela (oq eu obviamente n to fazendo), além de me proibir de assistir o SEU canal e do maicon (n assisto o orochi pq tenho preguiça e óbvio q eu n parei, eu ein, é a única forma q eu tenho de rir). Dei a senha e coloquei senha na conversa dos meus irmãos já q eu tenho o whatsapp mod. Falei absolutamente tudo o que aconteceu para a minha irmã, o que fez ela chamar meu pai para conversar e a minha mãe vir descontar a raiva dela em mim por eu ter falado que falaram mal dela e da avó dela para ela.
desde então, meus pais estão numa enorme briga contra eu e meus irmãos enquanto os vizinhos passam pano pra eles e dizem que "eLeS sÃo PaIs E sAbEm O mElHoR" e que "mEu PaI eRa AsSiM e Eu AmAvA eLe MeSmO aSsIm", querendo passar pano e comparar duas situações totalmente diferentes. Um adendo: os vizinhos são crentes. Minha mãe diz que é tudo um plano meu e dos meus irmãos para acabar com o casamento dela (um tapa no quengo dessa crente fanfiqueira) e meu pai vive me tratando mal.
vou contar o que aconteceu desde quinta-feira (23/07) até o momento atual (domingo, 26/07).
dia 23 foi aniversário do meu pai e nós fomos no centro comprar coisas para a festinha que aconteceu aqui no quintal de casa. Meu irmão acordou cedo e deu parabéns para o meu pai, que retribui com uma cara de nojo e nem um obrigado disse. Já eu, dei o parabéns a noite, já que quando acordei meu pai tinha ido trabalhar e quando voltei do centro eu dormi pq tava mt cansada (a gente andou o centro todo), e só vi meu pai a noite quando ele chegou do mercado. Ele me retribuiu com um "achei que não fosse acordar nunca" e minha mãe mandou a seguinte pérola: "você não era assim".
aliás, pulei uma parte que vai deixar você muito puto: o dia em que a minha mãe virou atriz.
meus pais estavam na casa da minha avó (que mora longe) à trabalho e eu fiquei em casa com o meu irmão (que foi muito bom). Era de madrugada, quase duas da manhã, meu irmão tinha dormido e eu tava acordada lendo, até que recebo mensagem da minha mãe dizendo que não consegue dormir. O motivo? Pq eu disse que não confio nela. nós duas tivemos uma conversa bem longa e eu disse que não confiava nela pq ela não confiava em mim, mas ela disse que confiava sim. Se lembra de quando eu estava sem celular? Eu perguntei no dia q eles pegaram meu celular o pq e ela disse exatamente assim: eu não confio em você. Sim, ela mentiu pra mim.
atualmente a história não tem desfecho, mas meu irmão deve sair de casa até o ano que vem e eu devo ir morar com a minha irmã até o ano que vem também. Me respondam, eu sou babaca por não confiar em meus pais?
me desculpem pelo textão gente.
submitted by cadelinha_auau to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.26 07:48 Xocolate_Amargo Não sei q p*ha sou e minha relações familiares.

Oi ser humano do outro lado, vou me chamar de Xoco nesse post, e tds os nomes fictícios.
(Só um ponto: meu pai tem 8 filhos e eu n conheço tds, acho q nem ele)
Uma explicação rápida sobre minha família: Meus pais estavam quase se separando qnd nasci, só servi pra segura-lós por mais 8 anos (¯_(ツ)_/¯).
Depois do divórcio, meu pai ficou com minha guarda e de meus 2 irmãos mais velhos, assim sendo: Yui (13 anos), Yva (10) e eu 8.
 Minha mãe tem um problema de coluna q a incapacita de trabalhar com carteira assinada, resumo: ela se vira com bicos e 1 aluguel. 
Tenho uma irmã de 30 anos (K, só k pq ela é o oposto de uma Karen) ela não ODEIA minha mãe... Mas não gosta dela pq qndo minha mãe tinha 17 (grávida do Yui), foi morar com ela, q tinha 12/13 e meu pai, na casa dele. (a K é minha irmã de outro casamento) e minha mãe tinha TOC, então a Eva (minha mãe) era mto chata. um irmão de 21 (vamos chama-ló de Wall. Não sou tão próxima dele quanto da K.) e vejo ele menos q o Leon achando um Porigon.
Meu pai é das antigas, ele não diz que é homofóbico, mas é do tipo "Sem preconceito, mas..." ou dizer "Morde-Fronha", "Bicha/Bichõna"...
Minha mãe não é tãaao das antigas, porém não gosta que eu use roupas q ela diz ser de menino, e diz que por ser menina devo usar roupa "de menina", me maquiar e talz; assim como minha madrasta.
Depois do divórcio meu pai teve alguns namoros, e ele namora atualmente a Nie (minha madrasta) a dois anos (namoro mais duradouro desde o divórcio em 2014/2015)
Ela tem três filhos:
★Price: uma menina mimada pela avó e desorganizada pra kssete (queria estar exagerando). (11 anos)
★Itachi: Grita toda hr por causa de jogo, sempre deixa a mesa da cozinha suja com as louças que ousou pro café/almoço e não retira a mesa. (Aqui em casa cada um lava oq usa e tem que retirar a mesa se é o último) (16 anos e menino)
★Tasmanha: um molequinho de 9/10 anos que destrói td que toca por que sabe que vai ganhar um novo. Sempre mente qnd pode pra se safar e acaba ferrando os outros por isso. Grita alto e agúdo td hr, e faz xixi na cama td dia.
(Um ponto forte é que eu e meus irmãos Yui e Yva perdemos a confiança no nosso pai dps q ele quebrou várias promessas importantes pra nós de uma vez só, por puro egoísmo e dps agiu como se nada tivesse acontecido, nós só fingimos de volta. Pelo fato de eu e K temos uma alta diferença de idade, não somos tão próximas qnt eu queria. Ela tem um esposo e duas filhas, não tão importantes pra história. [Ela tmb já perdeu 2 bbs]).
Tem muita história, porém é te que eu consigo resumir. 
Ps. Atualmente Yui tem 19 anos, Yva (comunidade n permite dizer) e eu (comunidade n permite dizer).
Personagens introduzidos, vamos a história:
Nunca gostei de me maquiar e usar roupas "de menina", acho até legal as vezes qnd tô sozinha, eu fico tipo: "Nossa, que legal, mas isso incomoda pra krl..." Como uma vez que eu avia me maquiado (pq minha madrasta insistiu) e Yva me disse:
—Nss, vc tá muito bonita! Kkk –Pô, valeu! Kk E eu fiquei: "Isso foi um elogio... Pq machucou tanto?!" Eu gostaria de me entender. Entender pq de uma hr pra outra me senti mal com um elogio?! Isso aconteceu a um tempão e eu nunca esqueci. Gostaria de ser tratada como meus irmãos, jogar jogos e me divertir como eles. De uns tempos pra cá venho me questionando mto sobre minha sexualidade e gênero. Desde que me lembro sempre fui fã de vestir roupas "de menino" e jogar jogos "de meninos". Sempre odiei estar conversando com as garotas sobre as coisas que considerava superficial, como os draminhas e outras idiotices. Por conta disso as meninas raramente brincavam/conversam cmg. E os meninos não querem estar cmg pelo fato de eu ser uma garota... E nunca me senti desconfortável qnd se dirigiam à mim como "ele". (Não que eu me sentisse desconfortável com "ela".) Eu antes de conhecer o conceito trans/gênero fluído queria cortar meu cabelo longo bem curtinho e andar em meio a pessoas desconhecidas, pra fazer amigos usando uma indentidade masculina. A um dia eu conversava com meu irmão sobre um anime e chegamos ao assunto sobre nossa relação familiar. Como qualquer adolescente meus irmãos já tomaram cerveja e outras bebidas alcoólicas por estimulação dos tios da família. Enquanto eu... Aaah não-- O mas importante é que falamos sobre os rolês deles (Yui, Wall, Yva e seus miguxos) e eu disse: —Tenho certeza que se eu fosse um garoto vcs me envolviam, né? Kkk 
E ELE NEM NEGOU, só mudou de assunto
Mas oq me irrita não é só não poder pedir ajuda pra minha família por medo do possível clima depois (principalmente pq sempre denfendi a comunidade LGBTQ+ mesmo antes de me descobrir nela, e sei que eles diriam coisas do tipo "sempre soube, kk" que me machucariam mto, pq eles me jugariam como lésbica [já até fazem as vezes] por causa disso, oq nós leva ao próximo tópico) E sim o fato dos meus parentes mais próximos sempre se referindo ao futuro dizendo que vou casar e tal, mesmo eu já negando meu desejo por uma festa estúpida feita apenas para unir recursos, algo que de certa forma foi cultivado até hj. Não quero assinar um papel pra mostrar o quanto amo uma pessoa. Isso é ridículo. Menos festas de despedidas de solteiro. Elas são legais. (já pararam para pensar que se chama despedida de solteiro quando você está namorando¿?)
Sexualidade. Mano... Eu não tenho nenhum desejo carnal. E estaria td bem se derrepente: boom! Começo a sentir sexualmente atraída por alguém?? Então percebi q sou demissexual. (Mas apenas pelo sexo masculino.) 
Eu queria explicar mais do meu ponto de vista, pra dar sentido ao q falei das pessoas, porém o post seria enorme :') Talvez eu faça uma continuação e explicando td que ficou de fora, inclusive o pq não desabafei com a K ou algum 'amigo'. É só isso, não sei se sou uma tomboy, gênero fluído, ou um trans. :')
Obrigado por lerem! 
submitted by Xocolate_Amargo to desabafos [link] [comments]


2020.07.25 04:28 MANO_FRANCA ''CALA BOCA SEU PRETINHO DE M****''

olá luba, galadriel, misty, Matheus e pessoa anônima que está lendo minha historia, só queria deixar claro que a minha intuição não é ofender ninguém do ramo policial, eu apenas vou contar uma situação que aconteceu comigo, eu nuca contei essa historia pra ninguém então eu tô bem nervoso (se no dialogo você puder fazer voz grossa pra mim eu agradeço).
Bom, a mais ou menos um ano eu tava muito próximo de um amigo de infância meu que eu não via desde que eu tinha uns 11 anos. eu acabei me reaproximando por que ele tava ''enrolado'' com uma vizinha minha, ela é bem legal comigo e me levava pra vários rolê com ela, como eu disse antes, o acontecimento já tem mais ou menos um ano e tava naquele período de festas julinas, e ano passado a minha escola tava querendo fazer uma festa julina junto com a outra escola bem perto da minha, eu não sabia mas esse meu amigo que eu vou chamar só de AJ, tava querendo ir na festa de lá da outra escola, om eu não falei antes mas essa minha vizinha vou chamar ela de Fê, também estudava na minha escola.
Ok, chega o dia das festas e eu vou na casa da Fê e o AJ tá lá com ela a gente decide que a gente vai nas duas por quê são muito próximas, no caminho da festa a gente encontra uns amigos do AJ que eu já havia conhecido há alguns dias, bom já ta ficando de tarde, a gente foi depois do almoço pra festa e tudo que eu queria fazer era dançar por que é a coisa que eu mais amo fazer, mas depois der um tempo a Fê chega desesperada e me pergunta onde tá o AJ, eu confuso falo que não sei e logo depois saio pra procurar. Depois de muito tempo procurando ele eu decido ir pra outra escola pra ver se ele tava lá e como é literalmente um quarteirão que divide as escolas eu fui passar pela rua mais curta pra chegar mais rápido.
Essa foi umas das piores decisões que eu já tomei, pelo lado bom eu achei o AJ, pelo lado ruim ele tava com os amigos dele fumando aquela droga verde (eu não sei se desmonetiza o vídeo então eu vou chamar assim), a Fê não sabia que ele fumava e nem eu, mas não deu tempo nem de eu perguntar nada por que passa uns dois segundos e aparece duas crias de prostituta (policiais) e mandam a gente encostar na parede. (Eu tinha 16 anos, meus pais não sabiam que eu tinha saído, tava sem documento, eu sou negro, magro e tenho cara de pobre) resumo eu tava ferrado. segue o dialogo da situação:
-- por favor isso é um engano, eu acabei de chegar
--cala a boca e mostra a indentidade
--eu deixei na bolsa da minha amiga senhor
-- tá de sacanagem comigo caralho?!
--não senhor desculpa
--qual seu nome muleque?
eu falei meu nome e a minha idade, então ele libera os outros e me deixa por que eu tava sem documento, naquela hora meu coração tava literalmente na minha garganta, então eu tendo me explicar de todas as maneiras possíveis e é quando ele solta a seguinte frase:
-- CALA A BOCA SEU PRETINHO DE MERDA, TU QUER IR PRA CADEIA CARALHO??!
Nesse momento eu fico tão em choque que eu não consigo nem pensar em mais nada, depois de um tempinho eu consigo ligar pra Fê e ela traz as minhas coisas
Depois disso a Fê termino tudo que ela tinha com o AJ, eu também nunca mais falei com ele, eu e Fê hoje somos melhores amigos e eu tô estudando bastante pra ver se eu consigo uma escola boa de dança em algum lugar lá fora.
bom essa foi a minha historia espero que tenham gostado MENOR QUE TRÊIX
submitted by MANO_FRANCA to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.22 00:12 OliveiraLunar Novos Subreddits: AwwBrasil, GaleriaDeComidas e Jardinagem.

Gente, sério. Não seria bacana?! Reunir num só lugar as melhores fotos, genuinamente, brasileiras - incluindo os registros de quem mora fora do país também, dos nossos animais mascotes e mais fofos, das várias receitas de pão, almoço, lanche e jantar, e por fim, dos cantinhos verdes e florais que temos em casa. O que acham?
É o que tenho visto bastante nos últimos meses por aqui, e muitas vezes me fez abrir um sorriso ou me "encheu os olhos" de parecer ser bom ou de algo bonito. Contudo, esta é apenas uma ideia. Sei que precisaria haver alguma espécie de moderação. E disso eu não entendo no Reddit e não me vejo bem para a função. No caso, fica a dica!
submitted by OliveiraLunar to brasil [link] [comments]


2020.07.20 21:45 rVonyon Homens aprendam

Homens aprendam..
1 - Quando ela olhar para sua boca, vire um mortal 2 - Quando ela brigar com você e fizer o tipo difícil, passe 3 dias fora de casa 3 - Quando ela estiver calada, pergunte onde tá o almoço 4 - Quando ela te ignorar, ignore ela 5 - Quando ela se afastar puxe-a, vai da em nada não pode confia 6 - Quando ela disser que está feia, diga - lhe o quanto ela é feia 7 - Se ela chorar, não diga uma palavra apenas dê -lhe leite 8 - Quando estiverem caminhando, passe seu braço pela cintura dela e aplique um golpe de luta livre 9 - Quando ela estiver com medo 10 - Quando ela provocar você, ligue pro pai dela 11 - Quando ela olhar para você com dúvida, aja de forma que ela saiba que pode confiar em Jesus Cristo amém 12 - Quando ela te contar um segredo, conte pro bairro 13 - Quando ela precisar de espaço, puxe-a 14 - Quando ela disser que acabou, vai atrás de outra 15 - Quando ela enviar mensagem, responda amanhã 16 - Quando ela disser que está tudo bem, não acredite. Nunca se deve acreditar nelas 17 - No aniversário dela seja o primeiro a dar 18 - Fique com ela toda a noite, quando ela estiver com outro 19 - Deixe que ela use suas roupas é muito lindo quando isso acontece numa relação de homossexuais
submitted by rVonyon to copypastabr [link] [comments]


SIMONE É INCRÍVEL NA COZINHA *ELA FEZ O ALMOÇO* ALMOÇO COMPLETO FÁCIL E RÁPIDO - YouTube ALMOÇO RÁPIDO E PRÁTICO - YouTube DESAFIO: USANDO APENAS 10,00 REAIS PARA FAZER MEU ALMOÇO E ... DESAFIO  ALMOÇO E SOBREMESA COM APENAS R$20,00 👍😱 - YouTube Apenas 10 minutos e o almoço em família está pronto O Almoço. ALMOÇO DE SÁBADO COMPLETO FÁCIL E RÁPIDO - YouTube

10 menus de almoço até 10€ - Lisboa Secreta

  1. SIMONE É INCRÍVEL NA COZINHA *ELA FEZ O ALMOÇO*
  2. ALMOÇO COMPLETO FÁCIL E RÁPIDO - YouTube
  3. ALMOÇO RÁPIDO E PRÁTICO - YouTube
  4. DESAFIO: USANDO APENAS 10,00 REAIS PARA FAZER MEU ALMOÇO E ...
  5. DESAFIO ALMOÇO E SOBREMESA COM APENAS R$20,00 👍😱 - YouTube
  6. Apenas 10 minutos e o almoço em família está pronto
  7. O Almoço.
  8. ALMOÇO DE SÁBADO COMPLETO FÁCIL E RÁPIDO - YouTube

Simone faz o almoço em sua casa e Kaká elogia como sempre, ela é realmente incrível cozinhando. Ela fez uma macarrão com feijão e ovos como acompanhamento para o almoço. Hoje eu vou ensinar a fazer um ALMOÇO RÁPIDO E PRÁTICO, um delicioso Macarronada de Salsicha, já anota os ingredientes para fazer essa delicia, que é muito f... Eu espero muito que vocês gostem desse desafio usando apenas R$10 para o meu almoço e sobremesa. como eu disse se esse vídeo bater a meta de 5000 likes eu tr... Se você está sem criatividade para o almoço de domingo, seus problemas acabaram: Ingredientes: Frango: 4 coxas e sobrecoxas 3 colheres de maionese sal a gost... O vídeo mostra um casal que sai todos os dias para almoçar fora e assim apreciar esse momento que passam juntos. Obs: No final do vídeo há uma frase que não legendei pois não tem nada a ver ... Hoje eu vou ensinar a fazer MEU ALMOÇO DE SÁBADO COMPLETO, ECONÔMICO, FÁCIL E RÁPIDO, essa receita veio para facilitar a sua vida, apesar de ser uma receita ... Uma deliciosa receita para seu almoço em 10 minutos ou aquele jantar em casa com este macarrão delicioso e gostoso com pedacinho de frango e tomante cereja tudo de bom você tem que fazer em ... ♡ VÍDEOS NOVOS TODOS OS DIAS ♡ ♡ Treinamento que indico para você TRABALHAR ONLINE no conforto da sua casa: https://go.hotmart.com/Q18254029J ♡ Se hospede pe...